Óscares 2024: uma noite de relógios

A noite dos Óscares é sempre uma boa oportunidade para descobrir quais os relógios que os artistas presentes na cerimónia usam no pulso. E muitas vezes não é difícil perceber. Aqui fica assim um apanhado de alguns dos relógios que brilharam na 96.ª edição do maior evento do Cinema.

A cerimónia de entrega da 96.ª edição dos Óscares revelou-se, mais uma vez, um evento muito animado, pontuado por momentos mais simbólicos e por alguma surpresa nos prémios atribuídos. O que não foi surpresa foi a presença da Rolex como parceira e relógio oficial. A marca não só se destacou na emissão em direto com um relógio de parede nos bastidores que abriam caminho para a Greenroom, como através da presença de Roger Federer (com um Daytona Le Mans no pulso) e de Martin Scorsese, Rolex Testimonees. Como já abordámos, a presença da marca na cerimónia dos Óscares está integrada numa relação mais abrangente com o mundo do Cinema que se faz ver através de várias parcerias e iniciativas.

Entrada para a Greenroom da Rolex | Imagem: Rolex

Mas regressando à noite dos Óscares em específico, há que destacar que a cerimónia, como outros eventos, é por si só uma oportunidade de visibilidade a um outro nível para outras marcas, nomeadamente, marcas de relojoaria. Na passadeira vermelha, na plateia e no palco os artistas presentes acabam por ter concentradas em si as atenções de muitos aficionados que procuram descobrir quais os relógios que usam no pulso.

Oscares 2024 Sterling K Brown com IWC
Sterling K. Brown com um IWC Portugieser Regulateur Tourbillon (ref. IW544603)na 96.ª edição anual dos Óscares da Academia | Foto: Aliah Anderson/Getty Images, cortesia IWC

Alguns são realmente fáceis de descobrir – pelo design imediatamente reconhecível ou pelo facto de serem embaixadores de marcas. Outros requerem olhares mais atentos, como o teve o site Time & Tide que conseguiu vislumbrar um J.N.Shapiro Resurgence no pulso do cantor de Jon Batiste, um raro Simon Brette Chronomètre Artisans no pulso de Cole Walliser e, além do Omega Deville, uma pregadeira feita pelo mestre Kari Voutilainen, cuja marca própria se destaca pelos relógios com mostradores guilloché, no peito de Cillian Murphy, vencedor do Oscar de melhor ator principal.

Robert Downey Jr com Susan Nicole Downey. O vencedor do Óscar de Melhor Ator Secundário usou um Jaeger-LeCoultre Reverso Chronograph em ouro rosa | Foto: Getty Images cortesia Jaeger-LeCoultre

Em termos de domínio, talvez a Cartier e a Omega – com Da’Vine Joy Randolph a usar um Omega Constellation 28mm no momento em que recebeu o Oscar de melhor atriz secundária – tenham sido as marcas mais vistas; já a Bulgari destacou-se não apenas em relógios, mas também nas peças de joalharia. Por seu lado, a IWC Schaffhausen também foi eleita para muitos do pulsos presentes e a Jaeger-LeCoultre teve o seu grande momento de destaque quando Robert Downey Jr. segurou a estatueta de melhor ator secundário com um inconfundível Reverso Chronograph em ouro rosa.

A atriz Michelle Yeoh, embaixadora da Richard Mille, usou um RM 07-02, William Belleau um Rolex Datejust Ref. 1601 e John Cena apareceu quase nu com um Rolex Explorer II, num dos mais inesperados momentos da cerimónia. Por seu lado, Bradley Cooper, nomeado para melhor ator principal, usou um Louis Vuitton Tambour, Matthew McConaughey levou no pulso um vistoso Jacob & Co. Jean Bugatti e Taylor Zakhar-Perez um Vacheron Constantin Traditionelle Tourbillon Retrograde Date Openface.

Da’Vine Joy Randolph, vencedora do Óscar de Melhor Atriz Secundária, com um Omega Constellation 28mm | Foto: Getty Images cortesia Omega

Por fim, destaque para um dos momentos mais animados da noite: a interpretação de “I’m Just Ken”, por Ryan Gosling, num tributo a Diamonds Are a Girl’s Best Friend, canção interpretada por Marlin Monroe no incontornável filme Gentlemen Prefer Blondes (1953). Desta vez, o embaixador da TAG Heuer não levou o seu Carrera em ouro, mas antes uma chamativo Carrera com mostrador diamante, bem mais adequando ao momento e ao outfit. Aqui fica para recordar:

Ryan Gosling usou um TAG Heuer Carrera Plasma Diamant D’Avant Garde | Vídeo: Atlantic Records

Contas feitas, podemos dizer que as horas de cerimónia foram um tempo bem passado, mas também uma oportunidade para descobrir como alguns artistas encaram de facto o mundo da relojoaria.

Outras leituras