Tissot

ch24pl_zegarekroku2017_2

ATUALIDADES – Relógios do Ano: primeiro sopro de Leste

Já começou a caça ao troféu, com a atribuição dos primeiros galardões de Relógio do Ano. Já se sabe que à partida para o último trimestre há sempre várias eleições e múltiplos prémios um pouco por esse mundo fora e a Espiral do Tempo está associada a algumas iniciativas. Recordamos a mais recente ocorrida na Polónia e projetamos as que estão para chegar.

ZegarekRoku

RECOMENDADO – O Relógio do Ano pelo ch24.pl

Com a entrada no outono e no último trimestre, começam a surgir os resultados das diversas eleições de Relógio do Ano 2017 (Zegarek Roku 2017) – e a primeira a ser conhecida é a iniciativa promovida pelos nossos amigos da ch24.pl na Polónia, Tomasz Kiełtyka e Łukasz Doskocz, que conta com um elemento da Espiral do Tempo entre o júri. Principal destaque: o triunfo do notável conceito Singer Reimagined dotado do novo calibre cronográfico do mestre Jean-Marc Wiederrecht!

Cronica_Hubert_SIHH_01

PONTO de VISTA – #SpeedyTuesday

Em Genebra – Afirma-se que a história se repete. No entanto, se há uma história que a indústria relojoaria suíça não quer ver repetida é a mudança de paradigma que a tecnologia quartzo impôs nos anos 70. Nessa altura, centenas de pequenas e médias empresas produziam milhões de relógios mecânicos, exportando-os para os quatro cantos do Planeta.

TAG Heuer Carrera Connected

PONTO de VISTA – Ir ao bolso

EdT56 — Mais um mito do eterno retorno: antes, para se ver as horas era necessário recorrer aos relógios de bolso; agora, a nova geração também vai ao bolso para ver as horas no seu smartphone. Poderão os novos smartwatches inverter essa tendência? A relojoaria tradicional agradece…

ET52_Carlos_Barbosa_destaque

ENTREVISTA – Carlos Barbosa

EdT52 — Homem de muitas e intensas paixões, Carlos Barbosa terá sido, provavelmente, um dos maiores colecionadores de relógios a nível europeu. Uma paixão partilhada com aquela que tem pelo mundo automóvel e que vai desde o colecionismo que também faz, até aos lugares institucionais que detém enquanto presidente do ACP e vice presidente da FIA. Dificilmente haverá alguém mais competente para falar destes dois mundos que se cruzam na mecânica do coração.