Chanel

Galeria Entrada

BASELWORLD 2017: os pormenores que fazem a diferença (galeria)

Há muito mais para descobrir, mas compilámos em galeria alguns pormenores que nos fazem realmente suspirar. Seja de ordem técnica ou de ordem estética, a relojoaria faz-se de pequenos detalhes, com a nota de que o poder criativo das marcas é cada vez mais impressionante. Imaginação não falta, soluções originais também não. Esta é, sem dúvida, uma galeria para crescer e para revisitar. 

Entrada

Baselworld 2017: a nossa escolha do dia 2

E continuamos em Baselworld, o mítico evento de apresentação de novidades na indústria da relojoaria e joalharia e que decorre entre 23 e 30 de março. No nosso segundo dia por lá (primeiro dia de abertura ao público em geral), deambulámos pelos stands de mais algumas marcas e voltamos a fazer uma seleção dos modelos que de uma forma ou de outra mais nos surpreenderam de entre as novidades das marcas que visitámos.

GPHG 2016

GPHG 2016: Liberdade, Igualdade, Fraternidade

Em Genebra — O mote da República Francesa pode servir bem para definir a 16.ª edição do Grand Prix d’Horlogerie de Genève — realizado não muito longe da fronteira com a França. Foi a relojoaria suíça que dominou, mas houve alguns intrusos e, sobretudo, viu-se mais uma vez os jovens independentes libertarem-se das suas restrições para se equipararem às históricas manufaturas. A Girard-Perregaux e a Piaget bisaram, mas as melhores histórias da noite tiveram a ver com a reaparição de Jack Heuer, a igualdade promovida por Max Büsser e a fraternidade dos irmãos Gronefeld.

Monsieur de Chanel

Monsieur de Chanel: Validação masculina

EdT56 — Sentido de estilo, técnica apurada: com o Monsieur, a Chanel alcandorou-se num novo patamar — não só porque foi um dos mais elogiados relógios desvelados este ano em Baselworld, mas também porque personifica uma nova estratégia da maison parisiense no mercado relojoeiro.

GPHG 2016

GPHG 2016: Ferdinand Berthoud conquista Aiguille d’Or

O Ferdinand Berthoud Chronomètre Ferdinand Berthoud FB 1 foi o grande vencedor do Grand Prix d’Horlogerie de Genève 2016 — ao ter sido ontem distinguido com o Aiguille d’Or. Este relógio está disponível em ouro rosa e cerâmica e em ouro branco e titânio, tendo sido esta última versão a conquistar o galardão. O Chronomètre Ferdinand Berthoud FB está equipado com o Calibre FB-T.FC, movimento de corda manual com fuso corrente para melhor transmissão da força constante e um turbilhão de baixa frequência com grandes dimensões. Mas aqui fica a listagem de todos os vencedores.

Piaget Altiplano Rose broderie

Galeria: Tempo de bordar

Que o bordado começa novamente a estar na moda, não é novidade para ninguém. Que o voltar a estar na moda significa não só o regresso de uma arte de cariz tradicional, mas também o modo como essa arte começa a ser reinventada ao sabor dos novos tempos também não é novidade; mas que a aplicação dessa arte em relojoaria já se vai fazendo sentir talvez já soe mais a novidade para alguns. Compilámos em galeria exemplos belíssimos que reinventam ou evocam a arte do bordado em mostradores que obrigam a redobrada atenção. Fascinados? Nós estamos…

Outono: F.P. Journe Invenit et Fecit Octa Automatic Reserve

Inspiração: outono

O outono chegou. Sem qualquer dúvida. Apesar de o calor ainda se fazer notar, apesar de o Sol continuar a brilhar, apesar de os fins de semana ainda convidarem a alguma praia, a verdade é que o outono já se faz ver nos dias cada vez mais pequenos, nas folhas que começam a secar e a cair ou até no sentimento de nostalgia que acaba por nos invadir. Fazemos assim hoje homenagem à mais dourada das estações com fotos de relógios de inspiração marcadamente outonal.

Batismo de fogo_Destaque

Esmalte Grand Feu: batismo de fogo

EdT46 — Nos últimos anos, a arte milenar do esmalte tem vindo a ocupar um lugar de destaque entre as artes decorativas na relojoaria. O esmalte Grand Feu, em especial, assume-se hoje, entre os Métiers d´Art, como uma arte na qual o processo é tão fascinante como o resultado.