Histórias

BASELWORLD 2017: visita ao Les Ateliers (vídeo)

Destaque les ateliers

A principal novidade da edição deste ano de Baselworld foi a criação de um espaço no terceiro andar do edifício principal dedicado às marcas independentes – muitas delas marcas de alta-relojoaria de nicho, mas não só. Pegámos numa GoPro e fomos dar uma volta ao local para vos apresentar as companhias representadas e as pessoas por trás delas.

Até à edição de 2016 de Baselworld, várias marcas – a maior parte delas de alta-relojoaria e todas elas independentes – ficavam aglomeradas numa grande tenda exterior denominada Palace, um local que rapidamente se transformava numa espécie de santuário para os jornalistas especializados e os aficionados de relojoaria conceptual ou relojoaria fora do mainstream tão evidente no Hall 1.0.

Este ano, a organização decidiu acabar com esse espaço (que nasceu no início da década) e pode dizer-se que a mudança acabou por resultar bem, segundo as opiniões da maior parte dos responsáveis das marcas aderentes.

Como já havia sucedido no Carré des Horlogers do Salon International de la Haute Horlogerie, em janeiro, pegamos numa GoPro e fomos dar uma volta ao espaço para vos apresentar essas marcas de nicho e algumas das pessoas (CEOs, relações públicas, media liaisons) por trás delas.

Aqui fica mais um episódio de ‘Walking Around’…