fbpx
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Officine Panerai Radiomir: década de ouro

EdT45 — O lançamento, em 1940, de um novo Panerai, que faz a ponte entre o Radiomir original de 1936 e o futuro Luminor de 1950, é um excelente exemplo de como o início da idade de ouro do design em Itália levou à inovação e à intemporalidade.

Os anos 40 do século XX não foram apenas marcados pelo trágico conflito entre as nações. Os anos que antecederam a eclosão da Segunda Guerra Mundial, e o período que se viveu após o conflito, foram de intensa inovação e criatividade, no que respeita ao design industrial.

(Foto: Original Panerai Radiomir 1940 © Officine Panerai)

 
Design – O domínio da forma e da função

Com o advento da década de 40, o design italiano viveu um período de evolução marcante que, até ao início dos anos 30, era apenas designado ‘arte decorativa’. Com o fim da Segunda Guerra Mundial, evolui para ‘design industrial’, ganhando uma nova expressão e um novo sentido, em boa parte devidos à sucessão de criações extraordinárias que ainda hoje influenciam os designers encarregues de dar forma aos mais variados objetos.

Domus, do arquiteto Giò Ponti.
Domus, do arquiteto Giò Ponti.

A influência, ao longo destes anos, de publicações como a revista Domus, do arquiteto Giò Ponti, ou a La Casa Bella, dirigida por Giuseppe Pagano, onde se divulgava o trabalho dos mais conceituados arquitetos, decoradores e designers da sua época, viria a dar origem a uma série de novos projetos com uma abordagem distinta no que respeita à simplicidade, à funcionalidade e à elegância. Os mais variados objetos do quotidiano – por exemplo, máquinas de coser, ventiladores, óculos para motos ou máquinas de escrever, como a famosa Lettera 22 da Olivetti, desenhada por Marcello Nizzoli no final da década de 40 – ganhavam uma nova forma e uma nova imagem, mais forte e apelativa. Não é, assim, de estranhar que, durante este período, a maioria dos designers italianos fossem, quase exclusivamente, arquitetos e engenheiros.

Olivetti Lettera 22,  Marcello Nizzoli.
Lettera 22 da Olivetti, desenhada por Marcello Nizzoli.

A década de 40 seria, assim, o ponto de partida para a idade de ouro do design italiano, podendo mesmo afirmar-se que preparou uma geração inteira de criadores que viriam a despontar nas décadas de 50 e 60. Gae Aulenti, Vico Magistretti, os irmãos Achille e Pier Giacomo Castiglioni, assim como, do lado do design automóvel, Giovanni Bertone, Battista (‘Pinin’) Farina e Giacinto Ghia foram os percursores de um estilo que acabaria por transformar Itália numa verdadeira meca do design industrial. Nomes como a Ferrari, a Alfa Romeo, a Fiat e a Ducati levavam o nome desta nação aos quatro cantos do globo.

O caso da célebre Vespa, criada pela Piaggio em 1945, é um exemplo claro da criatividade italiana nesta década. A história conta-nos que, após o fim da Guerra, durante a qual a empresa se concentrou na construção de trens de aterragem para aviões militares, a fábrica teve de repensar o uso a dar às suas máquinas. A ideia partiria do próprio Enrico Piaggio: desenhar uma moto e utilizar as máquinas existentes para construir as rodas. Um empregado da Piaggio chamado D´Aschanio ficou encarregue de desenhar o conjunto, acabando por dar origem à scooter mais famosa da história.

Vespa, idealizada por Enrico Piaggio e desenhada por D´Aschanio.
Vespa, idealizada por Enrico Piaggio e desenhada por D´Aschanio.

 
Entre o Radiomir e o Luminor

O caso da Oficcine Panerai é um excelente exemplo de como a maioria dos designers italianos preferia formas fluídas e agradáveis, tanto ao tato como à vista, incutindo-lhes uma carga emotiva e sugestiva aparentemente simples, mas efetivamente complexa.

Panerai Radiomir 1940 Chrono Monopulsante 8 Days GMT 45mm Oro Rosso, Referência PAM00502 © Officine Panerai
Radiomir 1940 Chrono Monopulsante 8 Days GMT Oro Rosso, Referência PAM00502 © Officine Panerai

Já então sobejamente reconhecida pela sua produção de avançados instrumentos técnicos de elevada precisão para a Marinha Real Italiana, a Guido Panerai & Figlio, que mais tarde viria a ser conhecida apenas por Officine Panerai, criava, em 1936, o seu primeiro protótipo de relógio de pulso. Equipado com um movimento da Rolex, o modelo tinha sido concebido para um grupo militar especial que estava a ser formado em Itália. Batizado Radiomir, um nome alusivo ao material luminoso aplicado sobre o mostrador, para permitir que fosse legível em ambientes de ausência de luz, as poucas centenas de modelos produzidos são hoje autênticas raridades cobiçadas por colecionadores de todo o mundo.

Panerai Radiomir 1940 3 days © Officine Panerai
Radiomir 1940 3 days Oro Rosso, Referência PAM00515 © Officine Panerai

Por volta de 1940, a Panerai sentiu necessidade de fazer evoluir o seu modelo, em resposta a uma exigência crescente de resistência e fiabilidade, mas também para acompanhar a nova revolução relativa ao design industrial que singrava por Itália. A forma de almofada da caixa do Radiomir, com os seus encaixes de arame da correia, estava a evoluir para a forma posteriormente assumida pelo Luminor de 1950, com apoios de correia integrados e a famosa ponte com alavanca de bloqueio que protege a coroa do relógio.

Luminor Submersible 1950 3 Days Automatic Ceramica © Officine Panerai
Luminor Submersible 1950 3 Days Automatic Ceramica, Referência PAM00508 © Officine Panerai

O descendente da referência 3646, criado nessa época, é hoje conhecido por Radiomir 1940. Trata-se de uma representação darwiniana da evolução do Radiomir original para o Luminor que viria a definir a forma futura dos modelos modernos da Panerai. O relógio, que funde elementos de ambas as versões, como é o caso das proporções, embora menos acentuadas, e os sólidos encaixes da correia do Luminor 1950, prescinde do conhecido protetor de coroa que viria, mais tarde, a tornar-se na imagem de marca da Panerai.

Officine Panerai Radiomir 1940 3 days Oro Rosso, PAM00515
Radiomir 1940 3 days Oro Rosso, Referência PAM00515 © Officine Panerai

Saído de um período histórico de intensa atividade, o Panerai Radiomir 1940 é um modelo soberbo que acompanhou o florescimento de um design italiano caraterizado pela simplicidade e pelo aparente antagonismo de uma modernidade absoluta e simultaneamente intemporal.

Officine Panerai Radiomir 1940 Chrono Monopulsante 8 Days GMT Oro Bianco, PAM00503
Radiomir 1940 Chrono Monopulsante 8 Days GMT Oro Bianco, Referência PAM00503 © Officine Panerai

Outras leituras