Histórias

Espiral do Tempo 54

Espiral do Tempo: edição de primavera nas bancas

O número 54 da Espiral do Tempo acompanha, como é habitual, a chegada da primavera e já está disponível nas bancas. Entrámos em 2016 com a sensação de que seria uma boa aposta abandonar por uns tempos as edições totalmente sujeitas a um tema para nos concentrarmos mais na atualidade relojoeira.

Baselworld_2016_destaque

Baselworld 2016/ Bloco de Notas

Em Basileia — À entrada para o fim-de-semana e ao cabo de três intensos dias, já é possível descortinar algumas tendências e salientar vários acontecimentos que marcaram o arranque de mais uma edição do maior certame relojoeiro mundial. Aqui ficam as primeiras notas da edição de 2016 de Baselworld, com algum humor e polémica à mistura.

© Richard Mile

O pelotão relojoeiro da Fórmula 1

No McLaren Technology Center — O Campeonato do Mundo de Fórmula 1 de 2016 arranca em breve em Melbourne, no Grande Prémio da Austrália. Com a ligação a duas escuderias (McLaren e Haas), a Richard Mille assumiu a pole position do pelotão relojoeiro — enquanto a Rolex mantém o estatuto de cronometrista oficial.

Vasco Mendonça

Vasco Mendonça: noite de triunfo em Aix-en-Provence

EdT53 — No dia Mundial do Compositor, 15 de janeiro, não poderíamos deixar de publicar um artigo muito especial dedicado a Vasco Mendonça — o compositor português que tem vindo a colecionar ovações um pouco por todo o mundo e que foi o rosto selecionado por Kaija Saariaho, reconhecida compositora, como discípulo na edição de 2015 do programa Rolex Mentors & Protégés. Um texto assinado por Ana Rocha e que foi originalmente publicado no número 53 da Espiral do Tempo.

Sentimentos ritmados

Crónica: «Sentimentos ritmados»

EdT53 — Guitarra e voz, pela madrugada fora. Tenho uma relação quase visceral com a música. Uma voz paciente, apaziguadora. A voz do meu pai. Talvez o primeiro som de que tenha memória. O choro insistente de uma criança a dar o mote para esta forçada tertúlia familiar. Um amor incondicional pela música a formar-se desde esse momento. Entendo a música como o som dos nossos sentimentos.

Destaque

Museu do Relógio: ano de maioridade

Em Serpa — Após aquele que porventura terá sido o seu melhor ano de sempre e no qual celebrou o vigésimo aniversário, o Museu do Relógio parte para 2016 com responsabilidades acrescidas e expectativas redobradas. Passamos em revista os eventos marcantes de 2015 e pedimos a Eugénio Tavares de Almeida, diretor e conservador da instituição, que nos falasse dos projetos que se seguem.

destaque

Com os ponteiros na Lua

EdT37 — A Lua tem exercido um enorme fascínio sobre o homem desde sempre — e ornado relógios desde o Renascimento. Atualmente, todas as marcas relojoeiras de prestígio que não sejam de pendor declaradamente desportivo têm no seu catálogo vários modelos com uma abertura para as fases lunares no mostrador.

Repetição Minutos

Repetição de minutos: sonoplastia mecânica

EdT53 — Poucas complicações relojoeiras têm tantas nuances e exigem tanto do mestre relojoeiro como a complicação ‘repetição de minutos’. A multiplicidade de técnicas e métodos de construção exigem hoje, por parte do potencial comprador, um conhecimento aprofundado e uma atenção especial a determinados parâmetros.