Cinco coisas que os Blancpain X Swatch Bioceramic Scuba Fifty Fathoms podem dar a conhecer

Os novos Bioceramic Scuba Fifty Fathoms que nascem da parceria entre a Blancpain e a Swatch vêm celebrar o Fifty Fathoms, no ano em que o lendário relógio de mergulho da Blancpain cumpre o 70º aniversário. Quem não conhecia o Fifty Fathoms vai certamente passar a conhecer. E vai passar a conhecer mais algumas coisas.

1 | Blancpain X Swatch

Blancpain X Swatch Bioceramic Scuba Fifty Fathoms
Blancpain x Swatch Bioceramic Scuba Fifty Fathoms Indian Ocean (à esquerda) e o Blancpain Fifty Fathoms | © Swatch

A marca Swatch é mundialmente conhecida, dentro e fora da comunidade de aficionados de relojoaria. Já a marca Blancpain, apesar de ser bem reconhecida no seio de aficionados, não goza certamente da mesma fama a nível global. E se afunilarmos para o relógio Fifty Fathoms talvez estas palavras façam ainda mais sentido. No aquário da relojoaria todos (ou quase todos) conhecem a Blancpain e o Fifty Fathoms. Fora do aquário, o mediatismo será certamente outro. Pois bem, é provável que o cenário mude com os novos Bioceramic Scuba Fifty Fathoms que nascem da parceria entre a Blancpain e a Swatch: um lançamento que vem celebrar os 70 anos do corajoso Fifty Fathoms, um relógio lançado em 1953 e que tende a ser referido como o primeiro relógio efetivo de mergulho.

Blancpain x Swatch Bioceramic Scuba Fifty Fathoms Pacific Ocean e Atlantic Ocean | © Swatch

Esta nova associação entre duas marcas do grupo Swatch segue as pisadas da hipermediatizada parceria anterior, entre a Swatch com a Omega, que veio dar voz ao Speedmaster através dos MoonSwatch que se traduziram em filas imensas nas boutiques Swatch em todo o mundo. Mas, desta vez, a mensagem é clara: trata-se de «uma coleção não limitada, disponível para compra em lojas Swatch selecionadas (1 relógio por pessoa, por loja e por dia) a partir de 9 de setembro de 2023». Os novos modelos estarão ainda em exposição em boutiques Blancpain selecionadas durante várias semanas.

2 | Bioceramic+Scuba+Fifty Fathoms

Blancpain x Swatch Bioceramic Scuba Fifty Fathoms Atlantic Ocean | © Swatch

Tal como alguns pratos gourmet, o nome da coleção diz tudo (ou quase tudo) sobre ela. «Bioceramic» refere-se ao material da caixa de 42,3mm, da luneta, da coroa, da fivela e das presilhas dos novos relógios: uma mistura de dois terços de cerâmica e um terço de material proveniente do óleo de rícino que, segundo a marca, resulta num produto muito durável, resistente a riscos e com um acabamento mate sedoso. Já a designação «Scuba» é uma referência ao relógio de mergulho da própria Swatch. Por fim, «Fifty Fathoms» alude naturalmente ao modelo homenageado. Com um esclarecimento adicional: cada Bioceramic Scuba Fifty Fathoms é estanque até 91 metros, como evocação da medida marítima de profundidade no mundo anglófono que dá nome ao original Fifty Fathoms da Blancpain. De facto, 50 braças (fathoms em inglês) equivalem a 91 metros (ou 300 pés).

Blancpain X Swatch Bioceramic Scuba Fifty Fathoms Arctic Ocean | © Swatch

3 | Os nudibrânquios

Cada um dos cinco relógios apresentados foi batizado com o nome dos oceanos do nosso Planeta — Arctic Ocean, Pacific Ocean, Atlantic Ocean, Indian Ocean e Antarctic Ocean. E se não sabe, fique a saber que em todos os oceanos existem nudibrânquios (nome científico: Nudibranchia) que, segundo a National Geographic, «são parentes dos caracóis, mas os seus antepassados largaram as conchas há milhões de anos. “Nudibrânquio”, significa “brânquia nua”, uma caraterística que separa estes organismos das outras lesmas marinhas.» Para ficar a saber mais sobre estes seres vivos recomendamos o artigo da National Geographic, mas para saber mais sobre o modo como eles vivem nos novos relógios continue por aqui.

Blancpain X Swatch Bioceramic Scuba Fifty Fathoms Antarctic Ocean | © Swatch

É no fundo da caixa que se descobre a representação dos nudibrânquios, mais especificamente, no rotor. E foram estes organismos que inspiraram as cores dos relógios. Cada modelo guarda assim um nudibrânquio diferente que habita o oceano que serviu de inspiração base. No Arctic Ocean está representado o Dendronotus Frondosus, caraterizado pelas formas suaves e subtis; no Pacific Ocean vive o brilhante Chromodoris Kuiteri; no Atlantic Ocean descobre-se o Glaucus Atlanticus em azul profundo; o Indian Ocean revela um Nembrotha Kubaryana; e o Antartic Ocean é decorado com um Tritoniella Belli. O movimento é ainda complementado por uma ilustração do oceano que evoca.

4 | Sistem51

Em 2013, a Swatch lançou o Sistem51, um movimento mecânico de produção totalmente automatizada. É esse calibre automático que vem animar os novos Bioceramic Scuba Fifty Fathoms. Antimagnético, devido à espiral NivachronTM, e com apenas 51 peças, incluindo um parafuso central, tem reserva de marcha de 90 horas. Como já dissemos, o movimento foi devidamente personalizado para esta celebração através de um rotor transparente que é ilustrado. No mostrador, três ponteiros centrais indicam as horas, os minutos e os segundos. Às 4h, uma janela indica a data.

Blancpain X Swatch Bioceramic Scuba Fifty Fathoms Indian Ocean | © Swatch

A escolha do Sistem51 tem uma simbologia específica: aquando do relançamento da Blancpain, feito por Jean-Claude Biver entre o final da década de 80 e o início dos anos 90, o mote que foi associado à marca indicava que «desde 1735 que nunca houve um relógio Blancpain de quartzo, nem nunca haverá». Ainda numa fase em que a relojoaria de quartzo dominava a indústria e a relojoaria tradicional suíça tentava sair da crise provocada pela avalanche asiática, esse lema da Blancpain que ia contra o quartzo foi especialmente marcante — e contribuiu para a recuperação do prestígio da relojoaria mecânica. Sendo assim, o calibre escolhido só poderia ser mecânico, com a Swatch a optar pelo seu Sistem51 de corda automática.

5 | As referências

No mostrador e na coroa, os logótipos das marcas não escondem a parceria, e a palavra «Swatch» inscrita na caixa alude claramente à referência «Blancpain» inscrita nos Fifty Fathoms originais. No entanto, há diversas outras referências escritas ligadas à parceria ou ao modelo homenageado que vale a pena destacar. Na variante Arctic Ocean, por exemplo, o mostrador é decorado com um trevo vermelho sub fundo amarelo, com uma cruz branca a atravessá-lo e com a expressão «No radiations» evocativa da inscrição usual nos relógios de mergulho da década de 1960, cuja luminescência do mostrador resultava da aplicação de rádio. Nos novos relógios os numerais, indexes e ponteiros tem revestimento em Super-Luminova.

Blancpain X Swatch Bioceramic Scuba Fifty Fathoms Arctic Ocean | © Swatch

Já no Antarctic Ocean, encontramos no mostrador, às 6h, um indicador de contacto que deteta a presença de água assegurando que a resistência à água do relógio não foi afetada pela utilização anterior do mergulhador. Esta funcionalidade foi adotada pela Blancpain a partir de 1954 em alguns dos seus modelos destinados a clubes de mergulho e unidades militares — tendo sido reutilizada em modelos mais recentes. Uma mudança na cor do sensor indicaria um vestígio de humidade. Alguns modelos Fifty Fathoms equipados com o sensor de duas cores ostentam a designação «MIL-SPEC», em conformidade com as especificações da Marinha dos EUA.

Blancpain X Swatch Bioceramic Scuba Fifty Fathoms Indian Ocean e Arctic Ocean | © Swatch

Por fim, destaque para as inscrições no fundo dos relógios que chamam a atenção para o mundo dos oceanos: «Passion for diving», «Licence to explore», «Ocean Breath», «Protect what you love» e «Immerse yourself». Na mesma linha, as braceletes tipo NATO escolhidas para equipar esta colorida coleção são feitas de redes de pesca recicladas que foram retiradas do mar.

Blancpain X Swatch Bioceramic Scuba Fifty Fathoms Arctic Ocean
Blancpain X Swatch Bioceramic Scuba Fifty Fathoms Pacific Ocean | © Swatch

Outras leituras