Audemars Piguet

OnlyWatch

LEILÕES de GENEBRA- Day One (11/11/2017): Christie’s – Only Watch 2017

O nome diz tudo. O Only Watch trata-se de um leilão de beneficência bastante especial que é composto exclusivamente por peças únicas e irrepetíveis. Peças que são propostas diretamente por um grupo de marcas a cada dois anos com o intuito de angariar fundos para uma Associação Monegasca que tenta encontrar uma cura para a distrofia muscular de Duchenne, uma doença degenerativa para a qual infelizmente ainda não existe cura. 99% das receitas fluem assim diretamente para o esforço de encontrar uma cura para esta doença que afeta essencialmente jovens. Não é, pois, de estranhar o empenho das mais diversas marcas de primeira linha ao propor peças que gerem um elevado interesse.

ch24pl_zegarekroku2017_2

ATUALIDADES – Relógios do Ano: primeiro sopro de Leste

Já começou a caça ao troféu, com a atribuição dos primeiros galardões de Relógio do Ano. Já se sabe que à partida para o último trimestre há sempre várias eleições e múltiplos prémios um pouco por esse mundo fora e a Espiral do Tempo está associada a algumas iniciativas. Recordamos a mais recente ocorrida na Polónia e projetamos as que estão para chegar.

ZegarekRoku

RECOMENDADO – O Relógio do Ano pelo ch24.pl

Com a entrada no outono e no último trimestre, começam a surgir os resultados das diversas eleições de Relógio do Ano 2017 (Zegarek Roku 2017) – e a primeira a ser conhecida é a iniciativa promovida pelos nossos amigos da ch24.pl na Polónia, Tomasz Kiełtyka e Łukasz Doskocz, que conta com um elemento da Espiral do Tempo entre o júri. Principal destaque: o triunfo do notável conceito Singer Reimagined dotado do novo calibre cronográfico do mestre Jean-Marc Wiederrecht!

Viajantes no tempo

HISTÓRIAS – Viajantes do Tempo

A relojoaria sempre esteve na vanguarda da exploração — tanto no acompanhamento de expedições que desbravaram novas fronteiras como no desbravamento de novas soluções técnicas na arte de medir o tempo. Mas houve muitos protagonistas históricos e fundadores de marcas relojoeiras que foram ainda mais além, assumindo eles próprios o papel de pioneiros, colonos e povoadores.

RafaelNadal destaque

PONTO de VISTA – Ora bolas!

  Wimbledon concluiu-se recentemente com a consagração de dois campeões patrocinados pelo cronometrista oficial do torneio. Poucas semanas antes, Roland Garros tinha assistido a uma final entre dois jogadores de relógio no pulso. O circuito de ténis profissional tornou-se num cenário mais ou menos perfeito para muitas marcas relojoeiras ganharem notoriedade e há episódios rocambolescos que merecem ser contados…

Rolex_Federer_GMT-Master_II_Batman

HISTÓRIAS – Open da Austrália: o regresso de… Batman?

Numa final entre super-heróis do desporto mundial e do ténis em particular, Roger Federer derrotou Rafael Nadal e depois ergueu a taça do Open da Austrália com um relógio muito especial: o Rolex GMT-Master II que tem por cognome… ‘Batman’. A Richard Mille e a Audemars Piguet também estiveram em destaque na fase terminal do torneio.

© Ressence

NOVIDADES – SIHH 2017/ Dez relógios que ficam (especialmente) bem em pulsos de senhora

Há quem diga que, nos tempos que correm, não faz sentido catalogar os relógios em modelos de senhora e modelos de homem. As razões são de diversa ordem (a este propósito talvez seja interessante reler a crónica «Para menino e para menina»), mas, a verdade é que, independentemente do género, há relógios para todos os gostos. Por isso, fizemos uma galeria com novidades que, sejam ou não anunciadas como relógios de senhora, achamos que ficam bem em pulsos femininos. E tome nota: gostos não se discutem!

ponteiros

HISTÓRIAS – Ponteiros: Apontar não é feio

EdT56 — Mais do que apenas um elemento estritamente funcional, os ponteiros de um relógio podem também ser um elemento de afirmação de uma marca. Entre função, estética e origem histórica, eles têm, afinal, muito mais para contar do que apenas as horas e os minutos de cada dia.

Ilust_cafe_destaque

PONTO de VISTA – Deuses do desporto no Olimpo dos relógios

EdT56 — O que é que têm em comum nomes como Roger Federer, Ana Ivanović, Andre Agassi, Lewis Hamilton, Usain Bolt, Maria Sharapova ou David Beckham? Deuses do desporto foram ou têm sido, ao longo dos anos, as faces da longa paixão entre a indústria da relojoaria e os courts, os relvados ou as pistas de corrida, os mares onde evoluem grandes iates ou os campos de polo. Relógios e desporto tornaram-se irmãos de sangue, inseparáveis.

GPHG 2016

PONTO de VISTA – GPHG 2016: Liberdade, Igualdade, Fraternidade

Em Genebra — O mote da República Francesa pode servir bem para definir a 16.ª edição do Grand Prix d’Horlogerie de Genève — realizado não muito longe da fronteira com a França. Foi a relojoaria suíça que dominou, mas houve alguns intrusos e, sobretudo, viu-se mais uma vez os jovens independentes libertarem-se das suas restrições para se equipararem às históricas manufaturas. A Girard-Perregaux e a Piaget bisaram, mas as melhores histórias da noite tiveram a ver com a reaparição de Jack Heuer, a igualdade promovida por Max Büsser e a fraternidade dos irmãos Gronefeld.