Atualidades, Opinião

RECOMENDADO – A semana que passou em destaque

Destaque_

Arrancamos mais uma semana com uma seleção de alguns artigos que nos chamaram a atenção na passada semana. Como é habitual nesta altura do ano, entre o SIHH que passou e Baselworld que está para vir, grande parte das notícias centram-se em novidades bem frescas que as marcas têm vindo a divulgar. Deixamos um apanhado das histórias que nos cativaram nos últimos dias.

1. A semana passada foi mesmo marcada pelo anúncio de algumas alterações nos quadros de gestão de marcas do grupo Richemont. Se importa saber que CEOs de longa data, como Juan-Carlos Torres da Vacheron Constantin, deixarem a sua função, ou que, pela primeira vez, uma mulher irá ocupar um cargo de CEO numa marca de relojoaria  e joalharia no grupo Richemont – Chabi Nouri foi apontada nova CEO da Piaget -, importa também saber o que poderão estas alterações implicar. Para isso, sugerimos um salto ao Quil & Pad: Do The Recent Changes At Richemont Herald A New Watch World? An Industry Insider Presents Some Hypotheses“.

2. A Revolution online anunciou em primeira mão que a Rolex será patrocinadora da emissão da cerimónia dos Oscares 2017 que vai decorrer a 27 de fevereiro – uma aposta que vem no seguimento do seu patrocínio da Greenroom no ano passado. Todos os pormenores: “Breaking news: Rolex now official broadcast sponsor of oscars 2017.”

3. Foi divulgada a lista das pessoas mais ricas na relojoaria suíça. Para quem tenha interesse em saber tudo – principalmente num momento tão crucial no setor -, vale a pena ler o artigo “The Richest People in Swiss Watchmaking Revealed” e respetiva análise no site Watches by  SJX. Algumas surpresas.

4. Mais do que novidades, apreciamos sempre pontos de vista sobre o que é lançado. Recomendamos também dois exemplos do site Watches by  SJX porque se centram em lançamentos que é preciso perceber. Panerai e Montblanc com fotos exclusivas: SIHH 2017 Personal Perspectives: Montblanc – A Walk Through the New TimeWalker Collection“; “SIHH 2017 Personal Perspectives: Panerai – A Little Bit of Everything From LAB-ID to Bronzo (to Mare Nostrum Redux). E, já agora, não deixe de ver a entrevista a Davide Cerrato, managing director da divisão relojoeira da Montblanc, e o grande responsável pelas alterações que agora descobrimos na coleção TimeWalker. Porque, sem papas na língua, muita coisa mudou. No Monochrome.

5. No WorldTempus pode ler uma entrevista a Nicolas Bos, CEO da Van Cleef & Arpels, conduzida por David Chokron durante o SIHH. Como complemento da análise de que fizemos do autómato Fée Ondine, vale a pena ler para descobrir o que move uma marca que aposta em grande no público feminino e que cria peças de exceção (como o Autómato Fée Ondine, precisamente), sem saber se as vai vender.

6. Há relógios que ficam mais ricos pela história que guardam. É o caso do Bulgari Roma Finissimo que surge como uma versão contemporânea de um modelo lançado nos anos 1970. Por mais que se goste (ou não goste) deste relógio, o seu passado torna-o  mais especial. E ler as análises de Jack Forster é sempre um prazer. Fica a dica e o link, claro: The Bulgari Roma Finissimo With Grey Dial, An Ultra-Thin Version Of Bulgari’s Mid-1970s Design Classic.

Uma boa semana!