fbpx
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages

IPR – Instituto Português de Relojoaria: de entusiastas para entusiastas

Foi ontem anunciado o IPR – Instituto Português de Relojoaria, Lda. que tem como objetivo aproximar o mundo da relojoaria e entusiastas de modo prático e efetivo. Esta iniciativa pretende arrancar já em 2021 com um curso de formação em bases de relojoaria. Um projeto em andamento sobre o qual vale a pena saber mais.

O ano de 2020 despede-se com a notícia da fundação do IPR – Instituto Português de Relojoaria, Lda, uma organização criada recentemente por entusiastas para entusiastas.

No mundo da relojoaria existem diferentes tipos de entusiastas. Aqueles que vibram apenas com o lado estético dos relógios, aqueles que têm um fraquinho especial pelo lado mais técnico e mecânico e aqueles que se deixam levar por ambas as vertentes. Há também quem aprecie uma boa história e quem valorize muito o legado de uma marca. Mas independentemente das razões que levam cada um a gostar de relojoaria, a verdade é que o entusiasmo por este mundo tem vindo a sentir-se cada vez mais – muito graças também à disseminação de informação e acesso fácil ao conhecimento através da Internet. Perante esta realidade, o IPR surge como mais uma forma de garantir informação e formação sobre relojoaria, numa aposta diferenciada e de cariz mais especializado, pensada para todos.

Instituto Português de Relojoaria
A Reparar o Tempo é o local onde vai decorrer o curso ‘Alfaiates do Tempo’ © IPR

Para Nuno Lopes Margalha, fundador do IPR, os objetivos estão bem claros: «Ensinamos relojoaria. Queremos formar os nossos profissionais, tal como os apaixonados por relojoaria, para que seja possível criar uma identidade relojoeira portuguesa. Fundámos o Instituto Português de Relojoaria para seguir este caminho. Não sentimos extrema urgência nos nossos planos, mas temos consciência que o número de relojoeiros e de mestres relojoeiros está a reduzir rapidamente, e com eles os seus conhecimentos. Escolhemos fazer um Instituto para reforçar a ideia da formação e da organização do conhecimento, é isso que os institutos fazem. Pretendemos desta forma aproximar os relojoeiros dos utilizadores finais e entusiastas. No fundo, organizamos conhecimento acerca da relojoaria e entregamo-lo a quem tiver interesse em recebê-lo. Neste momento, como o projeto se encontra em fase de arranque, estamos abertos para debater qualquer proposta de colaboração.»

Instituto Português de Relojoaria
A Reparar o Tempo é o local onde vai decorrer o curso ‘Alfaiates do Tempo’ © IPR

O primeiro projeto pretende arrancar já em 2021 com um curso de formação em bases de relojoaria intitulado «Alfaiates do Tempo». Com 12 meses de duração e uma frequência quinzenal (presencial e online) o curso terá como formadores os mestres relojoeiros Américo Henriques e Paulo Anastácio – nomes bem conhecidos no âmbito da comunidade formadora de relojoaria em Portugal – e garante um certificado de presença. A ideia passa por dar formação sobre relojoaria, num horário compatível com a vida familiar e profissional. Para que tal possa acontecer sem restrições, todos os formandos inscritos irão receber no início do curso uma mala de ferramentas profissionais selecionadas pelos formadores. E é importante destacar aqui um ponto: não é necessário ter qualquer formação prévia. O que conta na fase inicial é mesmo o gosto por relojoaria e vontade de aprender, mas os lugares são limitados a 10 pessoas. Os formandos iniciam o curso com um mecanismo de relógio e terminam com um relógio construído por si próprios, através de sessões teóricas e práticas. As sessões presenciais irão decorrer na oficina relojoeira Reparar o Tempo e o IPR conta organizar no futuro uma formação certificada para relojoeiros, mantendo em paralelo a formação «Alfaiates do Tempo».

Mas há mais para saber sobre esta nova plataforma dedicada à transmissão de conhecimento relojoeiro. Com o lançamento do site, no qual se pretende também apresentar informação geral e específica sobre relojoaria, foi já disponibilizado um Directório Nacional de Relojoeiros onde é possível consultar uma lista de relojoeiros por localidade e serviços prestados.

Por outro lado, destaque para o Clube IPR dirigido a todos aqueles que querem pertencer à família do Instituto. Os sócios do Clube IPR têm acesso às sessões «World Time», uma iniciativa que compreende eventos online mensais, durante as quais serão entrevistadas personalidades de destaque do mundo da relojoaria. O convidado da sessão online inaugural, ainda com data a confirmar, é Marco Borracion, CEO e diretor criativo da Singer Reimagined.

O Clube IPR garante ainda descontos nos serviços oferecidos por relojoarias parceiras.

Estes surgem assim como os primeiros passos deste novo e entusiasmante projeto associado à relojoaria.  Aconselhamos uma visita ao site oficial do IPR para mais informações.

Outras leituras