fbpx
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Hermès H08

Já se sabia que uma casa com o estatuto da griffe parisiense não deixaria nada ao acaso no lançamento de uma nova linha relojoeira. Moderno e desportivo, mas com materiais de ponta e acabamentos de prestígio: o novo H08 da Hermès é um todo-o-terreno de visual singular e tipografia exclusiva.


Artigo originalmente publicado no número 77 da Espiral do Tempo (inverno 2021) e aqui complementado com fotografias exclusivas.


Qualquer companhia relojoeira almeja conceber um relógio capaz de atingir o estatuto de ícone e com um design tão marcante que seja facilmente reconhecível à distância. A Hermès pode muito bem ter conseguido isso, com o seu H08: é diferente, versátil e decididamente cool, tendo imediatamente seduzido a crítica pela sofisticada simplicidade das suas soluções técnicas e estéticas. Já se sabia que uma casa com o estatuto da griffe parisiense não deixaria nada ao acaso no lançamento de uma nova linha relojoeira sobretudo tratando-se de uma gama desportiva, numa era em que os luxury sports watches estão na ribalta – e o H08 preenche todos os requisitos para se tornar num futuro clássico, mesmo afastando-se dos modelos mais elegantes da Hermès, sem perder o ADN da marca.

Detalhe da caixa do Hermès H08
| © Paulo Pires / Espiral do Tempo

A caixa de forma dá-lhe imediatamente carisma num universo dominado por relógios redondos. A nomenclatura surge bem refletida na composição, muito marcada estilisticamente pelo 0 (zero) e pelo 8: há círculos dominantes e curvas vincadas, em contraste com aspetos mais lineares que equilibram o conjunto. A utilização de componentes vanguardistas nos cinco modelos já desvelados acentua a sua vocação mais desportiva; é o caso do H08, com sua a caixa que alterna titânio de habitual tonalidade cinzenta com titânio tornado preto pelo tratamento DLC (Diamond Like Carbon). O mostrador com apontamentos em níquel mantém um bicromatismo escuro avivado pela bracelete de cauchu; a cor laranja oferece o contraste ideal e combina com a extremidade dos ponteiros dos segundos.

Detalhe da caixa e bracelete de borracha do Hermès H08
| © Paulo Pires / Espiral do Tempo

Ergonomia sem género

A caixa de 39mm por 39mm apresenta-se com um tamanho e uma ergonomia capazes de satisfazer qualquer pulso, afigurando-se como o perfeito exemplo de relógio gender neutral… mesmo que a Hermès o posicione claramente no universo masculino, embora tenha sido criado sob a supervisão de uma mulher (a diretora artística Véronique Nichanian). O Calibre H1837 de base Vaucher é de corda automática.

Verso de caixa com movimento do Hermès H08
| © Paulo Pires / Espiral do Tempo

Fonte luminosa

O cuidado da Hermès com a linha H08 e o investimento na mesma foram até ao ponto de ser criada uma nova tipografia especificamente para os algarismos árabes (aplicados e recheados de matéria luminescente) condizente com o formato da caixa. Até o contrapeso do ponteiro dos segundos evoca a quadratura do círculo. A força da solução gráfica é tal que a fonte contribui decisivamente para a estética global do relógio.

Mostrador do Hermès H08
| © Paulo Pires / Espiral do Tempo

Moderno e desportivo, mas com materiais de ponta e acabamentos de prestígio: o novo H08 da Hermès é um todo-o-terreno de visual singular e tipografia exclusiva.


Características técnicas

Hermès
H08

Ano de lançamento | 2021

Referência | W049430WW00

Movimento | Mecânico de corda automática. Calibre Hermès H1837. 50h de reserva de corda, 28.800 alt/h, 28 rubis.
Funções | Horas, minutos, segundos e data.
Caixa 39 x 39 mm | Titânio. Vidro de safira com tratamento antirreflexo. Fundo com vidro de safira escuro. Estanque até 100 metros.
Bracelete | Borracha com fecho de báscula em titânio.
Preço | Sob consulta.

Hermès H08 visto de frente num fundo branco
Hermès H08 | © Hermès

Visite o site oficial da Hermès para mais informações.

Outras leituras