Novidades, Relógios

NOVIDADES | Casio G-Shock Master of G 751 Squadron: um marco pelas 3500 vidas salvas

Casio G-Shock 751 Squadron

A Esquadra 751 alcançou, no dia 10 de outubro, a marca das 3500 vidas salvas, desde a sua criação em 1978, e tem assinalado o feito com uma série de iniciativas. E, na passada quinta feira, 15 de dezembro, foi dia de apresentar oficialmente uma edição especial de 75 relógios numerados da gama Master of G: o G-SHOCK Master of G 751 Squadron, destinado em exclusivo aos membros da esquadra que tem como lema «Para que outros vivam».

Base Aérea nº6 do Montijo

Casio G-Shock 751 Squadron

© Espiral do Tempo/ Paulo Pires

Casio G-Shock 751 Squadron

© Espiral do Tempo/ Paulo Pires

«Operações de busca e salvamento e de evacuação sanitária, mobilidade e assalto, transporte tático e geral, reconhecimento e apoio, operações de vigilância e fiscalização marítima, extração de combatente em âmbito CSAR (busca e salvamento em combate)» — é este o elenco de operações que faz parte da grande missão da Esquadra 751 da Força Aérea Portuguesa, ou seja, «executar operações de apoio tático e de busca e salvamento».

Casio G-Shock 751 Squadron

© Espiral do Tempo/ Paulo Pires

E, este ano, a Esquadra 751 alcançou precisamente a marca das 3500 vidas salvas desde a sua criação, em 1978, um feito que tem sido assinalado com uma série de iniciativas. Entre elas, o lançamento de uma edição especial da gama G-Shock Master of G da Casio, num total de 75 exemplares destinados, em exclusivo, aos membros da Esquadra. O evento de apresentação oficial desta edição especial teve lugar na Base Aérea nº6 do Montijo, no passado dia 15 de dezembro, e contou com a presença do Chefe do Estado-Maior da Força Aérea (CEMFA) General Manuel Teixeira Rolo que foi, aliás, quem recebeu o número 1 desta edição de 75 exemplares. Presentes estiveram também o Tenente-Coronel João Miguel Vicente Carita, Comandante da Esquadra 751, e o representante da Casio em Portugal Hamilton Queirós que não deixou de avançar com um sincero «Obrigado!» a todos os que trabalham em prol da força agora homenageada.

Casio G-Shock 751 Squadron

© Espiral do Tempo/ Paulo Pires

Casio G-Shock 751 Squadron

© Espiral do Tempo/ Paulo Pires

Já o Comandante da Esquadra salientou o tempo como um fator crucial no sucesso das operações, referindo a importância de uma boa gestão do tempo e o modo como pequenos períodos de tempo podem realmente fazer a diferença.

Casio G-Shock 751 Squadron

© Espiral do Tempo/ Paulo Pires

Neste sentido, se por norma o relógio tende a ser um objeto escolhido para marcar momentos ou marcos de uma vida, no domínio das forças militares faz ainda mais sentido. Porque um relógio é sempre símbolo de tempo também.

Casio G-SHOCK Master of G 751 Squadron

Casio G-Shock 751 Squadron

© Espiral do Tempo/ Paulo Pires

Casio G-Shock 751 Squadron

© Espiral do Tempo/ Paulo Pires

Importa dizer que não estamos a falar de uma edição limitada de 75 relógios de um só modelo. Trata-se, antes, de uma edição especial da gama Master of G (MOG) com diferentes modelos numerados e personalizados no fundo com o logo da Esquadra 751 na bracelete, bem como com o nome de cada um dos elementos da Esquadra gravado.

Casio G-Shock 751 Squadron

© Espiral do Tempo/ Paulo Pires

Os relógios vêm acondicionados num estojo especial Pelicase, completamente estanque — graças a uma pequena ‘espécie’ de coroa de rosca em grande escala que se encontra junto à pega —, e fazem-se acompanhar de um carregador de telemóvel a energia solar, equipado com uma lanterna (a pedido dos membros da esquadra). O estojo é personalizado com os logos da Esquadra 751 e da G-Shock.

Casio G-Shock 751 Squadron

© Espiral do Tempo/ Paulo Pires

Em mãos tivemos o número 1 desta edição limitada.

Casio G-Shock 751 Squadron

© Espiral do Tempo/ Paulo Pires

Os elementos da Esquadra 751 vão assim passar a utilizar relógios Casio G-Shock Master of G — referenciados como extremamente precisos, fiáveis, resistentes e preparados para funcionarem em situações extremas, numa relação direta com a  extrema dureza das missões e condições atmosféricas a que os membros da Esquadra são submetidos.

Casio G-Shock 751 Squadron

© Espiral do Tempo/ Paulo Pires

Mas se esta edição especial de 75 exemplares se destina em exclusivo aos membros da Esquadra, a verdade é que a G-Shock terá também disponível no mercado uma oferta especial. Na compra de qualquer relógio da série MOG, a G-Shock irá oferecer ao cliente um patch especial da Esquadra 751, no qual se destaca o seu lema «Para que outros vivam», numa oferta limitada a 300 unidades.

Esquadra 751 e a relojoaria

A Esquadra 751 não é estranha ao mundo da relojoaria. Basta recuar alguns anos, por exemplo, para descobrir o Fortis B-42 Marinemaster Day/Date Esquadra 751, que, na altura, foi lançado numa edição limitada de 99 exemplares. Curiosamente, no evento de lançamento do nova edição especial da Casio, descobrimos ainda alguns presentes com esses relógios no pulso.

Casio_G-Shock_751_Squadron_17

© Espiral do Tempo/ Paulo Pires

Concorrência? Não. Apenas uma forma simbólica de mostrar que os relógios lançados para marcar momentos terão sempre um significado especial na vida dos homenageados.

Mais recentemente, em 2012, a Base Aérea nº6 do Montijo foi também o palco escolhido para o lançamento do Montblanc TimeWalker TwinFly Chronograph GreyTech.

Casio G-Shock 751 Squadron

© Espiral do Tempo/ Paulo Pires

Com a gama Master of G  que marca as 3500 vidas salvas pela Esquadra 751, a ligação ao mundo da relojoaria  já começa a ter  uma cronologia que merece ser registada. ET_simb

Galeria de imagens

Save

Save