Relógios destaque 3

HISTÓRIAS – O Rolex GMT Master sem luneta de Colonel Kurtz

Walter Kurtz

É um filme para ver e rever:  Apocalipse Now. E eu revi, há pouco tempo, depois de tantos anos de dieta no departamento deste género de filmes. Reapareceu-me, por acaso, naqueles intensos minutos de zapping que por vezes acontecem. Enchi-me de coragem e deixei-me estar… a (re)ver até às tantas. Entretanto, lá surgiu ele. Ele e o seu relógio: o inimitável Colonel Walter Kurtz (ou Marlon Brando, como quiserem) com o seu Rolex GMT Master sem luneta. Tal como este filme, há histórias que vale a pena rever, ou melhor, recontar…

«Have you ever considered any real freedoms? Freedoms from the opinion of others… even the opinions of yourself?» — São especialmente marcantes estas palavras de Walter Kurtz a quem Marlon Brando deu majestosamente vida em Apocalypse Now (1979), numa realização de Francis Ford Coppola. E se o contexto em que estas palavras são ditas é muito específico (sabemos que se trata de um filme, mas um filme que nos afeta, que nos invade e que nos faz esquecer de que estamos perante ficção), a verdade é que nos mostram bem como esta misteriosa e desconcertante personagem traduz a desumanização e desconstrução do ser humano, como consequência dos horrores da guerra. Mas, além disso, mostram também, como Walter Kurtz revela uma maneira muito própria de encarar a vida, em função de tudo aquilo que viu e experienciou.

E o que tem isto a ver com o mundo dos relógios?

Tem muito.

É que neste poderoso marco do cinema, Marlon Brando, enquanto Walter Kurtz, usa um Rolex GMT Master sem a luneta graduada que caracteriza especialmente este relógio de pulso.

Se pensarmos que a adequação de guarda-roupa e acessórios às épocas e personagens retratadas é um aspeto tão óbvio como crucial no mundo da sétima arte, então veremos como um Rolex GMT Master em si talvez não fosse o relógio mais indicado para refletir o tipo de relógio usado na altura pelos militares dos Estados Unidos. No entanto, falamos de Marlon Brando, um fervoroso adepto de relógios Rolex. Seria natural, por isso, vê-lo com um Rolex no pulso e, no meio de tudo isto, o relógio sem luneta acabou por encaixar na perfeição na personalidade controversa e despedaçada do incomparável Walter Kurtz.

Agora, se sabemos que Marlon Brando era um fervoroso adepto de relógios Rolex, tanto na vida real como na ficção, também sabemos que o ator gostava de deixar questões no ar. E quanto ao relógio foram diversas as questões que ficaram e, ainda hoje, não se sabe ao certo a razão pela qual ele usou, no filme, o tal relógio meio despido.

Opção pessoal? Adequação deliberada à personagem, como já referimos? Um acidente durante as filmagens?

Talvez um pouco de tudo. (embora a última questão seja mais questionável tendo em conta o relógio em causa)

Independentemente da resposta, o curioso mesmo é que, transpondo para a vida real, há quem se tenha assumidamente deixado inspirar por Kurtz e acabado por tirar a luneta ao seu Rolex GMT Master, assim como há quem tire a luneta aos seus modelos Submariner. E gosta. Simplesmente gosta de ver o seu Rolex sem luneta. Uma opção legítima, pessoal, que deixa de lado preconceitos perante uma marca cuja fidelidade a si própria é sobejamente conhecida. E ora aqui está o modo como o Rolex GMT Master sem luneta faz mais uma vez tanto sentido no pulso da personagem interpretada por Marlon Brando (e faz todo o sentido do mundo no pulso do próprio Marlon Brando himself).

A própria Rolex destaca Walter Kurtz na sua mais recente campanha de homenagem ao mundo do cinema: um vídeo que reúne, num minuto, alguns dos momentos em que relógios da marca da coroa são também, de alguma forma, protagonistas: Marlon Brando, Harrison Ford, Gabriel Byrne e Paul Newman são apenas alguns dos nomes que usaram um relógio Rolex no pulso em filmes que protagonizaram. Intitulada «Celebrating Cinema», a campanha foi apresentada na 89.ª edição dos Academy Awards, tendo em conta o facto de a Rolex ter sido, este ano, a patrocinadora oficial da cerimónia:

Este vídeo acaba por ser uma espécie de convite à descoberta da Rolex em momentos icónicos do cinema. Conseguirá o leitor descortinar quais os filmes, os atores e os relógios selecionados? Pelo menos, a resposta ao segundo 47 já sabe.

Quanto ao Rolex GMT Master sem luneta em si, fica a nota de que não se sabe o seu paradeiro. Ao contrário do Rolex Daytona ‘Paul Newman’ de Paul Newman que esteve bem guardado junto da família do ator durante anos e anos para ser recentemente leiloado por 15.228.095 de euros, o relógio usado por Marlon Brando em Apocalipse Now continua escondido ou desaparecido. Pelo menos, é essa a indicação que ainda temos.

Vamos ver até quando…

Foto de abertura: Marlon Brando (Colonel Walter Kurtz) fotografado por Mary Ellen Mark. Foto via Jake's World 

Leitura recomendada: visite o site Jake’s Rolex World para saber mais sobre Marlon Brando e os seus relógios Rolex.