MB&F

OnlyWatch

LEILÕES de GENEBRA- Day One (11/11/2017): Christie’s – Only Watch 2017

O nome diz tudo. O Only Watch trata-se de um leilão de beneficência bastante especial que é composto exclusivamente por peças únicas e irrepetíveis. Peças que são propostas diretamente por um grupo de marcas a cada dois anos com o intuito de angariar fundos para uma Associação Monegasca que tenta encontrar uma cura para a distrofia muscular de Duchenne, uma doença degenerativa para a qual infelizmente ainda não existe cura. 99% das receitas fluem assim diretamente para o esforço de encontrar uma cura para esta doença que afeta essencialmente jovens. Não é, pois, de estranhar o empenho das mais diversas marcas de primeira linha ao propor peças que gerem um elevado interesse.

Viajantes no tempo

HISTÓRIAS – Viajantes do Tempo

A relojoaria sempre esteve na vanguarda da exploração — tanto no acompanhamento de expedições que desbravaram novas fronteiras como no desbravamento de novas soluções técnicas na arte de medir o tempo. Mas houve muitos protagonistas históricos e fundadores de marcas relojoeiras que foram ainda mais além, assumindo eles próprios o papel de pioneiros, colonos e povoadores.

Entrada_CT

PONTO de VISTA – Afinal, qual é a sua tribo?

Se gosta de relojoaria mecânica existe uma boa probabilidade de gostar também de tudo o que envolva motores, o resultado de associarmos engrenagens, óleos, combustíveis (de preferência com um índice de octano elevado), válvulas, pistões, etc, etc… O tipo de pessoa, afinal, a quem os britânicos gostam de chamar de “Petrol head”… cabeça de gasolina… para ser mais preciso!

Galeria Entrada

NOVIDADES – Baselworld 2017: os pormenores que fazem a diferença

Há muito mais para descobrir, mas compilámos em galeria alguns pormenores que nos fazem realmente suspirar. Seja de ordem técnica ou de ordem estética, a relojoaria faz-se de pequenos detalhes, com a nota de que o poder criativo das marcas é cada vez mais impressionante. Imaginação não falta, soluções originais também não. Esta é, sem dúvida, uma galeria para crescer e para revisitar. 

Independentes: MB&F

HISTÓRIAS – Independentes: movimento alternativo

EdT56 — As marcas e os criadores independentes têm vindo a afirmar-se entre as vedetas dos grandes certames relojoeiros ao longo da última década — desde Baselworld ao SalonQP. A partir deste ano, o Salon International de la Haute Horlogerie também lhes abriu as portas. Por que razão são eles tidos em alta estima pela crítica e pelos colecionadores? Como conseguem sobreviver numa conjuntura de recessão dos mercados relojoeiros? Aqui fica o ponto da situação.

GPHG 2016

PONTO de VISTA – GPHG 2016: Liberdade, Igualdade, Fraternidade

Em Genebra — O mote da República Francesa pode servir bem para definir a 16.ª edição do Grand Prix d’Horlogerie de Genève — realizado não muito longe da fronteira com a França. Foi a relojoaria suíça que dominou, mas houve alguns intrusos e, sobretudo, viu-se mais uma vez os jovens independentes libertarem-se das suas restrições para se equipararem às históricas manufaturas. A Girard-Perregaux e a Piaget bisaram, mas as melhores histórias da noite tiveram a ver com a reaparição de Jack Heuer, a igualdade promovida por Max Büsser e a fraternidade dos irmãos Gronefeld.

GPHG 2016

ATUALIDADES – GPHG 2016: Ferdinand Berthoud conquista Aiguille d’Or

O Ferdinand Berthoud Chronomètre Ferdinand Berthoud FB 1 foi o grande vencedor do Grand Prix d’Horlogerie de Genève 2016 — ao ter sido ontem distinguido com o Aiguille d’Or. Este relógio está disponível em ouro rosa e cerâmica e em ouro branco e titânio, tendo sido esta última versão a conquistar o galardão. O Chronomètre Ferdinand Berthoud FB está equipado com o Calibre FB-T.FC, movimento de corda manual com fuso corrente para melhor transmissão da força constante e um turbilhão de baixa frequência com grandes dimensões. Mas aqui fica a listagem de todos os vencedores.

SIHH Carré des Horlogers

PONTO de VISTA – Carré des Horlogers: combinação explosiva

EdT54/ em Genebra — A relojoaria de prestígio tem-se declinado cada vez mais em dois campos bem distintos: o das históricas manufaturas tradicionais e o das emergentes marcas independentes. A nova configuração do recente Salon International de la Haute Horlogerie foi um excelente exemplo dessa polarização e emprestou ao certame uma dinâmica bem diferente. Eis a necessária avaliação de um tema cada vez mais atual na atualidade relojoeira.

WPHH_2016_01

NOVIDADES – Começou a ‘Semana Maravilhosa’

Em Genebra — Já está em curso o que se designa por ‘Geneva Wonder Week’, a semana maravilhosa que reúne anualmente em Genebra algumas das mais representativas marcas do universo relojoeiro. O Salão International da Alta Relojoaria arrancou hoje no Palexpo, mas neste passado fim-de-semana já houve novidades apresentadas noutros pontos da cidade, nomeadamente na World Presentation of Haute Horlogerie do Grupo Franck Muller.

Watchstars_1

ATUALIDADES – Watchstars Awards 2015-2016: os cinco eleitos

Foram anunciados os galardoados com os Watchstars Awards 2015-2016, uma distinção que teve este ano a sua segunda edição. Enquanto iniciativa levada a cabo pelo Ebner Publishing Group que inclui as publicações WatchTime e Chronos and Uhren Magazine, os prémios são atribuídos por um painel de júri independente que conta com 7o membros. Qualquer relógio pode ser eleito, independentemente da marca, da dimensão e do país de origem, já que não é necessária uma submissão.