Novidades, Relógios

NOVIDADES | As novas cores do A.Lange & Söhne Datograph

Datograph_Chronograph

A.Lange & Söhne apresentou este ano novidades na linha Datograph, com o carismático Datograph Up/Down e o Datograph Perpetual a surgirem agora com novas cores e materiais de especial requinte.

Quando foi lançado em 1999, o Datograph surgiu como o primeiro cronógrafo com roda de colunas que incorporava a função flyback, um contador saltante e preciso dos minutos e uma indicação sobredimensionada da data. Além disso, surgia com uma harmoniosa integração estética e funcional. Quando renasceu em 2012, o Datograph surgiu com a adenda ‘Up/Down’ graças a uma impressionante reserva de corda de 60 horas e uma escala com a referência ‘Up/Down’ relativa ao estado da própria reserva. Segundo Anthony de Haas, diretor técnico da A. Lange & Söhne, o regresso do Datograph revelou-se um «grande desafio porque quando se toca num produto tão emblemático, há que ter muito cuidado, há que manter a identificação.»

A verdade é que o novo Datograph foi muito bem recebido e levou mesmo a críticas positivas como «Quaisquer reparos por parte dos puristas não passarão de minudências, porque o Datograph Auf/Ab [Up/Down] é um relógio fabuloso que será tão invejado como o primeiro Datograph.» Uma espécie de profecia que parece correta, tendo em conta as mais recentes novidades. Com efeito, não falaremos aqui das questões mais técnicas do Datograph — para tal remetemos para o artigo crítico de Miguel Seabra do qual retirámos a anterior citação. Limitamo-nos a divulgar o lançamento de novas versões que apostam em tons discretos, mas requintados e que parecem realmente resultar.

Datograph_Chronograph

A nova versão do Datograph Up/Down: caixa em ouro rosa e mostrador preto. Na versão de 2012 tinha caixa em platina. © A.Lange & Söhne

Por um lado, o Datograph Up/Down está agora disponível numa versão com caixa em ouro rosa e mostrador preto, por outro lado, o Datograph Perpetual é apresentado numa sofisticada versão com caixa em ouro branco e mostrador cinzento, na qual os submostradores argenté e o disco azul de indicação das fases da lua se destacam em especial, graças ao subtil cinzento do próprio mostrador.

Datograph_Perpetual

Datograph Perpetual na nova versão com caixa em ouro branco e mostrador cinzento. © A.Lange & Söhne

Desde 2006, o nome ‘perpetual’ representa para a marca a combinação de um cronógrafo flyback com calendário perpétuo, que não necessita de correção até ao ano 2100, se bem que se for necessário, os indicadores de calendário podem avançar tanto individualmente, como de forma sincronizada. Além disso, para prevenir que as indicações sejam alteradas inadvertidamente, o botão localizado na posição das 10 horas, só pode ser pressionado quando a coroa está puxada para fora.

De qualquer forma, tanto na versão Perpetual, como na versão Up/Down, o Datograph promete cativar os amantes da marca. Afinal, requinte técnico e requinte estético descobrem-se aqui em dois relógios tão contemporâneos, como elegantes e sofisticados. ET_simb