Novidades, Relógios

NOVIDADES – Bell & Ross Vintage Bellytanker

BellRoss_Bellytanker_7

Depois do B-Rocket, em 2014, e do Aero-GT em 2016,  a Bell & Ross volta a mostrar que a sua paixão pela mecânica vai muito além dos relógios de pulso. Este ano, a marca apresenta o Bellytanker, um veículo de influências retro com formato semelhante a um míssil. Mas não ficamos por aqui: para quem prefere mesmo instrumentos do tempo, fique a saber que, no âmbito do lançamento do veículo, são também apresentados um relógio e um cronógrafo em edição limitada. 

O Bellytanker da Bell & Ross. © Bell & Ross

O Bellytanker da Bell & Ross. © Bell & Ross

A Bell & Ross é uma marca relojoeira que tendemos a associar ao mundo da aeronáutica. Exemplo disso são os seus inconfundíveis relógios de caixa quadrada, inspirados na instrumentação de bordo de aviões. Mas, nos útimos anos, a marca francesa não se tem limitado apenas à criação de instrumentos do tempo: em 2014, apresentou o B-Rocket uma mota concept retro-futurista, semelhante a um jato, de homenagem aos aviões experimentais produzidos pela indústria aeronáutica americana nos anos 59/60; dois anos depois, em 2016, a Bell & Ross estreia-se no universo automóvel com o Aero-GT, um automóvel vanguardista  de elevada performance, também inspirado num avião; e, este ano, a marca lança o Bellytanker um veículo de influências retro, com o formato semelhante a um míssil.

A história do Bellytanker

Bell&Ross_BellyTanker_6

O Bellytanker surge na sequência do B-Rocket e do Aero-GT. © Bell & Ross

Criado a partir do depósito de um avião de caça, o Bellytanker é basicamente um tipo de automóvel com características aerodinâmicas, mais conhecido por participar em provas de velocidade que decorrem nos grandes lagos salgados do oeste americano que – enquanto extensões vastas, planas e desérticas, cuja água se evaporou parcialmente – se revelam adequadas às competições automóveis.

Historicamente, e para percebermos as origens deste veículo, teremos de recuar aos anos 40/50 e até Bill Burke, um entusiasta da velocidade que decidira construir um veículo ultrarrápido para poder participar nas tais corridas que, já na altura, decorriam nos lagos salgados. Durante os anos de Guerra, o americano tinha combatido no Pacífico Sul e foi aí que se apercebeu de que as linhas aerodinâmicas dos depósitos de emergência instalados sob a barriga dos aviões de caça faziam destes objetos a base ideal para a construção do seu veículo. Em 1946, Bill Burke compra um depósito ejetável de um Mustang P-51 (por 35 dólares), coloca-o sobre um chassis e equipa-o com um motor V8. Estava assim criado o primeiro Bellytanker da história. Mais tarde, Burke acaba por desenvolver veículos com base no depósito mais leve do caça Lockheed P-38. A Bell & Ross inspirou-se precisamente nestas versões posteriores para conceber o seu próprio Bellytanker.

O Bellytanker (veículo) e o Bellytanker (relógio) da Bell & Ross

Comecemos pelo nome de que não falámos atrás: em inglês, «belly» significa barriga e «tank» significa depósito, daí a designação Bellytanker para estes carros de corrida. A Bell & Ross justifica a criação deste novo veículo através da sua relação com o mundo militar e da aeronáutica, afinal trata-se de uma peça de avião colocada sobre rodas. Por outro lado, não encontramos só influência da aviação, mas múltiplas alusões ao mundo da relojoaria, com o complemento de serem ainda lançadas duas edições limitadas – um relógio e um cronógrafo – relacionadas com o lançamento deste veículo. Ou seja, o carro evoca alguns elementos relojeiros e os relógios lançados evocam o carro….

Bellytanker

O tom acobreado das jantes do Bellytanker é evocado nos relógios agora lançados pela marca. © Bell & Ross

Segundo a marca, no seu Bellytanker, o metal da carroçaria alude às caixas dos relógios, o vidro do cockpit relembra os vidros ultra-convexos, os tampões de roda cor de cobre remetem para os mostradores dos relógios da época e o estabilizador é uma referência aos códigos da avição; já o preto mate da parte da frente é a cor que podemos encontrar em alguns caças, com o objetivo de evitar possíveis reflexos. Estes códigos são depois recuperados especificamente nos relógios da edição limitada Vintage Bellytanker.

Sendo assim, falamos de um cronógrafo e de um relógio com três ponteiros data com caixa recuperada da coleção Vintage da Bell & Ross e cuja característica mais evidente passa pelo bonito tom acobreado metálico do mostrador evocativo do tom dos tampões das jantes do Bellytanker. Depois, passa tudo pela descoberta de pormenores num modelo de perfil mais clássico e purista e num outro modelo de perfil mais desportivo, cada um limitado a 500 exemplares.

Bellytanker BR V1-92 e BR V2-94

BR V1-92

Bell & Ross BR V1-92. © Bell & Ross

O BR V1-92 é o modelo mais simples da edição limitada de homenagem ao novo Bellytanker. Este novo relógio surge com uma elegante caixa de 38,5 mm em aço escovado, numa dimensão que supostamente alude aos relógios dos anos 40/50 e cujo acabamento, segundo a marca, evoca os depósitos dos Mustang P-51 que estiveram na base do Bellytanker da Bell & Ross.

Os tons do relógio, como referimos, combinam com os tons que encontramos no veículo criado pela Bell & Ross:  enquanto o acobreado metálico do mostrador dá continuidade à cor das jantes, o preto da linha da escala de minutos alude ao ‘nariz’ da máquina, já o aço da caixa, dos algarismos, dos indexes e dos ponteiros prestam homenagem à carroçaria. Depois, temos os pormenores: algarismos e indexes aplicados, ponteiros revestidos a superluminova e contrapeso e forma de avião no ponteiro dos segundos como parte da nova assinatura estilística da Bell & Ross. O fundo sólido é personalizado com a gravação do Bellytanker.

No interior bate o movimento automático BR-CAL.302 de base Sellita SW300-1 que dá vida às funções das horas, minutos, segundos e data, numa pequena janela arredondada às 4h30, que quase passa despercebida, e que tem uma reserva de corda de 38 horas.

Por fim, o BR V1-92 é complementado por uma bracelete em pele castanha escura que acentua ainda mais o caráter vintage deste relógio de pulso.

Bell & Ross BR V2-94

Bell & Ross BR V2-94. © Bell & Ross

Já o BR V2-94 é um cronógrafo de 41mm cujo mostrador salta à vista graças ao contraste tipo ‘Panda’ entre o tom acobreado que serve de base ao mostrador e o preto dos submostradores – que, aliás, até apresentam uma dimensão bem simpática face a outros cronógrafos de inspiração marcadamente vintage (só para esclarecer, às 9 horas, encontra-se o contador de 30 minutos do cronógrafo e às 3 horas, o contador de pequenos segundos). Claro que não vamos voltar evocar os elementos de inspiração que serão exatamanete os mesmos em relação à versão mais simples. Importa mesmo é destacar a luneta fixa em aço, numa interessante solução estética que foge da mais convencional utilização de um anel colorido para a escala taquimétrica – aos poucos vamos começando a ver mais marcas a enveredar por esta opção.

Ao contrário do BR V1-92, o fundo da caixa é em vidro de safira personalizado com a silhueta do veículo o que permite contemplar o calibre BR-CAL.301 em ação – um movimento automático de base ETA 2894-2 com roda de colunas e indicação da data.

O BR V1-92 está disponível com correia em pele castanha escura para um perfil mais retro ou com bracelete em metal como versão mais desportiva.

Notas finais

Por aqui, tivemos recentemente a oportunidade de dar uma vista de olhos (e só mesmo uma vista de olhos) aos novos Bellytanker BR V1-92 e BR V2-94 e podemos dizer que, para já, ficámos com a ‘barriga’ quase cheia. Na verdade, ficámos imediatamente fãs do perfil marcadamente vintage de ambas as versões disponíveis e é importante sublinhar que não é assim tão comum a utilização destes tons no domínio dos relógios de pulso. Por outro lado, assumimos a preferência pela versão cronográfica sobretudo pelo contraste dos elementos do mostrador – numa solução estética tipo ‘Panda’ um pouco mais arriscada do que é costume, mas muito bem conseguida. Apesar de termos estado com os relógios só de passagem, tivemos a oportunidade de os experimentar e a verdade é que tanto um como outro se revelaram bastante confortáveis no pulso. E aqui salientamos a versão mais simples que pelo diâmetro, por ser especialmente fina e por estar equipada com correia em pele, acaba por assentar muito bem e fazer deste um relógio muito versátil.

Resumindo: podemos dizer com sinceridade que não tivemos grande vontade de os tirar do pulso assim que os experimentámos…

A nova coleção Bellytanker da Bell & Ross surge assim como um misto de códigos estéticos vintage e contemporâneos que não têm de ser necessariamente encarados na sua relação com o veículo que lhes serviu de inspiração. Claro que saber a história que está por trás tem sempre mais piada e esse é mais um aspeto que pode também tornar estes relógios interessantes para os colecionadores – independentemente de serem ou não apaixonados por instrumentos do tempo ligados ao mundo da aviação ou do automobilismo.

Quanto a preços: BR V1-92 Bellytanker está disponível por 2.300 euros; já o BR V2-94 Bellytanker está disponível por 3.990 euros com correia em pele e por 4.300 com bracelete em aço.

Contamos estar com ambos os relógios em breve e por mais tempo – e aí teremos certamente mais para contar. Entretanto, deixamos as fichas técnicas.

Para mais informações sobre os novos Bellytanker consulte o site oficial da Bell & Ross ou o site da Torres Distribuição.

Características técnicas:

Bell & Ross
BR V1-92 Bellytanker
Edição limitada a 500 exemplares
Referência/ 
BRV192-BT-ST/SCA

BellRoss_BellyTanker_4

Bell & Ross BR V1-92 Bellytanker. © Bell & Ross

Movimento/ Mecânico automático calibre BR-CAL.302.
Funções/ Horas, minutos, segundos ao centro e data.
Caixa Ø 38,5 mm/ Aço escovado. Fundo sólido com gravação do Bellytanker. Vidro de safira ultraconvexo com tratamento antirreflexos. Estanque até 100 metros.
Mostrador/ Dourado. Algarismos e indexes metálicos aplicados. Ponteiros das horas e dos minutos metálicos esqueletizados, revestidos com Superluminova®.
Bracelete/ Pele castanha escura com estilo vintage. Fivela em aço.
PVP/ 2.300 euros

Bell & Ross
BR V2-94 Bellytanker
Edição limitada a 500 exemplares
Referência/ 
BRV294-BT-ST/SCA (bracelete em pele); BRV294-BT-ST/SST (bracelete em aço).

 

BeelRoss_BellyTanker_4

Bell & Ross BR V2-94 Bellytanker. © Bell & Ross

Movimento/ Mecânico automático calibre BR-CAL.301.
Funções/ Horas, minutos, segundos pequenos às 3h. Data. Cronógrafo: contador de 30 min às 9h, segundos do cronógrafo ao centro.
Caixa Ø 41mm/ Aço polido-acetinado. Aro em aço com escala de taquímetro. Coroa e botões aparafusados. Fundo de safira. Estanque até 100 metros.
Mostrador/ Dourado. Algarismos e indexes metálicos aplicados. Ponteiros das horas e dos minutos metálicos esqueletizados, revestidos com Superluminova®. Vidro: ultraconvexo em safira com tratamento antirreflexos.
Bracelete/ Duas possibilidades: Em pele castanha escura, maleável e suave, com visual retro ou em metal, com um estilo desportivo, garantindo o conforto na utilização deste cronógrafo.
PVP/ 3.99o euros (correia em pele); 4.300 euros (bracelete em aço)