Espiral do Tempo

entrada_1

NOVIDADES | SIHH 2018: A nossa escolha dos dias 3 e 4 (Audemars Piguet, Girard-Perregaux, Panerai e Van Cleef & Arpels)

O SIHH termina hoje e nós apresentamos a nossa última seleção de modelos que mais nos chamaram a atenção. Nos próximos tempos, iremos destacar alguns com mais pormenor e outros que ainda não mencionámos, mas é importante referir que já se notam certas tendências, algumas que até já vêm no seguimento dos anos anteriores: a aposta no azul intensifica-se, a inspiração no baú continua, a combinação de ouro rosa com antracite nota-se mais, relógios de perfil sport elegant vão dando que falar, o lançamento de complicações fora de série, a redução dos tamanhos de caixa e a variedade de braceletes. 

Galeria_Entrada

GALERIA | SIHH 2018: Dez cronógrafos que nos piscaram o olho…

Os cronógrafos nunca passam de moda e nós ficamos mais do que satisfeitos por ver de ano para ano alguma aposta das marcas nesta incontornável complicação. Entre modelos incrivelmente audaciosos e modelos que conhecemos há muito, mas que vão sendo atualizados, de perfil mais clássico ou mais desportivo, reunimos em galeria alguns cronógrafos de que, até ao momento, gostámos muito na edição de 2018 do SIHH. E o ano ainda só agora começou….

entrada

NOVIDADES | SIHH 2018: A nossa escolha do dia 1 ( A.Lange & Söhne, Baume & Mercier, Jaeger-LeCoultre e Vacheron Constantin)

Em Genebra/ O Salon International de la Haute Horlogerie 2018 abriu ontem as suas portas e nós andamos deslumbrados com algumas das novidades. Fizemos assim uma seleção dos modelos que mais nos chamaram a atenção durante o primeiro dia, com especial destaque para a nova coleção Polaris da Jaeger-LeCoultre e o novo Triple Split da A.Lange & Söhne que têm dado que falar. Aqui ficam as nossas escolhas do dia.

A_Lange_Sohne_Collodium_02

GALERIA | A. Lange & Söhne: fotografar relógios de hoje à luz de outros tempos

Como retrospetiva do ano que terminou, a A.Lange & Söhne andou em busca de técnicas fotográficas artesanais que traduzissem o espírito de manufatura que está por trás da criação dos relógios da marca germânica. Assim, através do processo fotográfico de colódio húmido, sete dos modelos lançados em 2017 foram captados desta forma artesanal.  Aqui deixamos duas galerias que nos mostram, por um lado, os bastidores do processo; por outro lado, o resultado final. Como se diz muito por aí agora, caro leitor: enjoy!