fbpx
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Novidades Panerai com tónica ecológica e força náutica

A Panerai manteve uma forte preocupação ecológica nos seus lançamentos de 2021, apresentou alguns produtos inéditos e anunciou novas parcerias de relevo. Aqui fica um resumo das principais novidades da marca, entre modelos clássicos, colaborações futuristas e exercícios de inspiração rétro.

Sob a batuta do dinâmico Jean-Marc Pontroué, a Panerai manteve em 2021 o ímpeto que já vinha revelando nos últimos anos — navegando entre o passado vintage e o futuro dos materiais ino, reforçando a sua política ecológica e anunciando novas parcerias.

Ainda esta semana, a Panerai estabeleceu um compromisso com a Razer (marca líder global de referência para jogadores) para a preservação dos oceanos, comprometendo-se a melhorar a literacia oceânica e apoiando uma causa em conjunto que será revelada em 2022; inevitavelmente, e em resultado da colaboração, será desvelado um relógio de edição limitada a partir de material sustentável no próximo ano. A apresentação da parceria contou com os embaixadores da marca para o tema da sustentabilidade (o explorador Mike Horn, o empresário Jeremy Jauncey e o ator Li Yifeng) para sensibilizar os espetadores para a proteção marítima — também no âmbito do acordo da Panerai com a UNESCO que visa relevar a importância dos oceanos, alertar para as ameaças ambientais atuais e comunicar soluções para os proteger.

Luminor Marina eSteel Verde Smeraldo | © Panerai

A vocação náutica que a Panerai ostenta desde a sua fundação e a criação de instrumentos para a marinha italiana tornaram lógica a colaboração com a Comissão Oceanográfica Intergovernamental da UNESCO (IOC-UNESCO) para o desenvolvimento de atividades de consciencialização sobre a proteção dos oceanos, no âmbito da Década das Ciências Oceânicas para o Desenvolvimento Sustentável (2021-2030) — mais uma prova de que a sustentabilidade é uma parte essencial dos objetivos da marca. E foi sob o signo da sustentabilidade que a Panerai anunciou no Watches and Wonders dois produtos estratégicos: o Submersible e-LAB-ID e o eSTEEL.

Submersible eLAB-ID e Luminor Marina eSteel

O Submersible e-LAB-ID é um concept watch que apresenta a maior percentagem de material reciclado de todos os tempos — 98,6% do peso total vem de componentes que integram uma alta taxa de materiais reciclados. É mesmo o primeiro relógio a usar Super-LumiNova 100% reciclado, obtido através de um processo de reciclagem de pequena escala que reutiliza resíduos de matéria-prima. Com o Submersible e-LAB-ID, a Panerai propõe-se liderar um movimento para a concepção de relógios com mais responsabilidade ambiental e Jean-Marc Pontroué anunciou mesmo que os fornecedores que contribuíram para a concepção do relógio estarão ao dispor de todas as marcas — mesmo marcas rivais fora do Grupo Richemont, onde se insere a Panerai — que quiserem acompanhá-lo na sua missão.

Panerai Submersible e-LAB-ID
Tão reciclável quão possível: o Submersible e-LAB-ID | © Panerai

O Luminor Marina eSteel é mais um exemplo da forte ideologia ecológica implementada pela Panerai. Composto de materiais recicláveis, o aço eSteel representa mais um importante passo para a redução da extração de matéria-prima e os seus elevados impactos ambientais associados. No total, 89 gramas dos componentes do Luminor Marina eSteel são produzidos a partir de materiais reciclados, que correspondem a 58,4% do peso do relógio (152,4g). A caixa, assim como o mostrador do Luminor Marina eSteel, são concebidos nessa nova liga em aço reciclado.

Panerai Luminor Marina eSteel
As três cores de mostrador (dégradé de cima para baixo) do Luminor Marina eSteel | © Panerai

Dos três modelos Luminor Marina eSteel com mostrador fumé vertical (mais clar em cima, mais escuro em baixo), o Verde Smeraldo tem sido aquele que mais simpatias vem recolhendo por parte dos aficionados — até porque o verde é evocativo da essência militar que carateriza a história da Panerai. O Blu Profondo também tem adeptos, tendo em conta o tom azul marinho.

Luminor Marina eSteel no pulso
Luminor Marina eSteel Blu Profondo | © Susana Gasalho/Espiral do Tempo

A força dos cronógrafos

O ano de 2021 tem sido também um ano relevante para o posicionamento estratégico dos cronógrafos no catálogo da Panerai. A marca começou a desenvolver os seus instrumentos cronográficos no início de 1943 com o projeto Mare Nostrum, um modelo idealizado para os oficiais de convés da Marinha Italiana. Quase oitenta anos depois, a Panerai reforçou a sua coleção de cronógrafos com várias novidades e edições limitadas associadas ao patrocínio do veleiro Luna Rossa, concorrente habitual na prestigiada America’s Cup.

Luminor Chrono PAM01109 e PAM1110 em fundo escuro
Azul ou negro: os Luminor Chrono PAM1110 e PAM01109 | © Panerai

As novidades cronográficas começam com três modelos de base (Luminor Chrono PAM01109, PAM01218 e PAM01110) com o tradicional mostrador do tipo sandwich e a incontornável ponte protetora da coroa no lado direito do mostrador típica da linha Luminor. Os Luminor Chrono distinguem-se pela colocação original à esquerda dos botões do cronógrafo e pelos ponteiros azuis dedicados a essa função; uma escala taquimétrica na orla do mostrador permite o cálculo da velocidade média durante uma distância predefinida, em quilómetros ou milhas. Todos estão equipados com o novo calibre P.9200.

Luminor Chrono PAM01218 em fundo escuro
Mostrador alvo: o Luminor Chrono PAM01218 | © Panerai

O Luminor Chrono Monopulsante GMT leva a sofisticação cronográfica a um patamar mais elevado, graças à funcionalidade assente num único botão do cronógrafo e também ao fuso horário suplementar que o torna ideal para viagens — a par de uma autonomia reforçada com os seus oito dias de reserva de carga indicados de maneira linear no mostrador.

Luminor Chrono Monopulsante GMT Blu Notte PAM1135 em fundo escuro
Um favorito entre as novidades: Luminor Chrono Monopulsante GMT Blu Notte PAM1135 | © Panerai

Submersible Bronzo Blu Abisso

A Panerai foi a principal responsável da utilização moderna do bronze em relógios de marcas ditas mainstream — e as edições ‘Bronzo’ tornaram-se mesmo incontornáveis entre os colecionadores e aficionados. O primeiro modelo da marca em bronze surgiu em 2011, ostentando uma caixa num material fascinante que oxida com o passar do tempo, adquirindo uma pátina que oferece um visual único a cada exemplar.

Submersible Bronzo Blu Abisso em fundo escuro
O Submersible Bronzo Blu Abisso é o quinto exemplar da linhagem Bronzo | © Panerai

O 10º aniversário do primeiro Panerai Bronzo foi celebrado com o lançamento do Submersible Bronzo Blu Abisso — o quinto Bronzo lançado em dez anos, mas o primeiro num diâmetro mais ‘pequeno’ de 42 mm. Trata-se de um tamanho relativamente curto para um Panerai e para os puristas da marca, mas acompanha a tendência atual para formatos contidos e contou com muitos entusiastas.

Submersible Blu Notte

O Submersible Blu Notte é o primeiro Submersible de 42 mm equipado com bracelete em metal. Graças ao sistema intercambiável patenteado pela Panerai, é possível trocar a bracelete sem qualquer esforço. Utilizando a ferramenta disponível, basta pressionar um botão na parte posterior das asas — libertando a pulseira e permitindo a troca rápida em poucos segundos.

Close up do mostrador do Panerai Submersible Blu Notte PAM1068
Submersible Blu Notte PAM1068 e o seu look full metal | © Panerai

Obviamente, o Submersible Blu Notte representa muito mais do que a novidade da bracelete metálica. O mostrador reflete a luz com brilho e responde a todos os movimentos com novas e diferentes tonalidades de azul; para além disso, destaca-se a luneta composta por uma cerâmica azul profunda na mesma tonalidade do mostrador. Destaque também para o calibre P.900, um dos movimentos mais finos entre os que são utilizados pela marca.

Piccolo Due com madrepérola

O Luminor Due é a mais recente linha da Panerai e supostamente também a sua mais fina e versátil — mais urbana e elegante, mantendo as linhas puras e minimalistas do Luminor mas completamente reformuladas. A nova coleção Piccolo Due apresenta um novo design e mostrador em madrepérola que a torna especialmente apetecível para um público mais feminino. As dimensões e características do Piccolo Due Madreperla fazem com que seja extremamente versátil, para mais tendo em conta o sistema Quick Release que permite a troca rápida das novas braceletes (de aligator com variedade de cores para combinações adequadas a qualquer visual).

Mostrador madrepérola do Panerai Piccolo Due Madreperla
Rosto fascinante: o Piccolo Due Madreperla | © Panerai

Com uma caixa de 38mm de diâmetro, a mais pequena de sempre adotada pela Panerai, o Piccolo Due é um marco de elegância graças à prestigiada contribuição conferida pelo Goldtech — uma preciosa liga de ouro resultante de uma percentagem significativa de cobre (24%) e platina (0,4%); para além do seu tom intenso, garante uma elevada resistência à oxidação. O Piccolo Due Madreperla destaca-se obviamente pelo seu mostrador em madrepérola (nenhum mostrador é igual a outro) e é hermético até 30 metros de profundidade.

No pulso: Piccolo Due Madreperla | © Susana Gasalho/Espiral do Tempo

Luminor Perpetual Calendar Goldtech & Platinumtech

Entre as principais novidades da Panerai para 2021 surge também a aplicação de uma tradicional complicação histórica da relojoaria em dois exemplares de cores e materiais diferentes: o Luminor Perpetual Calendar Goldtech e o Luminor Perpetual Calendar Platinumtech, cada um disponível em edições limitadas. Ambos são motorizados pelo novo movimento automático P.4100 com microrrotor e apenas 7mm de espessura. Ajustes intuitivos feitos através da coroa permitem acertar o dia, a data, o mês e o ano — sem o recurso a ferramentas ou corretores e sem qualquer limitação, incluindo os períodos de final de mês e perto da meia-noite. Dois tambores de corda asseguram uma reserva de marcha de três dias.

Luminor Perpetual Calendar Goldtech e o Luminor Perpetual Calendar Platinumtech em fundo escuro
Luminor Perpetual Calendar Goldtech e Luminor Perpetual Calendar Platinumtech | © Panerai

Funções visíveis no mostrador azul (versão Goldtech) ou verde (Platinumtech): minutos, horas, dia, data, segundo fuso horário, indicador AM/PM e pequenos segundos — indicações reduzidas ao mínimo para manter a clareza e simplicidade características do design da Panerai. Apenas a menção ‘Calendario Perpetuo’ revela a complexidade mecânica. Para além do indicador da reserva de marcha, as principais indicações do calendário perpétuo (mês, ano e ano bissexto) encontram-se visíveis através do fundo transparente em vidro de safira.

Submersible S Brabus Black Ops Edition

A Panerai começou o último trimestre com o anúncio bombástico da colaboração com a marca de alta tecnologia Brabus — e, para comemorar o início da parceria, lançou o primeiro movimento esqueletizado automático num relógio inspirado no design dos superbarcos ‘Shadow Black Ops’ da reputada empresa de engenharia de luxo alemã focada em veículos de alto desempenho. A parceria vai juntar o ADN das duas companhias numa série de relógios exclusivos e expandir o alcance e a visibilidade de ambas no mundo da relojoaria e da náutica.

Os superbarcos ‘Shadow Black Ops’ que inspiraram o design do relógio Panerai Submersible S Brabus Black Ops Edition
Os superbarcos ‘Shadow Black Ops’ que inspiraram o design do relógio | © Panerai

«As ideias, materiais e tecnologias das nossas marcas serão um veículo para o desenvolvimento de conceitos ao mesmo tempo disruptivos e espetaculares. Todos estes elementos unem-se para gerar resultados e agregar valor em benefício de nossos clientes, em termos de atendimento, conceitos de vendas e calibres», referiu o CEO da Panerai, Jean-Marc Pontroué.

Submersible S Brabus Black Ops Edition em fundo escuro
Visual hi-tech: o Submersible S Brabus Black Ops Edition | © Panerai

O primeiro resultado da colaboração criativa e apoiada no universo náutico entre a Panerai e a Brabus é o Submersible S Brabus Black Ops Edition (PAM01240), uma edição limitada do Submersible de 47mm que é, ao mesmo tempo, o primeiro relógio Panerai com um calibre automático esqueletizado. A edição limitada de 100 peças recentemente anunciada é o produto de três anos de desenvolvimento — que resultaram num relógio com mostrador de data polarizada patenteada, permitindo a visualização da indicação de data apenas através da abertura às 3 horas sem ocultar a mecânica do movimento esqueletizado. Possui também uma luneta rotativa unidirecional para o cálculo do tempo de imersão, função GMT graças a um segundo fuso horário, indicador AM/PM e reserva de marcha de três dias cujo indicador de disco de vidro de safira é preenchido com Super-LumiNova.

Submersible S Brabus Black Ops Edition | © Panerai

Radiomir Eilean com designs icónicos de 1936

Os apreciadores da linha Radiomir e dos relógios de inspiração mais rétro regozijar-se-ão com as novas edições associadas ao veleiro Eilean, criado em 1936 (precisamente o ano de lançamento do Radiomir) e propriedade da Panerai desde 2006. Os novos Radiomir Eilean combinam as características da histórica coleção Radiomir com a linhagem estética do Eilean numa caixa de 45 mm em aço escovado. Os ponteiros de estilo vintage com acabamento dourado marcam as horas num mostrador clássico tipo sandwich com algarismos e índices em Super-LumiNova bege com luminescência verde.

Panerai Radiomir Eilean no tabuleiro de apresentação da marca
Castanho e azul: os dois Radiomir Eilean | © Susana Gasalho/Espiral do Tempo

Os detalhes que revelam a herança náutica do Radiomir Eilean são bem visíveis: a superfície do mostrador tem linhas e um acabamento variegado com estrias que evocam o convés de teca do iate, enquanto no fundo da caixa e na correia foi gravada a inscrição ‘Eilean 1936’, idêntica à inscrição que se encontra na quilha do barco. O emblema do dragão que decora o casco do veleiro foi reproduzido no lado esquerdo da caixa. A correia em couro da Toscânia (região onde se situa Florença, cidade natal da Panerai) possui um bordado inspirado no laço encontrado nas velas do Eilean.

Pormenor da gravação na lateral da caixa do Panerai Radiomir Eilean
C’mon Eilean: o novo Radiomir de inspiração histórica | © Panerai

Fiel à sua herança, o Radiomir Eilean é motorizado por um movimento de corda manual com reserva de corda de três dias e a sua caixa é hermética até 100 metros. Está apenas disponível em 449 exemplares por ano, em homenagem ao número da vela do Eilean.

Verso de caixa do Radiomir Eilean
Verso de caixa do Radiomir Eilean | Susana Gasalho/Espiral do Tempo

E há mais…

A Panerai teve vários outros lançamentos interessantes em 2021, como as edições limitadas associadas ao alpinista Jimmy Chin (Submersible Chrono Flyback J. Chin Edition e Submersible Chrono Flyback J. Chin Xperience Edition), e o élan de Jean-Marc Pontroué parece indiciar mais algumas novidades de monta até ao final do ano. Entre tantos lançamentos e com muito por onde escolher, solicitámos a três elementos pertencentes ao grupo de aficionados Paneristi Portugal que nos elaborassem o respetivo top 5 de modelos preferidos do ano em curso. Em breve apresentaremos essa listagem!

Outras leituras