fbpx
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Baselworld 2019: Chopard L.U.C Flying T Twin

Em Baselworld | Uma das novidades apresentadas pela casa Chopard em Baselworld é um modelo turbilhão em ouro rosa e mostrador guillochado – que passa por ser o primeiro turbilhão volante da marca. O L.U.C Flying T Twin é um sofisticado exemplo de elegância e também de ética, atendendo à sua certificação Fairmined.

Com uma arquitetura de canónicas proporções e uma estética de grande sofisticação, o L.U.C Flying T Twin destaca-se claramente entre as novidades apresentadas pela Chopard na edição deste ano de Baselworld. Não só pela sua classe mas também pelo seu valor intrínseco devidamente atestado pelas certificações Fairmined (origem do ouro regulamentada), Punção de Genebra (qualidade superlativa de acabamentos) e Cronómetro (precisão testada). Para mais, integra uma dupla novidade absoluta: o primeiro turbilhão volante da marca e logo associado a um movimento automático.

L.U.C Flying T Twin | © Chopard
L.U.C Flying T Twin | © Chopard

Tradicionalmente, os turbilhões da Chopard sempre foram alimentados por calibres de corda manual e sempre estiveram suspensos em pontes cujo acabamento lhes dava um visual caraterístico – para além de constituírem um suporte para tão delicado mecanismo que passa por ser um prodígio da micromecânica, atendendo às centenas de peças quase microscópicas que integra.

L.U.C Flying T Twin | © Chopard
L.U.C Flying T Twin | © Chopard

O turbilhão volante surge em grande destaque às 6 horas no mostrador, com uma abertura que permite a visualização de uma extraordinária galáxia mecânica. O facto de não estar suspenso numa ponte (sempre suportado apenas na sua base) proporciona uma ideia de insustentável leveza acrescida do sentido de profundidade. O Calibre 96.24-L é especialmente fino (apenas 3,30mm, tal como o seu antecessor 96.01-L) e apresenta 65 horas de reserva de corda, apoiada em dois tambores de corda..

L.U.C Flying T Twin | © Chopard
L.U.C Flying T Twin | © Chopard

A vertente técnica é devidamente complementada por uma caixa em ouro rosa de 40 milímetros que contrasta com um mostrador cinzento de ruténio decorado em guilloché pelos artesãos da Chopard: motivo em caracol no perímetro e motivo alveolado no centro já visto anteriormente no L.U.C XPS 1860 Officer de 2017 (um piscar de olho ao primeiro logótipo usado por Louis-Ulysse Chopard).

L.U.C Flying T Twin | © Chopard
L.U.C Flying T Twin | © Chopard

Em suma: um relógio de pura beleza e grande personalidade que só está ao alcance de 50 felizardos. Trata-se de uma edição limitada…

Características Técnicas

Chopard
L.U.C Flying T Twin
Edição limitada a 50 peças em ouro rosa 18kt com certificação ética.

Referência/ 161978-5001
Movimento/ Mecânico de corda automática, calibre L.U.C 96.24-L. 28.800 alt./h., 65 horas de reserva de corda. Certificado COSC e Punção de Genebra.
Funções/ Horas, minutos, segundos e turbilhão volante.
Caixa Ø 40 mm/ Ouro rosa 18kt com certificação ética Fairmined. Vidro de safira com tratamento antirreflexos. Estanque até 30 metros.
Mostrador/ Cinzento de ruténio decorado em guilloché. Motivo em caracol no perímetro e motivo alveolado no centro.
Bracelete/ Pele preta de aligátor com fivela em ouro rosa.
Preço/ € 109.000

L.U.C Flying T Twin | © Chopard
L.U.C Flying T Twin | © Chopard

Consulte o site oficial da Chopard para mais informações.

Outras leituras