Concorso d’Eleganza Villa d’Este: carros e calibres clássicos

O Lange 1 Time Zone ‘Como Edition’ é um dos mais exclusivos relógios saídos anualmente da manufatura A. Lange & Söhne: é concebido somente um exemplar por ano, destinado a premiar o vencedor da categoria ‘Best of Show’ no Concorso d’Eleganza Villa d’Este. Que, pela segunda vez em três anos, consagrou um Alfa Romeo – e um clássico italiano pela sétima vez nos oito anos da ligação da marca germânica ao certame transalpino. 

Música mecânica para ouvidos refinados: ‘Sinfonia dos Motores foi o lema de aniversário da 90ª edição do Concorso d’Eleganza, um dos mais exclusivos concursos de beleza de automóveis históricos em todo o mundo. E depois de extraordinários motores de 6, 8 e 12 cilindros terem produzido o seu caraterístico ronco no parque de Villa d’Este, o gentil tique-taque do modelo personalizado Lange 1 Time Zone ‘Como Edition’ recompensou a melhor viatura de tão exclusivo certame. Desde 2012 e pela oitava vez, o vencedor do galardão ‘Best of Show’ foi agraciado com um exemplar único preparado pela manufatura germânica de alta-relojoaria A. Lange & Söhne. Pela sétima vez nesses oito anos, triunfou um carro italiano; pela segunda vez nos últimos três anos, prevaleceu a Alfa Romeo.

Wilhelm Schmid (à esquerda) com o vencedor David Sydorick e o seu Lange 1 TimeZone Como Edition 2019. @ A. Lange & Söhne
Wilhelm Schmid (ao centro) com o vencedor David Sydorick (à direita) e o seu Lange 1 Time Zone ‘Como Edition’ 2019. @ A. Lange & Söhne

É certo e sabido, até por ser uma ligação frequentemente sublinhada: existe mesmo uma inegável sinergia entre automóveis vintage e relógios mecânicos, muito graças à demanda pela supremacia da engenharia, ao valor artesanal e também ao incessante processo de design que visam a perfeição por detrás de um produto encarado como obra de arte. Para além disso, há uma similitude entre a A. Lange & Söhne e o Concorso d’Eleganza: mesmo sendo pequenas instituições nas suas respetivas áreas, não aceitam nada a não ser o melhor para criar um valor substancial a longo termo. Essa ligação constitui a razão de ser da parceria entre ambos.

ALS_Talk_to_the_driver_1_022_1896129
Carros e relógios: os ‘brinquedos’ preferidos dos homens? © A. Lange & Söhne

Para Wilhem Schmid, CEO da Lange desde o início da presente década e vindo precisamente da indústria automóvel, os automóveis clássicos e os relógios mecânicos representam ideais de beleza, elegância e pragmatismo. “Personificam a demanda pela precisão absoluta e um princípio estético que acompanha as proporções da arte”, sublinhou durante o seu discurso no encerramento do Concorso d’Eleganza. Na cerimónia da entrega de prémios em Villa d’Este, Wilhelm Schmid entregou ao norte-americano David Sydorick um exemplar único Lange 1 Time Zone ‘Como Edition’ em ouro branco e dotado de uma gravação à mão dedicada a tão especial ocasião. Os membros do júri consagraram o Alfa Romeo 8C 2900B de 1937 como ‘Best of Show’, a viatura mais deslumbrante da competição. Não foi a primeira vez: David Sydorick já tinha sido agraciado com o mesmo prémio em 2015 pelo seu Alfa Romeo 8C 2300 Spider Zagato. Outro carro italiano…

O Alfa Romeo 8C 2900B de 1937 foi eleito “Best of Show” na edição de 2019. @ A. Lange & Söhne
Curvas voluptuosas: o Alfa Romeo 8C 2900B de 1937 que foi eleito ‘Best of Show’ na edição de 2019. @ A. Lange & Söhne

A manufatura A. Lange & Söhne tem patrocinado o Concorso d’Eleganza Villa d’Este desde 2012. A competição realiza-se anualmente nas margens do Lago Como no final do mês de maio. E para tão exclusivo certame em tão belo cenário que se concentra na beleza e na elegância de raros automóveis clássicos, a marca germânicae criou um modelo original: um exemplar único do seu Lange 1 Time Zone com a designação especial ‘Como Edition’. E é um relógio que não está à venda. Está somente reservado para o vencedor da categoria ‘Best of Show’.

Lange 1 TimeZone Como Edition 2019. © A. Lange & Söhne
Pormenor do mostrador do Lange 1 TimeZone ‘Como Edition’ de 2019, personalizado com ‘Como’ em vez de ‘Berlim’ no anel das cidades referentes aos 24 fusos horários. © A. Lange & Söhne

O relógio, doado anualmente pela A. Lange & Söhne aos organizadores desde 2012, destina-se a reconhecer o tempo e o empenho investidos pelo proprietário do carro vencedor na preservação para a posteridade da sua obra de arte automóvel. Wilhelm Schmid enfatizou essa ideia em particular no seu discurso na cerimónia da entrega de prémios: “A nossa responsabilidade vai muito para além do dia presente. Todos vós estão a preservar para o futuro parte de uma rica herança cultural”.

O charme de Villa d'Este, nas margens do lago Como. @ A. Lange & Söhne
O charme de Villa d’Este e a classe de automóveis de exceção. @ A. Lange & Söhne

O RELÓGIO

O relógio que vale como prémio baseia-se na edição regular do Lange 1 Time Zone. Graças a uma indicação prática da hora local e da hora no ponto de origem, é um instrumento do tempo que se revela um companheiro perfeito para utilizadores cosmopolitas. Durante o desenvolvimento do modelo, o objetivo primordial do departamento técnico foi conseguir uma legibilidade ideal. O mostrador perfeitamente organizado permite, através de um único relance, a aferição da hora local e do tempo num segundo fuso horário. Esse segundo fuso horário é selecionado através de um anel rotativo no perímetro do mostrador que inclui todos os 24 fusos horários e que pode ser confortavelmente avançado hora a hora através de um botão. Com requintados acabamentos à mão e assemblado duas vezes, o calibre mecânico de fabrico próprio apresenta uma reserva de corda de três dias.

O Lange 1 Time Zone "Como Edition" de  2019. © A. Lange & Söhne
Um relógio cosmopolita: o Lange 1 Time Zone ‘Como Edition’. © A. Lange & Söhne

Numa comparação com a versão regular do respetivo modelo, o “Como Edition” apresenta duas caraterísticas especiais: o fuso horário correspondente à Hora Central Europeia no disco rotativo das cidades não está representado por Berlim, como habitualmente, mas por Como, em homenagem à localidade onde o certame se realiza; adicionalmente, o relógio está dotado de uma cuvette. O que significa, por outras palavras, que o Lange 1 Time Zone tem uma tampa em ouro branco gravada à mão que se pode abrir e fechar sobre o fundo transparente em vidro de safira que permite admirar o mecanismo.

A gravação no fundo de tampa do Lange 1 Time Zone "Como Edition" de 2019. © A. Lange & Söhne
A gravação no fundo de tampa do Lange 1 Time Zone ‘Como Edition’ de 2019. © A. Lange & Söhne

A gravura da tampa, executada manualmente, presta devidamente homenagem ao concurso: a inscrição “Concorso d’Eleganza Villa d’Este” enquadra o brasão do evento e a referência a dois anos de calendário – que estabelecem a ligação de tempo entre a primeira edição da competição, em 1929, e a presente edição, representada pelo ano 2019.

Bela panorâmica de Villa d'Este, com o lago Como como pano de fundo. © A. Lange & Söhne
Bela panorâmica de Villa d’Este, com o lago Como como pano de fundo. © A. Lange & Söhne

OS CARROS

Ao longo dos oito anos da associação ao Concorso, o Lange 1 Time Zone ‘Como Edition’ fez dupla com automóveis verdadeiramente excecionais – premiando alguns dos mais belos automóveis jamais concebidos.

"Best of Show": o Alfa Romeo 8C 2900B de 1937. © A. Lange & Söhne
‘Best of Show’: o fabuloso Alfa Romeo 8C 2900B de 1937. © A. Lange & Söhne

Em 2012, no primeiro ano da parceria, o canadiano David Cohen ganhou a competição graças ao seu Alfa Romeo 6C 1750 GS 6th Series Coupé de 1933 com carroçaria Figoni. No ano seguinte, em 2013, o famoso criador de moda norte-americano Ralph Lauren levou para casa o cobiçado prémio ‘Best of Show’ pelo seu Bugatti 57 SC Atlantic Coupé, fabricado em 1938 com uma carroçaria de Jean Bugatti. Em 2014, Wilhelm Schmid agraciou o vencedor da categoria ‘Best of Show’, Albert Spiess, pelo triunfo do seu Maserati 450 S. O americano David Sydorick, dono de um Alfa Romeo 8C 2300 Spider Zagato, venceu pela primeira vez o galardão ‘Best of Show’ do júri do Concorso d’Eleganza na edição de 2015. O prémio de 2016 para o mais belo carro da histórica competição foi entregue ao anónimo proprietário do Maserati A6 GCS de 1954.

O Alfa Romeo Giulietta Sprint Speciale Prototipo construido em 1957 e vencedor em 2017. @ A. Lange & Söhne
O magnífico Alfa Romeo Giulietta Sprint Speciale Prototipo, construido em 1957 e vencedor em 2017. @ A. Lange & Söhne

Em 2017, o carro considerado o mais espetacular do certame foi o Alfa Romeo Giulietta Sprint Speciale Prototipo construído em 1957, de Corrado Lopresto. Em 2018, o Dr. Friederike Hrubesch-Mohringer e Andreas Mohringer arrecadaram o primeiro prémio com o seu Ferrari 335 Sport de 1958. Como se pode constatar, a indústria automóvel transalpina está muito bem representada no palmarés – com sete triunfos nas últimas oito edições…

Wilhelm Schmid e a mecânica do Alfa Romeo 8C 2900B de 1937. @ A. Lange & Söhne
Wilhelm Schmid e a mecânica do Alfa Romeo 8C 2900B de 1937. © A. Lange & Söhne

ROMEO & GIULIETTA

Em oito anos, a Alfa Romeo arrecadou o prémio ‘Best of Show” do Concorso d’Eleganza Villa d’Este por quatro vezes. E se este ano a vitória foi para uma berlina negra dos anos 30, há dois anos venceu um belo coupé desportivo vermelho.

O Alfa Romeo Giulietta Sprint Speciale Prototipo que venceu a edição de 2017. © A. Lange & Söhne
As esbeltas linhas do Alfa Romeo Giulietta Sprint Speciale Prototipo. © A. Lange & Söhne

Nos bastidores do certame que exalta os mais belos carros do mundo, Wilhelm Schmid e o colecionador de automóveis Duccio Lopresto juntaram-se para uma conversa em que trocaram ideias sobre famosos designers, lendas das corridas e proeminentes aficionados. A estrela do encontro foi o sensacional Alfa Romeo Giulietta Sprint Speciale Prototipo de 1957 pertencente à família do colecionador, que arrecadou o prémio principal há dois anos.

Duccio Lopresto e Wilhelm Schmid. © A. Lange & Söhne
À conversa em Villa d’Este: Duccio Lopresto e Wilhelm Schmid. © A. Lange & Söhne

O Alfa Romeo Giulietta Sprint Speciale Prototipo de 1957, que é propriedade da família Lopresto, foi nomeado “Best of Show” na edição de 2017 do Concorso d’Eleganza. O belo coupé foi desenhado por Franco Scaglione, um designer que trabalhou para a Bertone nos anos 1950 e que idealizou algumas das mais elegantes carroçarias de automóvel jamais concebidas.

ALS_Talk_to_the_driver_1_011_1896118
A bela silhueta do Alfa Romeo Giulietta Sprint Speciale Prototipo foi desenhada por Franco Scaglione. © A. Lange & Söhne

Durante a conversa, Duccio Lopresto referiu que, enquanto colecionador, a sua perspetiva é a de quebrar as barreiras entre a arte e os automóveis – e de voltar a colocar tão especiais máquinas na estrada, de modo a que toda a gente as possa apreciar devidamente.

Duccio Lopresto e o Alfa Romeo Giulietta Sprint Speciale Prototipo da família. @ A. Lange & Söhne
Duccio Lopresto e o Alfa Romeo Giulietta Sprint Speciale Prototipo pertencente à sua família. @ A. Lange & Söhne

Wilhelm Schmid apoia essa intenção: “O Concorso d’Eleganza personifica o conceito do colecionismo, da preservação e da garantia de que tais obras de arte sobrevivam ao teste do tempo. E é por isso que estamos comprometidos com o mundo dos automóveis clássicos. Reflete a nossa paixão pela mecânica sofisticada e pela estética entusiasmante que está profundamente enraizada na cultura corporativa da A. Lange & Söhne”.

Um relógio de exceção e um carro excecional. © A. Lange & Söhne
Um relógio de exceção e um carro excecional. © A. Lange & Söhne

As outras parcerias da manufatura A. Lange & Söhne com o universo dos automóveis clássicos – o Classic Days Castle Dyck (de 2 a 4 de agosto de 2019) e o Concours of Elegance Hampton Court Palace (de 6 a 8 de setembro de 2019) – também estão alicerçadas nessa convicção. São locais de encontro para ambiciosos colecionadores e conhecedores que abraçam a missão de preservar notáveis valores culturais. Notáveis valores que seduzem e fazem sonhar; apesar de estarem associados a indústrias tão sérias como a dos automóveis e da relojoaria, têm também uma conotaçãoo lúdica muito especial: não se costuma dizer que os carros e os relógios são os brinquedos preferidos dos homens?

Sofisticação automóvel, classe intemporal. @ A. Lange & Söhne
Sofisticação automóvel, classe intemporal. @ A. Lange & Söhne

Outras leituras