fbpx
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Rolex Sea-Dweller Deepsea

E porque o verão está aí, uma sugestão condizente com a praia e o mar: o Oyster Perpetual Date Sea-Dweller Deepsea — o maior relógio do catálogo regular da Rolex com os seus 44 milímetros de diâmetro. É o digno herdeiro de uma linhagem de ‘mergulhadores’ profissionais estreada com o protótipo Deepsea Special, que em 1960 desceu até aos 10.916 metros na Fossa das Marianas para inspirar o lançamento do Sea-Dweller de 1967. No ano passado, o cineasta James Cameron usou um protótipo Sea-Dweller Deepsea Challenge para atingir os 10.990 metros.

Análise originalmente publicada no número 43 da Espiral do Tempo (verão 2013).

© Rolex
© Rolex

Cocktail de patentes

© Espiral do Tempo / Paulo Pires
© Espiral do Tempo / Paulo Pires

A construção inclui o sistema patenteado Ringlock — um anel feito de um metal especialmente tratado com nitrogénio para aguentar a enorme pressão das profundezas e ao qual são enroscados a luneta (incluindo o vidro de safira convexo de cinco milímetros e a escala em Cerachrom) e o fundo de titânio (que se molda e reverte à forma original). A bracelete em aço tem a extensão habitual Fliplock complementada pelo fecho Glidelock (que alarga até 18 milímetros para fatos de mergulho). A coroa patenteada Triplock é munida de três juntas e enroscada à caixa.

ET43_Rolex_Sea-Dweller_Deepsea_05
© Espiral do Tempo / Paulo Pires

Hélio em destaque

© Espiral do Tempo / Paulo Pires
© Espiral do Tempo / Paulo Pires

O primeiro Sea-Dweller ‘comercial’ de 1960 melhorou as prestações do Submariner para mergulhar ainda mais fundo, graças a uma válvula que descarrega uma reserva de hélio dentro do relógio, de maneira a permitir, aquando da subida, uma descompressão similar àquela que faz o mergulhador. Estava garantido até aos 1.220 metros; o sucessor Sea-Dweller Deepsea mais do que duplicou essa estanqueidade, até aos 3.900 metros.

Motor automático

Calibre 3135 ©Rolex/Jean-Daniel Meyer
Calibre 3135 | © Rolex/Jean-Daniel Meyer

O mecanismo automático que alimenta o Sea-Dweller Deepsea é o fiável calibre 3135, reputado pela sua precisão cronométrica — sendo certificado pelo COSC (Côntrole Officiel Suisse des Chronomètres). Apresenta 48 horas de reserva de corda e inclui uma espiral Parachrom, especialmente resistente aos choques e aos campos magnéticos. ET_simb

© Espiral do Tempo / Paulo Pires
© Espiral do Tempo / Paulo Pires

Características técnicas


Rolex
Oyster Perpetual Date Sea-Dweller Deepsea

Referência/ 116660/98210
Movimento/ Mecânico de corda automática. Calibre 3155 de manufatura; 48h de reserva de corda; 28.800 alt/h.
Funções/ Horas, minutos, segundos e data.
Caixa Ø 44 mm/ Aço, vidro de safira com tratamento antirriscos, fundo em titanio de grau 5. Estanque até 3.900 m.
Bracelete/ Aço com extensão Fliplock e fecho Glidelock.
Preço/ Sob consulta.

Outras leituras