fbpx

Três relógios em cerâmica branca que saltam à vista

Chanel, Rado e Richard Mille foram algumas das marcas que, neste início de 2021, apresentaram novos modelos em cerâmica branca. De aparência delicada, mas simultaneamente sofisticados, são relógios que causam impacto e que têm uma palavra a dizer.

A cerâmica técnica é um daqueles materiais que, quando bem aplicado, funciona na perfeição para atribuir um caráter mais sofisticado e até futurista aos relógios de pulso. Ao mesmo tempo funciona muito bem quando combinada com outros materiais e até mesmo com pedras preciosas, sendo ainda destacada pelas suas particulares propriedades: hipoalergénica, distingue-se pela sua dureza, resistência aos riscos, choques e abrasões.

A Rado e a Chanel são marcas que tendem a ser referenciadas enquanto incontornáveis no domínio da utilização da cerâmica técnica em relojoaria. Mas também a Hublot e a Richard Mille têm vindo a lançar de ano para ano novidades neste material.

Hoje apresentamos uma seleção de três relógios em cerâmica branca lançados neste início de 2021. E todos eles, pelas suas especificidades, transmitem-nos aquela sensação de que gostaríamos de ver como ficam no nosso pulso.

Chanel Mademoiselle J12 Acte II

Chanel Mademoiselle J12 Acte II visto de frente
Chanel Mademoiselle J12 Acte II | © Chanel

Depois de, em 2020, ter celebrado o 20º aniversário do J12, a Chanel volta a unir cerâmica e diamantes num dos seus mais reconhecíveis modelos. E, tal como aconteceu em 2017, e mesmo em 2020, a estrela é Coco Chanel representada através de um pingente pendurado na coroa. Com 12 diamantes de corte baguete no mostrador lacado como indexes das horas e fundo gravado, o novo relógio é complementado por uma luneta fixa em ouro branco e vidro de safira, com motivo decorativo baguete. A coroa é concebida também em ouro branco e nela descobre-se a figura estilizada de Gabrielle Chanel com um diamante no chapéu. O novo Chanel Mademoiselle J12 Acte II está equipado com movimento de quartzo e indica as horas, minutos e segundos por meio de ponteiros centrais. Com fecho de báscula triplo, o relógio tem bracelete de cerâmica e é lançado numa edição limitada a 555 exemplares. Foi apresentada ainda uma edição similar em cerâmica preta. Visite o site oficial da Chanel para mais informações.

Rado True Thinline Stillness

Rado True Thinline Stillness em cerâmica branca
Rado True Thinline Stillness | © Rado

Tranquilidade e leveza. Talvez sejam estas algumas das sensações transmitidas por esta novidade recentemente lançada pela Rado em parceria com a trend researcher Li Edelkoort. De facto, segundo a especialista, no mundo atual parece começar a surgir uma necessidade de abrandamento e de questionamento do sentido da vida e do trabalho. Ao mesmo tempo, há uma busca de calma, transparência e autenticidade, algo que Li Edelkoort explica: «As pessoas estão finalmente preparadas para mudar o seu comportamento e libertar-se do vício das compras. A indústria irá responder a isto, reduzindo os designs e produzindo por fim produtos responsáveis. Mas tal não significa que iremos parar de fazer objetos bonitos – pelo contrário.»

Pormenores do Rado True Thinline Stillness visto de lado e fundo de caixa.
Rado True Thinline Stillness | © Rado

E desta visão nasceu o novo Rado True Thinline Stillness. Com uma reduzida caixa de apenas 5mm em cerâmica high-tech branca numa construção monobloco, o novo relógio tem 39mm de diâmetro e é complementado por um fundo em titânio com vidro de safira gravado com a referência «STILLNESS Lidewij Edelkoort SINCE 2020». Depois, tudo no relógio é um hino à tranquilidade e um convite à contemplação graças à cor branca que domina por completo. Inclusive a bracelete e os ponteiros – que parecem desaparecer aos olhos… Visite o site oficial da Rado para mais informações.

Richard Mille RM 037 White Ceramic Automatic

Richard Mille RM-037 visto de frente
Richard Mille RM 037 | © Richard Mille

A Richard Mille estreou-se em 2021 com o lançamento de um novo modelo feminino na coleção RM 037. Desta vez, a marca voltou a apostar na característica caixa de formato tonneau para dar vida a um sofisticado relógio em cerâmica branca ATZ de elevada dureza, complementado por um movimento automático esqueletizado, um mostrador em madrepérola com diamantes e uma bracelete branca.

Imagens do mostrador e do fundo de caixa com movimento do Richard Mille RM-037
Richard Mille RM-037 | © Richard Mille

Os apontamentos de relevância passam também pelos elementos em ouro branco, nomeadamente na estrutura lateral da caixa e nos botões. Além das horas e minutos, o relógio indica a data numa janela às 12 horas e inclui um botão às 4h para seleção da funcionalidade sem necessidade de tocar na coroa – dar corda (W), modo neutro (N) ou acertar as horas (H) – graças a um sistema patenteado que a integra completamente na caixa. A função selecionada é apresentada numa abertura às 3h. Já o botão localizado às 11h permite acertar a data.

O movimento de corda automática que equipa o novo relógio integra pontes e platinas em titânio de Grau 5 escurecido por meio de PVD pode ser apreciado parcialmente através do mostrador ou com maior detalhe através do fundo em vidro de safira. O destaque vai também para o rotor esqueletizado em ouro vermelho. Visite o site oficial da Richard Mille para mais informações.

Outras leituras