F.P. Journe Invenit et Fecit

ouro

Corrida ao ouro

EdT57 — Metal precioso por excelência, o ouro sempre esteve presente desde os primórdios da relojoaria e mantém-se como material de exceção no universo relojoeiro de prestígio. Mas a sua utilização tem evoluído a par dos progressos técnicos e estéticos das últimas duas décadas no setor — aqui ficam as mais recentes novidades de uma corrida cujo interesse tem redobrado graças ao lançamento de novas ligas, tonalidades e aplicações.

Cronica_EncontrosImediatos

Crónica: Encontros imediatos de relógio no pulso

Gosto de relógios de todos os tamanhos, feitios e de complicações. Mas, após todo este tempo, aprendi a reconhecer que foram as relações humanas que tornaram a minha carreira de jornalista ainda mais aliciante — graças ao carisma e à personalidade das pessoas que fui encontrando por esse mundo fora através das mais diversas circunstâncias. Até mesmo por causa de uma piza ou de uma tatuagem.

ponteiros

Ponteiros: Apontar não é feio

EdT56 — Mais do que apenas um elemento estritamente funcional, os ponteiros de um relógio podem também ser um elemento de afirmação de uma marca. Entre função, estética e origem histórica, eles têm, afinal, muito mais para contar do que apenas as horas e os minutos de cada dia.

F.P. Journe Invenit et Fecit Tourbillon Souverain

Galeria: F.P. Journe Tourbillon Souverain com remontoir d’egalité e segundos mortos

Impõe respeito e prende-nos de imediato: o Tourbillon Souverain com remontoir d’egalité e segundos mortos  da F.P.Journe Invenit et Fecit foi o nosso #specialguest durante uns tempos e não lhe ficámos indiferentes. Com caixa em platina e mostrador em ouro branco, este relógio apresenta o turbilhão numa abertura simétrica ao submostrador das horas e destaca-se por estar equipado com um calibre de corda manual que guarda um remontoir d’egalité, um sistema que assegura o tão almejado isocronismo do balanço, para uma superior precisão. Às seis horas, o submostrador dos segundos mortos — que andam passo a passo graças a um mecanismo montado entre o órgão regulador e o ponteiro de segundos que impede a normal progressão deste último. Uma galeria obrigatória.

EdT54_Segundos_mortos_01_Jaeger-Lecoultre_Calibre_770_true_seconds

Segundos mortos: o efeito Lázaro

EdT54 — Não aparenta ter nenhuma utilidade prática, mas o seu funcionamento é fascinante. Os chamados «segundos mortos» antecederam o desenvolvimento do cronógrafo e são hoje uma complicação pouco comum, mas bastante apreciada.