fbpx

Renaissance d’une Montre: uma segunda vida para os relógios Greubel Forsey

A Greubel Forsey anunciou um novo programa que permite aos proprietários de relógios da marca solicitar alterações nas partes exteriores e até no movimento do seu relógio, de forma a oferecer-lhe uma nova estética ou novas funções e indicações. O novo programa está previsto arrancar a partir de 2023.

É uma forma de oferecer uma nova vida a um relógio de pulso. A Greubel Forsey anunciou um programa que permite aos proprietários de relógios da marca requisitar alterações nas partes exteriores ou do movimento do seu relógio, de modo a oferecer-lhe uma nova estética ou enriquecê-lo com novas funções e indicações.

Exterior do atelier da Greubel Forsey
Exterior do atelier | © Greubel Forsey

Denominado Renaissance d’une Montre, um nome reminescente dos projetos de longo prazo Naissance d’une Montre dirigidos pela Greubel Forsey, este programa é uma forma de recriação do relógio, à medida do seu proprietário e em estreita colaboração com a marca. Um princípio que a marca compara aos setores automotivo e da aviação, através de programas ancorados na modernização que permitem preservar o chassi, a história e a alma de veículos, ao mesmo tempo que permitem a atualização do motor.

Greubel Forsey GMT e Tourbillon 24 Secondes Vision
Greubel Forsey GMT e Tourbillon 24 Secondes Vision | © Greubel Forsey

Segundo a marca, o programa estará em pleno funcionamento a partir de janeiro de 2023, uma vez analisadas e homologadas as diferentes possibilidades que cada movimento oferece. Mas a Greubel Forsey, apresenta já diversos exemplos: o Balancier Contemporain é um relógio que poderia ser equipado com um segundo fuso horário, um escape inclinado ou até mesmo com um turbilhão, em vez de uma roda de balanço; já o GMT que, apesar de já exibir a hora local, um segundo fuso horário e a hora universal através do seu globo e disco das cidades, poderia também ser equipado com uma exibição de fuso horário adicional coaxial aos ponteiros das horas e minutos.

Greubel Forsey Balancier Contemporain
Greubel Forsey Balancier Contemporain | © Greubel Forsey


E nos exemplos apresentados não estão contempladas as possibilidades ancoradas na alteração de elementos exteriores como o material da caixa, a bracelete, a coroa ou a cor dos ponteiros.

Antonio Calce, CEO da Greubel Forsey
Antonio Calce, CEO da Greubel Forsey | © Greubel Forsey

«Este programa será instituído em 2023 e incorpora uma visão e uma estratégia de longo prazo. Estamos a abrir novos meios criativos de expressão. A ambição da Greubel Forsey não é simplesmente repensar a alta-relojoaria em termos de savoir-faire, mas também em termos de savoir-être. Como podemos estender a história de um relógio? Como podemos agregar mais valor às coleções de nossos clientes? Renaissance d’une Montre é a nossa resposta», conclui Antonio Calce.

Outras leituras