Novidades, Relógios

NOVIDADES: escolhas da semana (três edições limitadas muito especiais)

Entrada

A nossa escolha desta semana reuniu, mais uma vez, relógios de diferentes segmentos de preço e com diferentes personalidades: um Cuervo Y Sobrinos, um Raymond Weil e um Vacheron Constantin. Todos eles novidades recentes em edição limitada que celebram o melhor do mundo da relojoaria. Deixamos as razões que nos levaram a destacá-los.

Cuervo Y Sobrinos Prominente 135º Aniversario Limited Edition

Cuervo Y Sobrinos |Prominente 135º Aniversario Limited Edition. © Cuervo Y Sobrinos

Cuervo Y Sobrinos |Prominente 135º Aniversario Limited Edition. © Cuervo Y Sobrinos

Por aqui, temos alguma atração pelos chamados ‘relógios de forma’, aqueles que fogem à habitual forma circular. São relógios com uma grande tradição no mundo da relojoaria mas a tendência acabou por se generalizar na forma circular. Sair desse círculo, não necessariamente vicioso, do relógio circular é sempre uma lufada de ar fresco, contém alguma irreverência, e, ao mesmo tempo, é uma demanda de classicismo. Neste caso vamos falar do Prominente  que celebra o 135º Aniversário da marca suíça de ADN latino, a Cuervo Y Sobrinos. Uma irreverência clássica, se quisermos.

Cuervo Y Sobrinos |Prominente 135º Aniversario Limited Edition. © Cuervo Y Sobrinos

Cuervo Y Sobrinos |Prominente 135º Aniversario Limited Edition. © Cuervo Y Sobrinos

Porque o destacamos:

* Porque a sua bela caixa é uma verdadeira peça de design, clássica e elegante, que nos remete para os anos 50 do século passado. Esta é, aliás, uma característica desta marca que se inspira muito nos relógios que produzia antes da revolução cubana.

* Porque tem um mostrador equilibrado mas com vários pormenores que embelezam o conjunto. A cor quente do mostrador, a sua decoração refinada mas simples, e a forma vintage dos ponteiros das horas e dos minutos, com disposição central. Atente-se ainda à forma da janela da data, também ela a remeter-nos para os idos de 1950. De notar também o pormenor, e estes pormenores são sempre deliciosos, de os únicos números usados para a indicação das horas serem o “1”, o “3” e o “5”, como referência ao aniversário da marca que este modelo celebra. Todos as outras horas são indicadas através de indexes.

* Porque este relógio vem na célebre e bela caixa ‘Humidor’, característica da marca, uma caixa que além de guardar o relógio serve de humidificador para charutos.

* Porque esta edição limitada junta uma caneta ou esferográfica em resina acrilica e acabamentos em plaqué de ouro rosa.

* Porque imaginamos que o pulso onde este relógios esteja fique muito bem ligado a uma mão que segure entre os dedos um charuto. Um relógio que apela para uma joie de vivre que levou pessoas como Hemingway ou Churchill, dois conhecidos bon vivant, a apreciá-los – juntamente com um charuto e um rum, presumimos…

Algumas notas técnicas:
Cuervo Y Sobrinos
Prominente 135º Aniversario Limited Edition

Referência/ 1015.1135
Edição limitada a 135 peças
Movimento/ Automático. Calibre SW 300, 42 horas de reserva de corda, 25 rubis
Funções/ Horas, minutos, segundos e dia do mês
Mostrador/ Estilo vintage em tom bege
Caixa 32 mm x 43 mm / aço, vidro de safira com tratamento antirreflexos, vidro mineral no fundo, estanque até 3 ATM
Bracelete/ Pele de aligátor castanho com fivela em aço.
Preço em francos suíços/ CHF 3.500

Consulte o site oficial da Cuervo y Sobrinos para mais informações.

Raymond Weil Maestro The Beatles Abbey Road Limited Edition

Raymond Weil | Maestro The Beatles Abbey Road Limited Edition. © Raymond Weil

Raymond Weil | Maestro The Beatles Abbey Road Limited Edition. © Raymond Weil

Após ter surpreendido o universo relojoeiro com a associação aos Beatles em 2016, para mais no ano do seu 40º aniversário, a Raymond Weil voltou a colocar os Fab Four de Liverpool em destaque entre um rol de novidades desveladas em Baselworld que incluiu outras duas homenagens a ícones musicais. David Bowie e Buddy Holly já entraram para a lenda, mas os Beatles são os Beatles e situam-se num patamar à parte – daí a nossa escolha. Há um ano, o primeiro modelo de tributo ao quarteto apresentava um mostrador prateado com alusão aos 13 álbuns lançados, 12 deles nomeados no espaço entre cada referência horária mais as silhuetas de John Lennon, Paul McCartney, George Harrison e Ringo Starr a evocarem simultaneamente a capa do restante álbum (‘Help’) e as quatro horas.

Raymond Weil | Maestro The Beatles Abbey Road Limited Edition. © Raymond Weil

Raymond Weil | Maestro The Beatles Abbey Road Limited Edition. © Raymond Weil

Porque o destacamos:

* Porque o mostrador preto tem um acabamento que remete para os discos em vynil e, tal como na edição de 2016, a silhueta dos Beatles representa o indicador das quatro horas – mas uma silhueta diferente, desta feita evocativa da famosa capa de Abbey Road na qual os quatro atravessam a passadeira da rua.

* Porque é um relógio democrático: automático e a um preço acessível, com um diâmetro de 39,5mm que lhe permite ser usado por homens e mulheres

* Porque é uma edição em tiragem limitada e numerada, circunscrita a 3.000 exemplares.

* Porque há sempre mais possibilidades: a bracelete em aço, também utilizada na versão de 2016 por razões que se prendem com o desejo da não utilização da pele de animais, pode não ser do gosto de todos. Nesse caso, basta consultar qualquer agente oficial Raymond Weil para aferir que tipo de alternativas estão disponíveis. Uma correia preta ou castanha escura ficará igualmente bem.

Algumas notas técnicas:
Raymond Weil
Maestro The Beatles Abbey Road Limited Edition

Referência/ 2237-ST-BEAT2
Edição limitada a 3.000 exemplares
Movimento/ Corda automática Calibre RW4200, 38 horas de reserva de corda, 26 rubis
Funções/ Horas, minutos, segundos e data
Mostrador/ Preto com decoração inspirada nos discos de vinyl, index especial às 4 horas com o álbum Abbey Road,  e logo oficial dos Beatles
Caixa ø 39,5 mm/ Aço, vidro de safira com tratamento antirreflexos dos dois lados, vidro de safira fumado personalizado com o logo oficial dos Beatles e na lateral com a gravação do número de edição limitada., estanque até 5 ATM
Bracelete/ Aço polido, com fecho de báscula RW com sistema de segurança
Preço/ 1.490 euros

Consulte o site oficial da Raymond Weil para mais informações.

Vacheron Constantin Patrimony Traditionelle World Time

Vacheron Constantin | Patrimony Traditionelle World Time. © Vacheron Constantin

Vacheron Constantin | Patrimony Traditionelle World Time. © Vacheron Constantin

Estão já decorridos seis anos desde que a Vacheron Constantin apresentou aquele que foi o mais mediático de todos os modelos worldtimer introduzidos em 2011: o Patrimony Traditionelle World Time, que impressionou pelo facto de ser dotado de 37 fusos horários – incluindo todos aqueles de meia hora e quartos de hora que fogem às 24 zonas horárias tradicionais. O modelo, com 42,5mm de diâmetro, volta agora a dar que falar numa versão em edição limitada que é verdadeiramente exclusiva, uma vez que está declinada em somente dez exemplares em platina.

Vacheron Constantin | Patrimony Traditionelle World Time. © Vacheron Constantin

Vacheron Constantin | Patrimony Traditionelle World Time. © Vacheron Constantin

Porque o destacamos:

* Porque se trata de um relógio de viagem, que indica simultaneamente 37 fusos horários (24 fusos ‘normais’ mais todas as exceções) num mostrador tripartido e adornado com um mapa-mundo em ouro esmaltado de forma artesanal.

* Porque a definição do planisfério é impressionante, com diversas nuances de tonalidade e relevo. Digna dos melhores exemplares Métiers d’Art da marca.

* Porque se destaca pela facilidade de utilização, uma vez que todas as funções são ativadas através da coroa.

* Porque é certificado pelo Punção de Genebra como garantia de superlatividade estética do calibre 2460 WT.

* Porque a limitação a 10 exemplares torna-o praticamente impossível de adquirir para quem não é um colecionador e estão apenas disponíveis em boutiques selecionadas da marca.

Vacheron Constantin | Patrimony Traditionelle World Time. © Vacheron Constantin

Vacheron Constantin | Patrimony Traditionelle World Time. © Vacheron Constantin

Algumas notas técnicas:
Vacheron Constantin
Patrimony Traditionelle World Time

Referência/ 86060/000P-9772
Edição limitada a 10 exemplares
Movimento/ Corda automática Calibre 2460 WT, 40 horas de reserva de corda, 255 peças, 27 rubis, 28.800 alt/h.
Funções/ Horas, minutos, segundos, indicação das horas do mundo em 37 cidades, indicação dia/noite.
Mostrador/ Sobreposição de três discos: disco em ouro esmaltado com o mapa-mundo e os nomes das cidades, disco de 24 horas com a indicação do dia e da noite (das 18h30 às 6h30, indicações ressaltadas num fundo azul-escuro), círculo exterior com a minuteria pintada.
Caixa ø 42,5 mm/ Platina 950, fundo em vidro de safira , estanque até cerca de 30 metros.
Bracelete/ Bracelete em pele de Alligator mississippiensis azul com grandes escamas quadradas e um fecho triplo de báscula em platina.
Preço/ Sob consulta

Consulte o site oficial da Vacheron Constantin para mais informações.