Omega, a missão Apollo 8 e o filão Speedmaster

Na terceira semana do ano, a Omega colocou em órbita outra versão contemporânea do seu mais emblemático modelo: uma atualização do Speedmaster Dark Side Of The Moon Apollo 8.

O Speedmaster é um ícone incontornável na história da relojoaria de pulso e tem agraciado o pulso de aficionados desde o final da década de 50 — e tem sido um inesgotável filão para a Omega, que se tem desmultiplicado em apresentar cada vez mais e variadas versões do seu mais conhecido modelo. A mais recente é o Speedmaster Dark Side Of The Moon Apollo 8, que volta a puxar pela associação que o tornou famoso quando os astronautas americanos o utilizaram aquando das suas incursões lunares a partir de 1969. Mas a missão Apollo 8 até é anterior à primeira presença humana na superfície da Lua.

A nova variante Apollo 8 do Speedmaster Dark Side Of The Moon apresenta um delicioso ponteiro em foguetão | Foto: Omega

A variante Dark Side Of The Moon inaugural do Speedmaster surgiu há sensivelmente uma década e seduziu tanto pelo seu visual escurecido como pela alusão dupla ao misterioso lado escondido do satélite da terra e ao título do mais famoso álbum dos Pink Floyd. A subvariante Speedmaster Dark Side Of The Moon Apollo 8 surgiu em 2018 (no 50.º aniversário da missão Apollo 8) com um mostrador recortado e uma textura evocativa da superfície da Lua a par de destaques em amarelo nos ponteiros, indexes e costura da correia. Esse modelo era menos espesso e consequentemente mais confortável do que o primeiro Dark Side Of The Moon; quase seis anos depois, a sua atualização mantém as mesmas caraterísticas mas com um look mais depurado e um novo calibre mecânico.

O visual escurecido e contemporâneo contrasta com a personalidade metálica dos Speedmaster tradicionais | Foto: Omega

A principal distinção entre os modelos Dark Side Of The Moon e Dark Side Of The Moon Apollo 8 reside no número de submostradores (dois vs três) e na cor complementar do preto (vermelho vs amarelo); em comum têm a caixa preta em cerâmica, mas o novo modelo Apollo 8 é motorizado pelo Calibre 3869 da Omega — que apresenta uma precisão Master Chronometer que partilha diversos parâmetros com a arquitetura do movimento de corda manual que já havia sido utilizado na anterior versão de 2018. As valências do novo movimento com certificação METAS são significativas: resistência a campos magnéticos até 15.000 gauss e um melhor órgão regulador com espiral em silício, para além da tal precisão cronométrica.

O novo Calibre 3869 permite um perfil mais fino e tem precisão Master Chronometer com certificação METAS | © Omega

Igualmente importante enquanto fator diferenciador é o caráter open work e texturado do mostrador das declinações Apollo 8, que surge refinado na nova versão graças a uma melhor técnica de gravação a laser que aprimora a definição da superfície lunar. Por outro lado, e para além do grafismo ‘Tachymètre’ na luneta a branco no lugar do amarelo ou do divertido ponteiro em foguetão Saturn V nos pequenos segundos, o mostrador é mais claro por representar a vista da Lua a partir da Terra… ao passo que o fundo revela a famosa face escondida que apenas os astronautas puderam observar. E a inscrição ‘We’ll See You On The Other Side’ presta homenagem precisamente aos primeiros humanos que conseguiram ver a faceta oculta da Lua em dezembro de 1968, enquanto tripulantes da missão Apollo 8 (que usaram cronógrafos Speedmaster) utilizada na nomenclatura do relógio..

Os dois lados da Lua estão representados a laser nos dois lados do relógio e do respetivo calibre mecânico de corda manual | Foto: Omega

Também relevante é o facto de o mostrador ser confecionado a partir de uma placa de alumínio, em vez do habitual latão. E é decididamente uma declinação muito cool da ramificação Apollo 8 da variante Dark Side Of The Moon do mítico Speedmaster. Trata-se de um exercício de estilo contemporâneo com o seu diâmetro de 44,25mm numa caixa de cerâmica com acabamentos que alternam entre o polido e o escovado para tornar a sua superfície negra ainda mais atraente. A atualização também é significativa no que diz respeito ao preço recomendado, com um aumento para 16.100 euros, valor anunciado no site. Mas, afinal de contas, o lado oculto da Lua não está ao alcance de todos…


Algumas caraterísticas técnicas:

Omega
Speedmaster Dark Side Of The Moon Apollo 8
Referência | 310.92.44.50.01.001
Lançamento | 2024
Movimento | Mecânico de corda manual: Calibre OMEGA 3869, 50h de reserva de corda.
Funções | Horas, minutos, segundos e data.
Caixa ø 44,25mm | Cerâmica preta, vidro de safira resistente a riscos com tratamento antirreflexo em ambas as faces, estanque até 5 bar.
Bracelete | Borracha com fivela em cerâmica.
Preço de venda recomendado no site | 16.100 €

Visite o site oficial da Omega para mais informações.

Outras leituras