Bell & Ross

Bell & Ross Vintage BR V1-92 Military

NOVIDADES | Bell & Ross Vintage BR V1-92 Military

O BR V1-92 Military da Bell & Ross foi lançado este ano e vem integrar a nova geração da coleção Vintage da marca. Como não poderia deixar de ser, o relógio é inspirado na história da aviação e em códigos militares numa caixa de 38,5mm e distingue-se pelo mostrador preto que dá primazia à escala dos minutos.

Última hora

SUGESTÕES | Guia de última hora (há sempre tempo…)

Peguemos em clichés que agora até dão jeito: os portugueses são conhecidos pela cultura do desenrasca, pelo”vão sem mim que eu vou lá ter”*, por chegarem atrasados aos eventos e pelos eventos que não começam à hora marca. São também conhecidos pelo adiar das obrigações, que passa por, por exemplo, por arrumar tudo muito bem antes de fazer o que se tem de fazer para depois deixar para amanhã o que se teria de fazer hoje. E, no seguimento, o deixar as “coisas” para o fim, o que inclui, claro, compras de última hora, principalmente em épocas simbólicas e de grande azáfama, como o Natal. Mas nós, solidários com os portugueses (afinal também o somos), preparámos uma listagem de última hora de relógios como sugestões de prenda. Segmentamos por preços, para facilitar o trabalho.

BellRoss_Bellytanker_7

NOVIDADES | Bell & Ross Vintage Bellytanker

Depois do B-Rocket, em 2014, e do Aero-GT em 2016,  a Bell & Ross volta a mostrar que a sua paixão pela mecânica vai muito além dos relógios de pulso. Este ano, a marca apresenta o Bellytanker, um veículo de influências retro com formato semelhante a um míssil. Mas não ficamos por aqui: para quem prefere mesmo instrumentos do tempo, fique a saber que, no âmbito do lançamento do veículo, são também apresentados um relógio e um cronógrafo em edição limitada. 

entrada_bronze

HISTÓRIAS | Trabalhar para o bronze

EdT 59/ Os relógios em bronze não constituem particular novidade, mas passaram a ser mainstream a partir do momento em que a Panerai lançou a primeira edição do seu Bronzo — hoje em dia, já vai na terceira e, entretanto, várias outras marcas de renome adotaram um material que tem acompanhado a história da Humanidade nos últimos quatro milénios, e que, aquando do seu advento, se tornou tão relevante que mereceu uma era batizada com o seu nome. Estaremos nós na Idade do Bronze na relojoaria?

Entrada_CT

PONTO de VISTA | Afinal, qual é a sua tribo?

Se gosta de relojoaria mecânica existe uma boa probabilidade de gostar também de tudo o que envolva motores, o resultado de associarmos engrenagens, óleos, combustíveis (de preferência com um índice de octano elevado), válvulas, pistões, etc, etc… O tipo de pessoa, afinal, a quem os britânicos gostam de chamar de “Petrol head”… cabeça de gasolina… para ser mais preciso!

destaque nossa escolha fds

NOVIDADES | Baselworld 2017: a nossa escolha do fim de semana (Bell & Ross, Chopard, Graham, Hermès, Rolex)

Durante o fim de semana, conseguimos visitar mais alguns stands e conhecer ao vivo alguns dos modelos já divulgados, mas que queríamos mesmo conhecer. Porque a feira de Baselworld é um mundo imenso de novidades e porque nem sempre é possível visitar tudo aquilo que pretendemos, vamos assim explorando aos poucos e tentado descobrir os modelos que mais nos fascinam. Aqui fica a nossa seleção.

TAG Heuer Monaco

PONTO de VISTA | Ser quadrado é fixe

EdT55 — «Quadrado» (adjetivo popular figurado): pouco inteligente, sem agilidade de pensamento; limitado, pouco recetivo a inovações; obtuso; convencional, retrógrado; tradicionalista. Ironicamente, as pessoas que conheço que gostam de relógios quadrados — e, por extensão, relógios de forma — são exatamente o oposto dessa definição pejorativa. Não tinha Steve McQueen o cognome ‘King of Cool’?