Novidades, Relógios

NOVIDADES | A.Lange & Söhne 1815 Annual Calendar

A Lange & Söhne 1815 Annual Calendar

Em La Palma/ Este ano, a manufatura A. Lange & Söhne apresentou um segundo modelo dotado de calendário anual: o novo 1815 Annual Calendar junta-se ao Saxonia Annual Calendar na coleção da prestigiada marca germânica de alta-relojoaria. Tivemos a oportunidade de experimentar o 1815 Annual Calendar em junho, na ilha de La Palma. Aqui ficam as imagens e as descrições que o caraterizam.

Um relógio dotado de calendário anual situa-se entre as variantes de calendário mais simples (data; data e dia; calendário triplo com data, dia e mês) e as dotadas do mais complexo e oneroso calendário perpétuo. A manufatura A. Lange & Söhne especializou-se em calendários perpétuos e em conjugar essa nobre complicação relojoeira tradicional com turbilhões, cronógrafos ou mesmo outras funções, mas também conta na sua coleção com dois modelos dotados de calendário anual: o Saxonia Annual Calendar e o novo 1815 Annual Calendar, desvelado este ano no Salon International de la Haute Horlogerie e que tivemos a oportunidade de ‘testar’ no pulso numa visita aos observatórios da ilha de La Palma, nas Canárias.

ALS_1

A.Lange & Söhne 1815 Annual Calendar no Observatório de La Palma. © Espiral do Tempo/ Miguel Seabra

As indicações de um relógio dotado de calendário anual só precisam de ser ajustadas manualmente uma vez por ano: no final de fevereiro, o tal mês ‘irregular’. No caso do Saxonia Annual Calendar e do novo 1815 Annual Calendar, o calendário anual faz-se acompanhar de uma indicação das fases da lua dotada de uma precisão de 122,6 anos. E tanto um como outro surgem declinados em duas versões (caixa de ouro branco ou ouro rosa) com mostrador de tom prateado, sendo ambas dotadas de movimentos de manufatura criteriosamente acabados segundo os mais altos padrões decorativos da companhia germânica. Mas as semelhanças acabam aí – e começam no tipo de calibre que os alimentam.

Entrada - A.Lange & Söhne - 18 ANNUAL CALENDAR e SAXONIA ANNUAL CALENDAR 07

A.Lange & Söhne: as versões em ouro rosa do 1815 Annual Calendar (à esquerda) e Saxonia Annual Calendar. © A.Lange & Söhne

O Saxonia Annual Calendar é motorizado pelo comprovado calibre automático Sax-O-Mat, com rotor em ouro assente em rolamento de esferas dotado de massa periférica centrifuga em platina. Faz-se acompanhar da função Zero-Reset e da caraterística data sobredimensionada tão emblemática da Lange & Söhne, para além de um notável mostrador organizado de modo clarividente e com indicadores da hora em forma de bastão.

Já o novo 1815 Annual Calendar apela a todos aqueles que preferem o ritual de alimentar regularmente à mão os seus relógios de carga manual. O tambor de corda proporciona uma ampla reserva de corda de três dias. No mostrador, a indicação analógica da data, os algarismos árabes e a escala dos minutos do tipo caminho de ferro são tradicionais elementos de design que já se destacavam em lendários relógios de bolso. O 1815 Annual Calendar reflete de maneira perfeita a tradição relojoeira da prestigiada manufatura alemã e é um regalo para os puristas.

A.Lange & Söhne - 18 Annual Calendar 05

A.Lange & Söhne 1815 Annual Calendar. © A.Lange & Söhne

Em junho tivemos a oportunidade de conviver de perto com todas as novidades da A. Lange & Söhne que tinham sido desveladas no Salon International de la Haute Horlogerie, em janeiro, e obviamente testámos o 1815 Annual Calendar no pulso tendo por pano de fundo a impressionante paisagem a partir dos picos da ilha de La Palma.

A.Lange & Söhne

A.Lange & Söhne 1815 Annual Calendar. © Miguel Seabra

Subimos até ao Observatório de Roque de los Muchachos, acima do nível das nuvens e num dos pontos do planeta onde a pureza da atmosfera se revela tão ideal para a observação astronómica que existe uma inusitada concentração de potentes telescópios ao serviço de equipas de estudo de vários países!

Vists noturna do Observatório de los Muchachos, La Palma, Canárias

Vista noturna do Observatório de Roque los Muchachos, La Palma, Canárias

Aqui fica a descrição de quatro etapas fundamentais na assemblagem do relógio que estão relacionadas com as especificidades do 1815 Saxonia Annual Calendar e da própria A. Lange & Söhne:

1. Assemblagem do calendário anual

O calendário Gregoriano representa um desafio formidável para os designers e fabricantes de relógios dotados da função de calendário anual. O mecanismo reconhece corretamente os meses de diferentes durações e só necessita de ser ajustado manualmente uma vez por ano. Um ponteiro no submostrador da esquerda do 1815 Annual Calendar mostra a data. O componente em forma de estrela que pode ser visto no topo da imagem faz avançar o ponteiro do dia nesse mesmo submostrador. Com uma espessura de somente 1,4 milímetros, o módulo de calendário está aninhado entre o calibre de base e o mostrador. Isso faz com que apenas o relojoeiro consiga ver o delicado acabamento à mão patente nas superfícies das rodas, básculas, molas e platinas.

2. Assemblagem do disco das fases da lua

A.Lange & Söhne - 18 Annual Calendar 03

A montagem dos discos das fases da Lua. © A.Lange & Söhne.

A indicação das fases da lua no 1815 Annual Calendar só precisa de ser corrigida em um dia após terem sido decorridos 122,6 anos. Um processo de revestimento patenteado permite a obtenção do tom azul escuro do disco lunar, que é feito a partir de ouro branco ou ouro rosa consoante o tipo de ouro usado na caixa do relógio. O revestimento funciona como um filtro que só permite a passagem dos tons azuis de onda curta da luz diária incidente. A estrelas de fino recorte são destacadas do revestimento graças a um raio laser.

3. Segunda assemblagem
Chatôns de ouro aparafusados, balanço com parafusos e galo do balanço gravado à mão são dois elementos tradicionais da arte relojoeira saxónica. De modo a assegurar os mais elevados índices de qualidade técnica e estética, o movimento do 1815 Annual Calendar é assemblado duas vezes, tal como todos os relógios A. Lange & Söhne. Uma das razões que justificam todos esses procedimentos suplementares é a utilização da platina de três quartos, que remonta a uma patente registada por Ferdinand Adolph Lange. Por um lado, melhora a estabilidade do trem de rodagem; por outro, torna a assemblagem mais complicada porque até os mais experientes relojoeiros precisam de a montar e remover diversas vezes até que cada árvore individual fique firmemente colocada. O material de que é feita a platina – prata alemã não tratada: uma liga de cobre, zinco, níquel e outros componentes – é particularmente sensível. Qualquer impressão digital pode deixar uma mancha duradoura e qualquer contacto com ferramentas ou utensílios pode riscá-la. É por isso que a tradicional decoração com nervuras de Glashütte só pode ser aplicada imediatamente antes da última assemblagem.

4. Inspeção final

A.Lange & Söhne - 18 Annual Calendar 02

Todas as funções são cuidadosamente verificadas antes de o movimento ser colocado na caixa do relógio. © A.Lange & Sohne

Para além do botão principal destinado a correções rápidas do conjunto do calendário, o 1815 Annual Calendar tem quatro botões embutidos na caixa que, separadamente, permitem fazer avançar a data, o dia, o mês e as fases da lua. Todas as funções são cuidadosamente verificadas antes de o movimento ser colocado na caixa do relógio. Depois, o relógio devidamente assemblado deve ser submetido a um programa de testes que dura várias semanas para que seja verificada a sua integridade funcional e precisão sob condições operativas diárias. Só é libertado para entrega depois de ter passado com êxito na inspeção final.

A.Lange & Söhne 1815 Saxonia Annual Calendar

A.Lange & Söhne 1815 Saxonia Annual Calendar

Como é habitual, aqui deixamos a ficha técnica, mas consulte o site oficial da A. Lange & Söhne para mais informações.

Características técnicas

A. Lange & Söhne
1815 Annual Calendar

Referência/  238.032 (ouro rosa) – 238.026 (ouro branco)
Movimento/ Corda manual calibre L051.3 in-house, 3Hz, 72 horas de reserva de corda.
Funções/ Horas, minutos, pequenos segundos, calendário anual, indicação das fases da Lua.
Caixa Ø 40mm x 10,1 mm de espessura/ Ouro rosa ou branco de 18 kt polido e escovado, vidro e fundo em vidro de safira.
Bracelete/
Pele de aligátor pespontada com fivela a condizer com o material da caixa.
Preço/
€ 38.800 em ambas as versões