Cesarina Sousa

destaque nossa escolha fds

Baselworld 2017: a nossa escolha do fim de semana

Durante o fim de semana, conseguimos visitar mais alguns stands e conhecer ao vivo alguns dos modelos já divulgados, mas que queríamos mesmo conhecer. Porque a feira de Baselworld é um mundo imenso de novidades e porque nem sempre é possível visitar tudo aquilo que pretendemos, vamos assim explorando aos poucos e tentado descobrir os modelos que mais nos fascinam. Aqui fica a nossa seleção.

Entrada

Baselworld 2017: a nossa escolha do dia 2

E continuamos em Baselworld, o mítico evento de apresentação de novidades na indústria da relojoaria e joalharia e que decorre entre 23 e 30 de março. No nosso segundo dia por lá (primeiro dia de abertura ao público em geral), deambulámos pelos stands de mais algumas marcas e voltamos a fazer uma seleção dos modelos que de uma forma ou de outra mais nos surpreenderam de entre as novidades das marcas que visitámos.

A nossa escolha

Baselworld 2017: a nossa escolha do dia 1

Baselworld abriu hoje as portas ao público em geral, mas na verdade o evento arrancou ontem com um dia  dedicado em exclusivo à imprensa. E, com seria de esperar, há muita euforia, muitas novidades e muito para contar. Aqui fica assim uma seleção da equipa da Espiral do Tempo alguns dos modelos que mais nos chamaram a atenção neste primeiro momento do maior evento da relojoaria. 

Nossa Escolha

Escolhas da semana: Vintage GMT, Duomètre Chronographe Magnetite e Hammerhead

A versão GMT de uma das mais felizes interpretações do Chronofighter da Graham, novos modelos Duomètre da Jaeger-LeCoultre que se distinguem não só pelo já reconhecido conceito técnico, como pelo impacto estético do mostrador cinza magnetite e um relógio pujante de mergulho como tendem a ser os relógios de mergulho da Oris: são estes os modelos que destacamos esta semana. 

Destaque

Recomendado: a semana que passou em destaque

Como é habitual, em início de semana, destacamos alguns artigos sobre o mundo da relojoaria que nos pareceram interessantes. Voltamos a salientar, que cada vez mais, os artigos que vamos descobrindo se ancoram em histórias que os relógios têm para contar e na relação especial que as pessoas estabelecem com os seus instrumentos do tempo. 

Valérie Messika

Valérie Messika em entrevista exclusiva

EdT57 — Valérie Messika não canta (como Marilyn Monroe em Gentlemen Prefer Blonds), mas encanta. E muito. Não só pela intensa paixão que deixa transparecer pela mais romântica das pedras preciosas, como também pelo terno lado pessoal e familiar inerente à marca de joalharia que lançou em 2005. Quanto às suas criações, as palavras pouco dizem. Porque quando se encara com gosto especial aquilo que se faz, tudo ganha outra dimensão. No caso específico da Messika Joaillerie, cada peça fala por si.

NossaEscolha_1

As escolhas da semana: entre passado e futuro

Um cronógrafo de espírito vintage e um concept watch absolutamente inovador: em período de euforia no que diz respeito a novidades, destacamos alguns dos modelos divulgados que não nos deixaram indiferentes nos tempos mais recentes. Falamos do Zenith Heritage 146 e do Ulysse Nardin InnoVision 2. Para a semana há mais.

Destaque

Recomendado: a semana que passou em destaque

Porque a indústria relojoeira não para nunca, arrancamos mais uma semana com alguns dos artigos que mais nos chamaram a atenção nos últimos dias. E o mais interessante é constatar como, mesmo entre as novidades que têm vindo a ser destacadas, há cada vez mais tendência para encarar os relógios enquanto objetos especiais que contam histórias e que unem as pessoas.