Sinn U50 e a técnica profissional alemã

Entre as novidades de 2024 lançadas pela Sinn encontram-se quatro modelos de mergulho U50. Fomos estudar as suas valências para reforçar a excelência dos instrumentos para profissionais com o cunho germânico.

A Sinn é uma marca alemã que permanece relativamente pouco conhecida em Portugal, mas que goza de uma excelente reputação entre os aficionados puros e duros da relojoaria. E representa praticamente tudo aquilo que é de esperar de um excelente produto germânico, com todos os tradicionais clichés que lhe estão associados — engenharia, fiabilidade, qualidade, longevidade, vorsprung durch technik e tudo o mais. Foi fundada em 1961 pelo piloto Helmut Sinn e especializou-se precisamente em instrumentos do tempo destinados a profissionais, desde pilotos a mergulhadores e com especial incidência nas forças militares.

Sinn U50 e a técnica profissional alemã 7
Sinn U50 e a técnica profissional alemã 8
A linha U50 (nas imagens, o U50 Hydro SDR) está especialmente vocacionada para o mergulho | Fotos: cortesia Sinn

Sendo uma marca de raiz alemã e operando segundo vários desenvolvimentos especificamente germânicos, desde o início que recorreu à especialização suíça para a motorização dos seus relógios. E estabeleceu parcerias com importantes marcas do contexto relojoeiro, como a Heuer, antes da fusão que deu origem à TAG Heuer (especialmente para o fabrico dos relógios militares Heuer/Sinn Bundeswehr dos anos 60 e 70), e a Bell & Ross, para quem desenvolveu os primeiros modelos ditos ‘para profissionais’. Em 1994, Helmut Sinn vendeu a sua companhia ao engenheiro Lothar Schmid — que se mantém à frente dos destinos da marca de Frankfurt, preservando o ADN relacionado com a matriz de relógios especiais (o lema é ‘Spezialuhren zu Frankfurt am Main’) e abrindo o catálogo para uma vertente um pouco mais civil.

Sinn U50 e a técnica profissional alemã 2
Sinn-U50-e-a-tecnica-profissional-alema-6
O U50 Hydro com caixa e bracelete em aço de tratamento antirrisco Tegiment | Fotos: cortesia Sinn

A linha U50

Quatro novos modelos U50 de mergulho encontram-se entre as novidades de 2024 já anunciadas pela Sinn — o U50 S L com mostrador luminescente e três variantes do U50 Hydro. Todos eles com a tradicional coroa de rosca às 4 horas patente nos relógios de mergulho da Sinn (para evitar pressão suplementar sobre a mão), todos eles com luneta dotada de sistema de fixação, todos eles com caixas fabricadas a partir do chamado ‘aço de submarino alemão’ (desenvolvido para ser utilizado em água salgada e de propriedades antimagnéticas), todos eles com um tratamento de superfície específico da Sinn denominado Tegiment (que torna as caixas e as braceletes antirrisco), todos eles com calibres suíços, todos eles extensivamente testados e certificados (pela DNV, uma empresa de certificação independente).

Sinn U50 e a técnica profissional alemã 11
A forte luminescência no mostrador do U50 S L | Foto: cortesia Sinn

O U50 S L destaca-se pela aura escurecida da sua estrutura, que contrasta com um mostrador claro e uma escala na luneta que se tornam altamente luminescentes em precárias condições de luz. A caixa de 41mm e a bracelete, ambas em German Submarine Steel, receberam um tratamento Black Hard Coating com o reforço da tecnologia Tegiment. Estanque a 500 metros, o U50 S L utiliza um calibre de corda automática SW 300-1 está limitado a 500 exemplares.

Sinn-U50-e-a-tecnica-profissional-alema-12
O U50 S L está disponível com bracelete metálica ou bracelete em cauchu | Foto: cortesia Sinn
Sinn U50 e a técnica profissional alemã 13
O perfil dos modelos U50 inclui a caraterística coroa às 4 horas | Foto: cortesia Sinn

Trio Hydro

Quanto ao triunvirato U50 Hydro, igualmente com 41mm de diâmetro, difere entre si nos diferentes tipos de acabamento e baseia-se na tecnologia Hydro estreada pela Sinn em 1996; tem a ver não só com uma legibilidade perfeita mesmo debaixo de água e antirreflexo a partir de qualquer ângulo de visão (impedindo o feito espelhado), mas sobretudo o impedimento de qualquer formação de condensação no interior da caixa devido à mudança brutal de temperatura (do frio para o calor e vice-versa, de -20º para +60º)… graças à inclusão de um fluído cristalino que preenche o espaço entre o mostrador e o vidro que normalmente é ocupado por ar. Sem esquecer uma reforçada estanqueidade até aos 5000 metros de profundidade.

Sinn-U50-e-a-tecnica-profissional-alema-4
A tecnologia Hydro integra um fluído no mostrador para melhor visibilidade em condições extremas | Foto: cortesia Sinn
Sinn U50 e a técnica profissional alemã 14
O U50 Hydro SDR com bracelete em cauchu e em tela resistente | Fotos: cortesia Sinn

A diferença entre os três tem a ver com o respetivo visual: o U50 Hydro com um look em aço, o U50 Hydro SDR em aço com luneta preta e o U50 Hydro S totalmente preto. Podem ser conjugados com braceletes metálicas condizentes com o acabamento da caixa, com bracelete de silicone vermelha ou branca a condizer com os destaques do mostrador e com uma bracelete preta têxtil de elevada resistência. Consoante o acabamento da caixa e a escolha da vestimenta, os preços vão dos 2.150 euros aos 3.010 euros.

Sinn-U50-e-a-tecnica-profissional-alema-v1
O novo trio de propostas U50 Hydro | Foto: cortesia Sinn

O triunvirato é motorizado por um movimento Ronda de quartzo de alto rendimento, já que a tecnologia Hydro com fluído no mostrador não pode ser utilizada com calibres mecânicos (a oscilação do balanço seria afetada); mas trata-se de um calibre de elevado rendimento com função EOL (End Of Life) que impede que pare de repente por falta de bateria e particularmente imune às mudanças de temperatura.

Sinn-U50-e-a-tecnica-profissional-alema-15
U50 Hydro com o seu visual full steel | Foto: cortesia Sinn
Sinn-U50-e-a-tecnica-profissional-alema-5
O U50 Hydro S de caixa escurecida com bracelete branca contrastante | Foto: cortesia Sinn

Helmut Sinn morreu em 2018, aos 102 anos. Tal como os seus relógios, durou muito tempo e sempre com qualidade — continuando a prestar serviços enquanto consultor na indústria relojoeira. Basta olhar para o catálogo da Sinn para constatar a filosofia da sua marca e a força do seu legado, sabiamente gerido por Lothar Schmidt.

Outras leituras