Em Foco, Relógios

EM FOCO | Graham Chronofighter Vintage GMT

Graham Chronofighter Vintage GMT

Edição impressa | Em 2016, a Graham celebrou o 15.o aniversário do seu mais representativo modelo com o lançamento de uma atraente variante de caraterísticas rétro que imediatamente se assumiu, mais do que todos os modelos lançados ao longo de década e meia, como a personificação ideal dos instrumentos de tempo da Segunda Guerra Mundial em que o Chronofighter se inspirou. Com onovo Chronofighter GMT apresentado este ano, o pretérito tornou-se ainda mais perfeito graças a deliciosas nuances vintage no mostrador e ao acrescento de um segundo fuso horário especialmente útil para qualquer viajante.

Artigo originalmente publicada no número 61 da Espiral do Tempo

Graham Chronofighter Vintage GMT

Graham Chronofighter Vintage GMT. © Graham

Degradé em destaque

Tal como o Chronofighter Vintage, o Chronofighter Vintage GMT reinterpreta os códigos do Chronofighter original de 2001
de modo acentuadamente rétro — investindo num atraente mostrador de fundo degradé (que escurece do centro para a periferia) e em totalizadores pretos contrastantes sob um vidro de safira ligeiramente convexo. Está disponível nas variantes antracite, verde-tropa, conhaque e azul — todas elas com pequenos pormenores gráficos a vermelho e correia de couro pespontado a condizer.

Graham Chronofighter Vintage GMT

Graham Chronofighter Vintage GMT, © Paulo Pires/Espiral do Tempo.

Graduação e tamanho

Além do ponteiro suplementar e do efeito degradé, a outra diferença visual do Vintage GMT relativamente ao Vintage reside na luneta preta graduada a 24 horas para leitura do segundo fuso horário. A caixa mantém o mesmo diâmetro de 44 mm, de presença marcante, mas sem as dimensões sobredimensionadas de muitos outros modelos da família Chrono ghter. Tal como a caixa, também a estrutura do acionamento do cronógrafo e da coroa é em aço (alternadamente polido e escovado).
A motorização assenta no calibre automático G1733, dotado de 48 horas de reserva de corda e percetível através do fundo transparente.

EM_FOCO_Graham_Chronofighter_Vintage_gmt_01

Graham Chronofighter Vintage GMT, © Paulo Pires/Espiral do Tempo.

Pronto a disparar

O ‘gatilho’ destinado a despoletar as funções cronográficas é emblemático e
faz do Chronofighter um ex-líbris de fácil reconhecimento. O protuberante sistema de acionamento através de alavanca facilita o uso (o posicionamento à esquerda aproveita ao máximo a ação do dedo polegar, considerado o dedo mais rápido) e é reminiscente dos instrumentos de precisão que se prendiam à perna ou se colocavam por cima do blusão
de navegadores dos bombardeiros. Nestes instrumentos, o cronógrafo era acionado através de uma alavanca para cronometrar o tempo entre a largada da bomba e a defiagração no solo.

EM_FOCO_Graham_Chronofighter_Vintage_gmt_02

Graham Chronofighter Vintage GMT, © Paulo Pires/Espiral do Tempo.

Características Técnicas

Graham
Chronofighter Vintage GMT

Referência / 2CVBC.B15A.L127S
Movimento / Cronógrafo mecânico de corda automática calibre G1733, 48 horas de reserva de corda, 28.800 alt/h.
Funções / Horas, minutos, segundos, cronógrafo, grande data e segundo fuso horário.
Caixa Ø 44 mm / Aço, vidro e fundo em vidro de safira, luneta rotativa unidirecional com anel em cerâmica, estanque até 100 m.
Bracelete / Calfe com fecho de báscula em aço.
Preço / € 6.620

Graham Chronofighter Vintage GMT

Graham Chronofighter Vintage GMT. © Graham

Consulte o site oficial da Graham ou o site oficial da Torres Distribuição para mais informações.