Hubert de Haro

destaque Thierry Stern Patek Philippe

REPORTAGEM – Patek Philippe: Voar mais alto

Tive o privilégio de privar com o presidente da Patek Philippe, Monsieur Thierry Stern, duas vezes nos últimos dois meses. A primeira, em Nova Iorque, no passado mês de julho, para descobrir a incrível exposição The Art of Watches promovida pela própria Patek Philippe. A segunda, há escassos dias, na Suíça, em Plan-les-Ouates, na sede da manufatura. Entre estes dois momentos, toda a equipa editorial decidiu escolher o Calatrava Pilot Dual Time 5524G como capa da nossa 60.ª edição. Todo um símbolo.

Espiral do Tempo

EDIÇÃO IMPRESSA – Espiral do Tempo celebra 60 edições ( e, no entanto, parece que começámos ontem!)

O número 60 reveste-se de uma importância muito especial para os apreciadores da bela relojoaria: 60 segundos perfazem um minuto e 60 minutos somam uma hora. Mestres relojoeiros, engenheiros e designers devem imperativamente sujeitar-se a esta convenção, pedra angular de qualquer novo mecanismo ou mostrador. O diktat do número 60 é praticamente inevitável, num momento em que celebramos 60 edições. Neste contexto, o número 60 foi, naturalmente, eleito como temática desta edição. Uma edição muito especial, onde procurámos ultrapassar os lugares comuns para surpreender ainda mais os nossos leitores.

Wilhelm Schmid destaque

ENTREVISTA EXCLUSIVA – Wilhelm Schmid: petrolhead

EdT59/ Diz-se que a vida é uma viagem. E que viagem incrível foi a que Clärenore Stinnes viveu! Aos 26 anos, esta jovem alemã tornou-se na primeira mulher a dar a volta ao mundo de automóvel – que ela própria conduziu. Foram precisos cerca de dois anos, mais precisamente 760 dias, para atravessar 23 países com o seu Adler Standard 6 equipado com um motor de seis cilindros em linha. 46.758 quilómetros depois da sua partida, chegou a Berlim em segurança no dia 24 de junho de… 1929. E parece-me que, voltando à sua infância, ninguém da sua família terá previsto isto. Tal como nada faria prever que o filho de um comerciante germânico de automóveis, formado para ser mecânico toda a sua vida, se tornaria, um dia, no líder de uma das mais reconhecidas marcas de alta-relojoaria. Senhoras e senhores, um grande aplauso para Herr Wilhelm Schmid, atual chief executive officer da A. Lange & Söhne!

destaque Patek Philippe NY

PONTO de VISTA – Liderança ( a propósito da Patek Philippe – The Art of Watches Grand Exhibition New York 2017)

Desde que me lembro, sempre gostei de viajar. Terá certamente a ver com a minha família e a sua curiosa propensão para emigrar. No caso do meu avô e do meu pai, a viagem sem regresso marcado foi forçada pela instabilidade política e social dos países onde tinham nascido. No meu caso, e agora do meu filho Diego, a situação muda de figura, já que emigrámos por vontade própria.

destaque A. Lange & Söhne

PONTO de VISTA: car lovers…

Os italianos são apaixonados por carros. Genuína e intensamente. Em Itália, nasceram alguns dos melhores e mais respeitados construtores de carros do mundo: Maserati, Ferrari ou Lamborghini, para citar apenas alguns, contribuíram em larga medida para o fascínio mundial por carros ‘rápidos’ e muito bem desenhados.

Jack_Heuer_Gd_Destaque

Espiral do Tempo 58 nas bancas: atitude é o tema desta edição

Foi no arranque de Baselworld que a primeira edição de 2017 da Espiral do Tempo chegou às bancas. E foi precisamente em Baselworld que tivemos a oportunidade de a fotografar nas mãos de Jack Heuer: um grande senhor que acompanhamos há mais de 15 anos e que é o rosto perfeito para anunciar o nosso regresso às edições temáticas: Atitude surge como o grande tema deste primeiro número do ano. Aqui fica o editoral. 

Cronica_Hubert_SIHH_01

REFLEXÕES EM GENEBRA: #SpeedyTuesday

Em Genebra – Afirma-se que a história se repete. No entanto, se há uma história que a indústria relojoaria suíça não quer ver repetida é a mudança de paradigma que a tecnologia quartzo impôs nos anos 70. Nessa altura, centenas de pequenas e médias empresas produziam milhões de relógios mecânicos, exportando-os para os quatro cantos do Planeta.

EdT56_editorial

Somos o que fazemos

EdT57 — Sessenta e cinco mil, quatrocentos e trinta e sete — 65.437. Já que a bela relojoaria é também indissociável da precisão, decidimos contar o número de quilómetros percorridos pela equipa da Espiral do Tempo apenas no mês de novembro.