Atualidades, Histórias

ATUALIDADES – Federação Portuguesa de Golfe assina protocolo com Rolex

Rolex_Golfe

A filial portuguesa da Rolex e a Federação Portuguesa de Golfe assinaram recentemente um importante protocolo de parceria. Miguel Franco de Sousa resumiu o acordo da seguinte maneira: “Rolex é golfe e golfe é Rolex”. E tem razões históricas para tal…

O desporto sempre foi um dos esteios da comunicação da Rolex – mas não qualquer modalidade: há algumas em particular que têm uma longa ligação à marca genebrina e que têm beneficiado dessa associação ao longo das últimas cinco décadas, pelo menos, sendo exemplares na história do patrocínio desportivo. Essas modalidades são sobejamente conhecidas: o automobilismo, a vela, o ténis e o golfe.

A particular ligação entre a Rolex e o golfe é quase íntima e estabelecida ao mais alto nível: está bem patente (para não dizer omnipresente) no British Open, no Masters de Augusta, no US Open, nos cinco Majors femininos, na Ryder Cup e na Presidents Cup. Individualmente, patrocina há mais de 40 anos os chamados Três Grandes – Jack Nicklaus, Arnold Palmer e Gary Player, que contam com 34 Majors entre eles – e a lendária Annika Sörenstam. Entre as vedetas mais contemporâneas, a Rolex inclui no seu lote de campeões-embaixadores Tiger Woods, Phil Mickelson, Jordan Spieth, Jason Day, Rickie Fowler e Lydia Ko. Mas a cumplicidade também se estende ao golfe amador (British Amateur Championship e US Amateur Championship) e a entidades federativas… como a Federação Portuguesa de Golfe.

Aqui fica um vídeo que nos mostra os 50 anos de ligação da marca ao golfe:

Na sequência do recente Portugal Masters, maior evento golfístico português e prova do European Tour que teve precisamente como official timekeeper a marca da coroa, foi assinado um protocolo que determina a Rolex enquanto Relógio Oficial da Federação Portuguesa de Golfe. O acordo foi feito entre Benoît Falletti, Diretor-Geral da Rolex Portugal (filial criada em 1998 e com sede na Avenida da Liberdade), e Miguel Franco de Sousa, Presidente da Federação Portuguesa de Golfe (fundada em 1949).

Na ocasião, Benoît Falletti referiu que a parceria “vem reforçar o compromisso da marca com o golfe, uma relação que celebra este ano 50 anos de história. Estamos certos que o prestígio da marca Rolex, juntamente com o dinamismo da Federação, contribuirá para o rápido crescimento da prática do Golfe no país”. Por sua vez, Miguel Franco de Sousa confessou à Espiral do Tempo que “a Rolex é uma das marcas mais presentes no golfe mundial, pelo que estou muito satisfeito com a realização desta parceria. Os valores do golfe e da Rolex são convergentes e por isso acho que iremos trabalhar muito bem em conjunto, por um lado para fazer crescer o golfe em Portugal e, por outro, para afirmar a Rolex como o relógio do golfe. Como já ouvi várias vezes, Rolex é Golfe e Golfe é Rolex” – sublinhou, após ter dito aquando da assinatura que a associação “vai permitir desenvolver cada vez mais o golfe nacional, dar-lhe mais notoriedade e contribuir para a sua afirmação. Os valores da Rolex e da Federação Portuguesa de Golfe convergem e considero esta parceria muito importante para ambas as partes. Estamos muito satisfeitos e honrados por anunciar este acordo”.