fbpx
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Junghans e o 160.º aniversário com edições especiais

Fundada em 1861 e em tempos considerada a maior companhia relojoeira do mundo, a Junghans celebra o seu 160.º aniversário com uma série de edições especiais, entre elas algumas especialmente alusivas à sua história.

De 1861 a 2021: fundada em Schramberg, numa zona da Floresta Negra há muito conhecida pelos seus relógios de cuco, a Junghans é uma das mais tradicionais companhias relojoeiras alemãs e em 1903 chegou mesmo a tornar-se no maior fabricante de relógios do mundo e empregou mais de 3000 colaboradores. Este ano comemora o seu 160.º aniversário com uma série de edições limitadas destinada a celebrar a efeméride e um novo mote: «Criando tempo — ontem, hoje e para as gerações quer se seguem». Um lema que visa reforçar a paixão, o design, a qualidade e a competência tecnológica inerentes à casa fundada pelos cunhados Erhard Junghans e Jakob Zeller-Tobler.

O percurso da Junghans e a história da relojoaria da Floresta Negra está patente no Terrassenbau, o edifício dos primórdios da marca, transformado em museu | © Junghans


Ao longo da sua história, a Junghans desenvolveu uma grande variedade de modelos e opções alimentadas por movimentos mecânicos ou de quartzo — sem esquecer a invenção do primeiro relógio de pulso controlado por rádio, em 1990; essa tecnologia, em combinação com o sistema ecológico de energia solar, ainda hoje é aplicada e reforçada com o lançamento da coleção Mega. A marca germânica também é sobejamente reconhecida pela histórica associação a Max Bill, que nas décadas de 50 e 60 preconizou um minimalismo que reforçou o culto do movimento Bauhaus e se transformou no fio condutor da linha que a Junghans ainda hoje dedica ao arquiteto e designer industrial suíço.

O rico percurso de mais de século e meio da Junghans e a própria história da relojoaria da Floresta Negra está atualmente patente no Terrassenbau, o emblemático edifício estratificado dos primórdios da marca que entretanto foi transformado em museu. Entre os diversos lançamentos deste ano, há três edições especiais muito associadas ao passado, ao presente e ao futuro que a Junghans quer para si.


Meister Signatur Handaufzug Edition 160



Para comemorar a sua história numa edição de aniversário, a Junghans optou por se inspirar na década de 50 do século XX para criar o Meister Signatur Handaufzug Edition 160 — que é muito mais do que uma reedição, já que é alimentado por um calibre vintage da marca que foi desmontado, recuperado com plaqué em ouro rosa e assemblado para cumprir os mais elevados requisitos de qualidade.

Junghans Meister Signatur Handaufzug Edition 160_03
Meister Signatur Handaufzug Edition 160 | © Junghans

O Calibre J620 de corda manual apresenta uma autonomia de 45 horas, notável para a sua época de origem, e uma estrutura já pensada para facilitar as suas revisões, podendo ser apreciada através do fundo transparente da caixa em ouro rosa. O visual do Meister Signatur Handaufzug Edition 160 baseia-se num modelo Meister da década de 50 mas com dimensões contemporâneas graças ao elegante diâmetro de 39mm e uma espessura de 10,3mm.

Junghans Meister Signatur Handaufzug Edition 160_02
Meister Signatur Handaufzug Edition 160 | © Junghans

A assinatura no mostrador prateado é uma réplica do logo que se pode descobrir nos relógios dos primórdios da Junghans, no final do século XIX. Trata-se de um relógio pensado para colecionadores e limitado a 160 exemplares, estando disponível a partir de setembro a um preço à volta dos 8.200 euros.

Meister Signatur Handaufzug Edition 160 | © Junghans
Meister Signatur Handaufzug Edition 160 | © Junghans

Algumas características técnicas:

Referência | 27/9103.00
Edição limitada a 160 exemplares
Caixa ø 39mm | Ouro rosa, vidro e fundo em cristal de safira, estanque até 10bar
Movimento | Calibre histórico J620 de corda manual com reserva de corda até 45 horas
Funções | Horas, minutos e segundos.
Correia | Pele com fivela de ouro rosa de 18kt


FORM A Edition 160


O minimalismo inerente ao design industrial alemão e às criações de Max Bill está bem representado nas duas versões do FORM A Edition 160 — uma faz alusão às origens da marca na Floresta Negra através de uma paleta cromática negra e castanha com bracelete evocativa da natureza à volta de Schramberg; a outra apresenta tons vermelhos e cinzentos com uma bracelete feita na tradicional lã das vestimentas locais. Ambas têm a mesma inscrição no mostrador: «Junghans Automatic Black Forest Since 1861».

Junghans FORM A Edition 160_03
Junghans FORM A Edition | © Junghans

A dupla FORM A Edition 160 também pretende seduzir uma nova geração, uma vez que foi pensada para ter uma aparência decididamente contemporânea graças à caixa escurecida por tratamento PVD mate. Os dois modelos, com uma tiragem de 600 exemplares cada, são motorizados pelo Calibre J800.2 de corda automática e estão disponíveis desde junho com um preço ligeiramente acima dos 1000 euros.

FORM A Edition | © Junghans

Algumas características técnicas:

Referências | 27/4132.00 (mostrador preto e correia castanha em pele); 27/4131.00 (mostrador preto, bracelete em cinzenta em tecido)
Ambas as referências são limitadas a 600 exemplares
Caixa ø 39,3mm | Aço com revestimento PVD preto mate, fundo personalizado com motivo impresso ‘Floresta Negra’, estanque até 5 bar
Movimento | Corda automática Calibre J800.2 com reserva de corda até 38 horas
Funções | Horas, minutos, segundos e data
Bracelete | Pele ou tecido com fivela em aço revestido a PVD

Junghans FORM A Edition | © Junghans
Junghans FORM A Edition | © Junghans

Meister Gangreserve Edition 160



Para mostrar o futuro da Junghans, a marca de Schramberg escolheu uma edição especial do Meister Gangreserve mergulhando também no seu passado: o primeiro modelo dotado de um indicador de reserva de marcha remonta aos anos 50 e a janela no mostrador com um indicador colorido permite ao utilizador saber quando é necessário voltar a dar carga ao relógio.
As três versões comemorativas foram pensadas para satisfazer todos os gostos.

Junghans Meister Gangreserve Edition 160_02
Meister Gangreserve Edition 160 | © Junghans

Há uma variante em aço com bracelete de aço a condizer, acompanhada por um mostrador prateado e um indicador verde de reserva de corda. Há uma versão mais desportiva com caixa em aço e mostrador azulado acompanhados de uma correia de pele. E há uma terceira variante mais formal, com revestimento dourado em PVD que acompanha um mostrador branco mate.

Meister Gangreserve Edition 160 | © Junghans


Dentro da caixa de 40.4mm x 11.1mm bate o Calibre J810.2 de corda automática com 42 horas de autonomia. É um relógio um pouco maior do que as versões normais Meister Automatic, mas com um design mais moderno e depurado. O vidro de safira convexo reforça a fluidez do design. O Meister Gangreserve Edition 160 está limitado a 600 peças em cada uma das versões e surge disponível a partir de agosto com um preço entre os 1400 e os 1500 euros.

Algumas características técnicas:

Referências | 27/4114.02 (mostrador azul e caixa em aço); 27/7113.02 (caixa com revestimento PVD dourado); 27/4112.46 (caixa e bracelete em aço)
Caixa ø 40,4mm | Aço e aço com revestimento PVD dourando, consoante a versão, estanque até 5bar
Movimento | Corda automática Calibre J810.2 com reserva de corda até 42 horas.
Funções | Horas, minutos, segundos, data e indicação de reserva de corda.
Bracelete | Pele com fivela em aço e metálica, em aço (consoante a versão)

Visite o site oficial da Junghans para mais informações

Outras leituras