GPHG 2024: Academy e novidades

A 24ª edição do Grand Prix d’Horlogerie de Genève já tem data marcada. A cerimónia vai decorrer no dia 13 de novembro de 2024, no Théâtre du Léman, em Genebra. A organização já divulgou alterações nas categorias e anunciou os membros da Academia que nomeiam os grandes finalistas.

Tudo a andar rumo ao Grand Prix d’Horlogerie de Genéve 2024 (GPHG). Numa altura em que nos aproximamos do Watches and Wonders – o grande evento de apresentação das grandes novidades da relojoaria -, temos já informações relativas à iniciativa que pode ser equiparada aos ‘Óscares’ do setor.

A organização do GPHG 2024 divulgou os membros que integram a Academy, num alargamento considerável que pretende refletir o compromisso do GPHG em reunir todas as partes interessadas experientes que querem ajudar a promover a relojoaria, bem como o seu desejo de abertura às gerações mais jovens.

O típico cenário de cerimónia do Grand Prix d’Horlogerie de Genève | Foto: cortesia GPHG

A Academia desempenha um papel fundamental no funcionamento do GPHG. Os seus membros nomeiam anualmente os seis relógios que irão competir em cada categoria e também escolhem os vencedores juntamente com o Júri específico, ele próprio inteiramente formado pela Academia. Criada em 2020, esta comunidade de especialistas e entusiastas da relojoaria tem vindo a crescer de ano para ano, através de um processo de cooptação que faz com que seja atualmente composto por 960 membros, que são agora apresentados no site oficial da iniciativa.

GPHG 2022: momento da entrega do Prémio Revelação a Sylvain Pinaud pelo seu Origine e Max Büsser, vencedor do prémio principal desse ano, carregado pelos irmãos Tim e Bart Grönefeld | Foto: Miguel Seabra / Espiral do Tempo

Por outro lado, há mais novidades. Procurando destacar a relojoaria contemporânea através de novos prémios e foco na sustentabilidade, a edição de 2024 vai contar com novos prémios e algumas alterações. Assim, destaque para a introdução da categoria ‘Time Only’, aberta a relógios clássicos com dois ou três ponteiros e sem complicações, ao passo que a categoria ‘Relógio Mecânico’ (que excluía relógios de pulso) fará uma pausa em 2024, dando aos relojoeiros tempo para desenvolver novas criações.

O Code 11.59 Ultra-Complication Universelle RD#4 da Audemars Piguet levou para casa o principal prémio: o Aiguille d’Or | Imagem: Audemars Piguet

Já a categoria ‘Petite Aiguille’ será agora aberta a relógios com preço de retalho entre os 3000 e os 10.000 CHF (anteriormente incluía relógios entre os 2000 CHF e os 8000 CHF), e a categoria ‘Challenge’ passa a ser destinada a relógios com preço abaixo dos 3000 francos suíços (anteriormente incluía relógios abaixo dos 2000 CHF). Por sua vez, o prémio ‘Inovação’ dará lugar ao prémio Ecoinovação, atribuído a um dos 90 relógios concorrentes que apresentem desenvolvimentos relojoeiros com ênfase especial na sustentabilidade e na rastreabilidade.

A 24.ª cerimónia do Grand Prix d’Horlogerie de Genève vai decorrer no dia 13 de novembro de 2024 (quarta-feira), no Théâtre du Léman, em Genebra. Em 2023, o Code 11.59 Ultra-Complication Universelle RD#4 da Audemars Piguet levou para casa o principal prémio: o Aiguille d’Or.

Foto de entrada: cortesia GPHG 2023

Outras leituras