Trilobe Les Matinaux Secret 

A Trilobe dispensa ponteiros e ideias pré-concebidas; o tempo corre dando uma nova expressão à leitura do tempo. A variante Les Matinaux Secret dá uma dimensão suplementar ao design original da linha Les Matinaux através de uma carta astral personalizada consoante a preferência do utilizador.


Artigo originalmente publicado no número 81 da Espiral do Tempo (inverno 2022) 


Trilobe Les Matinaux Secret
| © Paulo Pires / Espiral do Tempo

A Trilobe nasceu da vontade artística de dar uma nova expressão à leitura do tempo e explorar uma via distinta no universo relojoeiro — o resultado tem sido aclamado pela crítica e consagrado ao mais alto nível com a conquista do prémio Petite Aiguille no Grand Prix d’Horlogerie de Genève deste ano, após duas anteriores nomeações em 2019 e 2020. Fundada em 2018 pelo jovem arquiteto parisiense Gautier Massonneau, a Trilobe dispensa ponteiros e ideias pré-concebidas; o tempo corre, mas os indicadores mantêm-se fixos numa ideia assente em três anéis que começou a ser materializada pelo fundador da marca e pelo mestre relojoeiro suíço Jean-François Mojon em 2015. Alimentados pelo calibre X-Centric, os anéis das horas, dos minutos e dos segundos rodam no sentido inverso ao dos ponteiros dos relógios tradicionais.

Trilobe Les Matinaux Secret
| © Paulo Pires / Espiral do Tempo

A variante Les Matinaux Secret dá uma dimensão suplementar ao design original da linha Les Matinaux através de uma carta astral personalizada consoante a preferência do utilizador. Assenta na elegante caixa inaugural utilizada pela marca e inclui uma abertura que dá profundidade mecânica à estética. Três ‘trilobes’ apontam a graduação do tempo em três anéis rotativos: o maior mostra as horas na periferia, o médio representa os minutos e o mais pequeno indica os segundos. O twist surge com a variante Secret, que consiste na aplicação do mapa celestial visível na data, na hora e no local à escolha do freguês. Pode ser a data e o local de nascimento ou outra qualquer efeméride marcante; o céu estrelado torna-se, assim, numa metáfora de vida e faz com que cada relógio seja verdadeiramente único.

Trilobe Les Matinaux Secret
| © Paulo Pires / Espiral do Tempo

Elegância e luminescência

Disponíveis em caixas de aço ou ouro rosa com diâmetros de 38,5mm ou 40,5mm, os relógios Trilobe apresentam elegantes proporções e oferecem uma dimensão mística suplementar. A marca inspirou-se nos poemas de René Char e foi oficialmente apresentada no Musée des Arts & Métiers; a variante Secret inclui uma abóbada celestial personalizada que brilha espetacularmente à noite devido ao tratamento de luminescência do mapa astral.

Trilobe Les Matinaux Secret
| © Paulo Pires / Espiral do Tempo

Calibre exclusivo

A Trilobe é motorizada desde 2020 pelo Calibre X-Centric, um movimento automático com microrrotor desenvolvido pela companhia Cercle des Horlogers, de La Chaux-de-Fonds. É formado por um total de 196 componentes e apresenta uma tonalidade escura contemporânea, com vários acabamentos efetuados à mão. O movimento consegue gerar a potência necessária para fazer deslocar a ‘pesada’ configuração de mostrador, assente em discos em vez de ponteiros.

Trilobe Les Matinaux Secret
| © Paulo Pires / Espiral do Tempo

→ Excêntrica no sentido estético e mecânico, a Trilobe inverte a lógica relojoeira com poesia: o tempo está em movimento, a sua indicação é fixa.

Trilobe Les Matinaux Secret
| © Paulo Pires / Espiral do Tempo

Características técnicas

Trilobe
Les Matinaux Secret 

Ano de lançamento | 2019
Referência | LM09SB

Trilobe Les Matinaux Secret em fundo branco
Trilobe Les Matinaux Secret | © Trilobe

Movimento | Corda automática. Calibre 2892 com módulo X-Centric manufaturado por Jean-François Mojon, 28.800 alt/, 48h reserva de corda.
Funções | Horas, minutos e pequenos segundos. 
Caixa ø 40,5mm ou Ø 38,5mm | Aço. Estanque até 50m, vidro de safira com tratamento antirreflexos de ambos os lados.
Bracelete | Pele de aligátor com fivela.
Preço | 14.500 €

Relógio cedido por Trilobe.

Visite o site oficial da Trilobe para mais informações.


Espiral do Tempo 81

Outras leituras