fbpx

Oris: uma tarde no Autódromo

Juntámo-nos a Filipe Albuquerque no Autódromo do Estoril para uma improvisada sessão fotográfica com relógios Oris especiais de corrida na véspera da derradeira prova do European Le Mans Series de 2015. Aqui fica o resultado.

Filipe_Albuquerque_Oris_Audi_Sport_Limited_Edition_3
Filipe Albuquerque com um Oris Audi Sport Limited Edition.

Filipe Albuquerque passa uma boa parte da sua vida a carregar no pedal e a olhar para o tempo — mais precisamente para frações de tempo que o separam dos outros. Para além da necessidade profissional de correr a favor e contra o tempo, o piloto conimbricense tem também uma paixão por relógios carregados de história automobilística e impregnados de ADN motorizado. Nesse aspeto, dá-lhe jeito ser embaixador da Oris: pode ostentar no pulso alguns dos relógios especiais de corrida da marca de Hölstein. E na véspera das 4 Horas do Estoril — a derradeira prova do campeonato European Le Mans Series de 2015 — fomos encontrá-lo no Autódromo do Estoril para uma rápida sessão fotográfica.

Oris_Audi_Sport_destaque
Oris Audi Sport Limited Edition

Quatro modelos partilharam o protagonismo com Filipe Albuquerque: o cronógrafo Artix GT e três versões em edição limitada que também assentam na estética da linha Artix mas que celebram a associação oficial da Oris à Audi Sports: um cronógrafo e um relógio GMT de mostrador prateado e o recente cronógrafo preto de totalizador único com função countdown.

Oris_Audi_Sport_Limited_Edition_II
Oris Audi Sport Limited Edition II.

A Oris sempre assentou a sua produção em modelos exclusivamente mecânicos e tornou-se um símbolo do renascimento da relojoaria tradicional helvética após a crise de quartzo entre as décadas de 70 e 80 que quase vitimou a indústria suíça do setor. Essa exaltação da cultura high-mech por parte da Oris (simbolizada pelo rotor vermelho dos seus calibres automáticos) ganhou um novo significado em 2003, quando a marca decidiu ligar-se de maneira mais efetiva ao universo automóvel através da parceria com a escuderia Williams de Fórmula 1. Desde então, o seu catálogo passou a ser seccionado em quatro áreas principais: Motorsport, Aviação, Cultura e Mergulho.

Filipe_Albuquerque_Oris_Audi_Sport_Limited_Edition_II_2
Filipe Albuquerque com um Oris Audi Sport Limited Edition II.

Uma companhia que faça a apologia dos movimentos mecânicos tem a tendência natural para se associar ao universo motorizado. E não é algo de recente, feito ao sabor de qualquer corrente de marketing. O Chronoris de 1970 já indicava a vocação da marca em criar um cronógrafo caraterizado pelo espírito dos tempos de ouro da Fórmula 1 e a sua reedição — em duas versões — acompanhou desde o início a atual vaga de reinterpretações históricas que carateriza a relojoaria tradicional. A associação com a Williams produziu naturalmente os seus frutos com modelos raçudos e sobretudo edições limitadas destinadas a celebrar o patrocínio. Mais recentemente, a Oris associou-se ao rali de carros clássicos Raid Suíça-Paris e à Audi Sport, reforçando a vertente Motorsports e alargando a sua oferta específica — que atualmente inclui edições limitadas Williams F1, Raid e Audi Sport, para além dos modelos da coleção regular e ainda de reedições de modelos históricos da marca, como os Chronoris da década de 70.

Oris_Audi_Sport_Limited_Edition_2
Oris Audi Sport Limited Edition.

A linha Motorsports da Oris apresenta-se assim assaz alargada e com muitas edições em tiragem limitada de reforçado valor colecionista. Para além disso, os pilotos das escuderias patrocinadas tornam-se embaixadores da marca e, tal como os pilotos da Williams na Fórmula 1, também Filipe Albuquerque — vinculado à Audi Sport — passou a usar exclusivamente relógios Oris. A primeira escolha do piloto de Coimbra foi um cronógrafo Artix GT equipado com uma caixa em aço de 44 mm de diâmetro, luneta preta com taquímetro e apresentação de segundos contínuos lineares no mostrador preto.

Filipe_Albuquerque_Oris_Audi_Sport_Limited_Edition
Filipe Albuquerque com um Oris Audi Sport Limited Edition.

Esse mesmo modelo serviu de base ao primeiro modelo que celebrou a parceria com a Audi Sport: o cronógrafo Audi Sport Limited Edition, baseado precisamente no Artix GT mas com uma caixa em titânio encimada por uma luneta em tungsténio e um mostrador prateado personalizado. Os mesmos tons e pormenores estéticos podem ser encontrados na versão GMT em aço, que junta um ponteiro das horas suplementar para apresentação de um segundo fuso horário. Em ambos os casos, a luneta em calfe perfurado acentua-lhes a personalidade racing. E, como não podia deixar de ser, o estojo é devidamente adequado à circunstância.

Oris_Audi_Sport_Limited_Edition
Oris Audi Sport Limited Edition.

A Oris surge identificada nos bólides da escuderia Audi Sport que participam tanto nos Campeonatos do Mundo de Resistência (WEC) como na classe DTM; o estatuto de oficial timekeeper do departamento de competição da Audi não poderia ter começado de melhor maneira — já que a marca se sagrou vencedora das 24 Horas de Le Mans logo a seguir, em junho de 2014. Esse grande triunfo inspirou a mais recente edição Audi Sport Limited Edition.

Filipe_Albuquerque_Oris_Audi_Sport_Limited_Edition_II
Filipe Albuquerque com um Oris Audi Sport Limited Edition II.

O cronógrafo Audi Sport Limited Edition II é dedicado ao Audi R18 e-tron quatro e tem mesmo reproduzida no verso da caixa em titânio chapeado a preto a silhueta do inovador carro vencedor da edição transata da mais lendária de todas as corridas de resistência. O tamanho (44 mm) e o material de base (titânio) são os mesmos, mas para além da auréola negra há um detalhe relevante a assinalar: o cronógrafo Audi Sport Limited Edition I tinha uma configuração bicompax vertical e data às 6 horas; a mais recente edição mantém os segundos contínuos lineares às 9 horas (graças a um disco preto e vermelho que roda por baixo da ranhura horizontal), mas apresenta uma janela dupla para dia e data às 3 horas e sobretudo um único totalizador de minutos às 12 horas — com uma engenhosa maneira de indicar a contagem decrescente de 10 minutos, através da parte de trás negra do ponteiro vermelho que efetua a cronometragem dos minutos.

Oris_Audi_Sport_GMT_LeMans
Oris Audi Sport Limited Edition.

Devido ao seu estatuto independente e racionalização de produção, a Oris apresenta há muito uma das melhores relações preço/qualidade da indústria relojoeira suíça. Os modelos da marca, mesmo os especiais de corrida, são normalmente comercializados a um preço mais acessível do que os produtos semelhantes da concorrência e fazem jus ao mote ‘Real Watches For Real People’. E raramente se encontra um campeão tão ‘real’ como Filipe Albuquerque, sempre simpático e disponível.

Pena é que tenha sido ‘traído’ por um dos dois colegas com quem partilhava o carro da Jota Sport nas 4 Horas do Estoril: depois de ter assinado a melhor volta nos treinos oficiais que lhe deu a pole position, partiu à frente e ganhou vantagem até passar o testemunho a Simon Dolan; a aparição da chuva fez com que perdesse o controlo e saísse de pista na curva 2, ficando preso na gravilha. A equipa acabou no quarto posto quando precisava de vencer, o que fez com que Filipe Albuquerque perdesse o título do European Le Mans Series perante o seu público pelo segundo ano consecutivo, no Autódromo do Estoril. Mas terá sempre a simpatia dos adeptos nacionais e a nossa admiração. E bons relógios também!  ET_simb

Galeria de imagens:

The specified carousel id does not exist.

Outras leituras