Vacheron Constantin

Correia em pele de cordeiro

PONTO de VISTA | ‘Correia’ com Pele de Cordeiro?

Muito provavelmente, o tema desta crónica deveria ter sido escrita pelo meu amigo e colega Miguel Seabra. Afinal, é ele o strapaholic, como tão bem confessou na sua recente crónica sobre a correia/bracelete, este importante elemento que mantém os relógios que gostamos bem seguros nos nossos pulsos.

forma destaque

NOVIDADES | SIHH 2018: Regresso em… forma?

Em Genebra/ Aqui e ali, sentiu-se no Salon International de la Haute Horlogerie uma pequena reação à hegemonia dos relógios redondos que tão fortemente tem caraterizado a relojoaria dita mainstream no decurso da presente década. Passamos em revista alguns dos modelos interessantes ditos ‘de forma’ que foram desvelados na semana passada.

Vacheron Constantin Metiers d'Arts Aérostiers | © Espiral do Tempo

NOVIDADES | SIHH 2018: Vacheron Constantin Métiers d’Art ‘Les Aérostiers’

A Vacheron Constantin apresentou uma série de relógios inspirados pela ancestral arte do balonismo, que recupera o imaginário associado às origens desta forma fascinante de conquistar os céus. Concebidos à mão e integrados na coleção Métiers d’Art, são cinco os novos instrumentos do tempo que se distinguem entre eles pela especificidade do mostrador e pelas diferentes cores. A palavra “Aérostiers” significa “aeróstatos” em português, daí o nome da nova série.

entrada

NOVIDADES | SIHH 2018: A nossa escolha do dia 1 ( A.Lange & Söhne, Baume & Mercier, Jaeger-LeCoultre e Vacheron Constantin)

Em Genebra/ O Salon International de la Haute Horlogerie 2018 abriu ontem as suas portas e nós andamos deslumbrados com algumas das novidades. Fizemos assim uma seleção dos modelos que mais nos chamaram a atenção durante o primeiro dia, com especial destaque para a nova coleção Polaris da Jaeger-LeCoultre e o novo Triple Split da A.Lange & Söhne que têm dado que falar. Aqui ficam as nossas escolhas do dia.

Vacheron Constantin Overseas Dual Time DESTAQUE

NOVIDADES | Pré-SIHH 2018: Vacheron Constantin Overseas Dual Time (mais uma variante ultramarina)

A nova geração de celebrada linha Overseas foi apresentada pela Vacheron Constantin em 2016, arrancando logo com 12 referências. Na Dubai Watch Week tivemos a oportunidade de, em antevisão, ver alguns novos modelos que estarão em destaque na próxima semana – no Salon International de la Haute Horlogerie. Como o Overseas Dual Time. Aqui fica a história do Overseas e a apresentação do novo modelo.

Última hora

SUGESTÕES | Guia de última hora (há sempre tempo…)

Peguemos em clichés que agora até dão jeito: os portugueses são conhecidos pela cultura do desenrasca, pelo”vão sem mim que eu vou lá ter”*, por chegarem atrasados aos eventos e pelos eventos que não começam à hora marca. São também conhecidos pelo adiar das obrigações, que passa por, por exemplo, por arrumar tudo muito bem antes de fazer o que se tem de fazer para depois deixar para amanhã o que se teria de fazer hoje. E, no seguimento, o deixar as “coisas” para o fim, o que inclui, claro, compras de última hora, principalmente em épocas simbólicas e de grande azáfama, como o Natal. Mas nós, solidários com os portugueses (afinal também o somos), preparámos uma listagem de última hora de relógios como sugestões de prenda. Segmentamos por preços, para facilitar o trabalho.

Historiques Triple Calendrier - destque

NOVIDADES | Vacheron Constantin Historiques Triple Calendrier 1942 e 1948

A Vacheron Constantin apresentou recentemente dois novos modelos Historiques que reinterpretam a estética dos relógios dos anos 40. Mas não só de aspetos estéticos se trata. É que ambos os modelos lançados – o Historiques Triple Calendrier 1942 e o Historiques Triple Calendrier 1948 – recuperam também uma complicação que era típica da marca nessa mesma época: o triplo calendário.

Chopard L.U.C Full Strike

ATUALIDADES | GPHG 2017: Chopard L.U.C Full Strike conquista Aiguille d’Or

O Chopard LUC Full Strike foi o grande vencedor da edição de 2017 do Grand Prix d’Horlogerie de Genève — ao ter sido distinguido com o prémio Aiguille d’Or. Depois de, em 2016, Karl-Friedrich Scheufele ter levado para casa o mesmo galardão com o seu Ferdinand Berthoud Chronomètre Ferdinand Berthoud FB 1, o co-presidente da Chopard volta a mostrar que, no domínio da relojoaria, o ser fiel  às suas convicções e aos valores da sua marca faz realmente a diferença. O L.U.C Full Strike é o primeiro repetição de minutos da Chopard e  surpreende pelo conjunto de inovações técnicas — entre elas os gongos de safira, numa construção inédita que garante um som puro e cristalino. Não poderia haver momento mais simbólico para esta vitória: o L.U.C Full Strike foi apresentado ao mundo há um ano, precisamente. Mas há mais vencedores no âmbito do GPHG 2017. Por isso e antes do habitual rescaldo, deixamos a listagem dos distinguidos.