Girard-Perregaux Laureato Chronograph Lady

Na sequência do ressurgimento do Laureato no catálogo da Girard-Perregaux, tornou-se natural a expansão da linha e a inclusão de uma versátil variante cronográfica especialmente dedicada ao público feminino.

[Análise originalmente publicada no número 70 da Espiral do Tempo ]

Girard-Perregaux Laureato Chronograph Lady
O Laureato Chronograph Lady é um dos vários modelos da Girard-Perregaux pensados para o pulso feminino. © Paulo Pires/Espiral do Tempo

A Girard-Perregaux lançou o Laureato a meio da década de 70, numa altura em que a estética relojoeira assentava muito numa tipologia de caixa integrada com bracelete metálica e a exploração de diferentes geometrias. O design teve a assinatura de um arquiteto de Milão e o nome de batismo, sugerido pelo distribuidor italiano da marca, terá sido inspirado num filme de Mike Nichols protagonizado por Dustin Hoffman, que tinha por título italiano Il Laureato (The Graduate, no original) — e que relata o caso amoroso de um jovem estudante  com uma mulher madura (a Mrs Robinson, da música de igual nome da dupla Simon & Garfunkel). Essa conotação feminina tinha forçosamente de ter equivalência na linha Laureato que a Girard-Perregaux relançou 40 anos depois: entre as dezenas de variantes em aço, ouro rosa, esqueletizadas e mais ou menos complicadas que constam do catálogo atual, existem vários modelos especificamente pensados para pulsos femininos — e o Laureato Chronograph Lady é um deles, juntando o pedigree mecânico de um calibre cronográfico de corda automática a um visual verdadeiramente brilhante.

O perfil geométrico do Laureato Chronograph Lady evoca os anos 70 através de uma adaptação contemporânea com bracelete de pele em vez do original metálico.

Geometria variável

A linha Laureato é facilmente identificada por uma luneta dupla em que o octógono recortado superior (no caso, cravejado de 56 diamantes com 0,9 ct) assenta sobre um anel inferior, originando o tão caraterístico visual estabelecido originalmente em 1975. A estrutura da caixa midsize (38 mm de diâmetro) em aço dá ainda mais impacto a essa conjugação geométrica, acentuada pela alternância de tratamento entre superfícies polidas e escovadas.

Girard-Perregaux Laureato Chronograph Lady
A linha Laureato é facilmente identificada por uma luneta dupla em que o octógono recortado superior. © Paulo Pires/Espiral do Tempo

Rosto em Madrepérola

O mostrador assume uma personalidade iridescente que é típica da madrepérola. A configuração é a mais tradicional nos cronógrafos da marca: segundos cronográficos ao centro, com pequenos segundos às três horas, submostradores para contagem de 30 minutos às 9 horas e das horas à 6 horas. A janela da data está localizada entre as 4 e as 5 horas. Os ponteiros de tipo bastão carregados de material luminescente oferecem uma boa leitura, a par dos marcadores das horas em diamante.

Girard-Perregaux Laureato Chronograph Lady
O mostrador assume uma personalidade iridescente que é típica da madrepérola. © Paulo Pires/Espiral do Tempo

Mecânica em destaque

Confirmando o crescente interesse do público feminino em movimentos mecânicos em detrimento do quartzo e puxando pelos seus galões de histórica manufatura suíça, a Girard-Perregaux equipou o Laureato Chronograph Lady com o seu calibre GP03300-0135 de corda automática — com 46 horas de reserva de corda e acabamentos decorativos em Côtes de Genève, perlage e anglage. A sua qualidade mecânica distingue-se pela suavidade de ativação através dos botões.

Complemento condizente

A integração da bracelete na caixa sem asas tradicionais é representativa dos modelos desportivos de luxo da década de 70 e faz parte dos códigos genéticos do Laureato — embora no Laureato Chronograph Lady a bracelete seja substituída por uma correia em tons pastel (no caso, um branco pérola) que acentuam o caráter feminino da peça. O fecho de báscula protege a pele de aligátor, reforça a segurança e dá uma sofisticação complementar ao conjunto.

Girard-Perregaux Laureato Chronograph Lady
A integração da bracelete na caixa sem asas tradicionais é representativa dos modelos desportivos de luxo da década de 70. © Paulo Pires/Espiral do Tempo

Características técnicas

Girard-Perregaux
Laureato Chronograph Lady

Referência |  81040D11A771-BB7B
Movimento | Mecânico de corda automática, calibre GP03300-0135, 28,800 alt/h, 46 horas de reserva de corda, 361 componentes.
Funções | Horas, minutos, pequeno segundos, data e cronógrafo.
Caixa Ø 38 mm | Aço com 56 diamantes, vidro e fundo em cristal de safira. Estanque até 100 metros.
Mostrador| Mostrador em madrepérola com ponteiros de tipo bastão carregados de material luminescente.
Bracelete| Pele de aligátor branca com fivela em aço.
Preço | Sob consulta

Girard-Perregaux Laureato Chronograph Lady
Girard-Perregaux Laureato Chronograph Lady © Girard-Perregaux

Visite o site oficial da Girard-Perregaux para mais informações.

Relógio cedido por Torres Joalheiros.

Outras leituras