fbpx

Patek Philippe Ref. 6301P-001 Grande Sonnerie

A Patek Philippe anunciou recentemente o novo Ref. 6301P-001 Grande Sonnerie, uma grande complicação acústica capaz de executar 1056 batimentos em 24 horas. O movimento inclui 703 componentes e está protegido por três patentes.

Depois de vários lançamentos ao longo dos últimos meses, a Patek Philippe resolveu terminar em cheio o ano de 2020 com a apresentação, em novembro, do Ref.6301P-001 Grande Sonnerie, uma grande complicação acústica que alberga um calibre que deriva do movimento de uma outra obra-prima da marca, o Grandmaster Chime.

O novo Ref.6301P-001 Grande Sonnerie é o primeiro relógio de pulso da manufatura que, segundo a própria Patek Philippe, apresenta “a grande sonnerie como a epítome das complicações relojoeiras na sua forma mais pura, complementada com uma petite sonnerie e repetição de minutos.” Ao todo, compreende seis complicações.

Patek Philippe Ref.6301P-001 Grande Sonnerie

Patek Philippe Grand Complications Grande Sonnerie 6301P-001
O novo Grande Sonnerie Ref. 6301P-001 apresentado em novembro passado. © Patek Philippe

Com uma caixa em platina de 44,8 mm particularmente delgada para a complexidade que encerra, o Ref.6301P-001 Grande Sonnerie tem um mostrador preto em esmalte Grand Feu e surpreende pela aparente simplicidade e elegância. Os numerais Breguet e os ponteiros em ouro branco (preenchidos com revestimento luminescente) destacam-se contra o fundo negro esmaltado e são os elementos que mais se distinguem à primeira vista, mas depois podemos perder-nos pelos indicadores das ‘reservas de corda’, dedicadas a diferentes partes do movimento: à indicação do tempo (às 9 horas) e ao movimento acústico (às 3 horas). Nas seis horas, encontra-se o submostrador dos pequenos segundos com segundos saltantes.

Patek Philippe Grand Complications Grande Sonnerie 6301P-001
Com o botão na base da caixa, é possível optar pelo modo ‘petite sonnerie’ ou pelo modo ‘silêncio’. © Patek Philippe

Mas por trás desta elegante simplicidade (algo reminiscente da estética do cronógrafo rattrapante Ref. 5370P) esconde-se uma enorme complexidade técnica que tem como protagonista a indicação acústica do tempo — uma área que a Patek Philippe domina especialmente. E essa complexidade pode descobrir-se ao manusearmos o relógio, ativando o movimento ou esperando que ele fale por si, ou virando a caixa, que graças ao vidro de safira, revela de imediato o espetáculo mecânico.

Aqui fica um vídeo que destaca a nova estrela da casa genebrina:

Com 703 componentes, o Calibre GS 36-750 PS IRM que equipa o novo relógio surpreende por ser compacto e complexo, com 34mm de diâmetro e 7,5mm de altura. Integra dois tambores de corda duplos, um dedicado à indicação do tempo e o outro ao mecanismo acústico — o resultado traduz-se numa reserva de corda e 72 horas para o movimento e de 24 horas para a parte acústica. E, com esta solução, ficou assim resolvido um dos grandes problemas técnicos associados ao desenvolvimento de relógios com grande sonnerie: controlar a energia necessária para dar uma resposta eficiente e qualitativa ao automatismo desta complicação. Graças à energia armazenada no tambor gémeo de corda, o novo Grande Sonnerie da Patek Philippe é capaz de executar 1056 batimentos em 24 horas.

Como foi referido, esta proeza da micromecânica apresenta seis complicações, inclui um carrilhão com três gongos clássicos — grave, médio e agudo — e está protegido por três patentes.

Patek Philippe Grand Complications Grande Sonnerie 6301P-001
Calibre GS 36-750 PS IRM © Patek Philippe

Soar o tempo

Gongos e martelos. São estes os elementos que fazem ouvir o tempo. Os três gongos estão fixos no movimento e não devem tocar uns nos outros nem em outras partes da caixa ou movimento, mesmo tendo em conta o espaço compacto que lhes é reservado. E é nesses gongos que batem três pequenos martelos de tamanho e massa similar, garantindo um batimento uniforme e simultaneamente mais melódico — precisamente devido ao número de gongos: três, contra os mais habituais dois, o que lhe dá o estatuto de carrilhão.

Patek Philippe Grand Complications Grande Sonnerie 6301P-001
Os pequenos segundo saltantes estão localizados às 6 horas. O botão inserido na coroa serve para ativar a repetição de minutos. © Patek Philippe

Um relógio com grande sonnerie toca automaticamente as horas e os quartos de hora, mas não toca os minutos — a não ser ‘a pedido’. Neste caso, através de um botão localizado entre as asas na parte de baixo da caixa, pode-se escolher entre o modo ‘silêncio’ ou o modo ‘petite sonnerie‘ que toca as horas na hora certa e os quartos a cada quarto, de forma isolada. No modo ‘silêncio’, o mecanismo automático acústico é desativado.

Já a repetição de minutos tem de ser ativada. Muitas vezes, a ativação é feita por uma alavanca deslizante, mas no Ref.6301P é um botão integrado na coroa que permite ativar o mecanismo de repetição de minutos. E aí sim, podemos ouvir soar no momento as horas certas: as horas com o som mais grave em batimentos que igualam o número de horas, os quartos de hora com o som médio, num sequência de três batimentos por cada quarto e, por fim, com som agudo, os batimentos rápidos que temos de somar aos quartos de hora até completar os minutos certos da sequência temporal.

Patek Philippe Grand Complications Grande Sonnerie 6301P-001
Na caixa, encontra-se um diamante incrustado, tal como a marca costuma fazer com todos os modelos em platina. No entanto, no novo relógio, o diamante está incrustado as 12 horas, em vez da posição habitual às 6 horas, tendo em conta o botão de seleção de modo ‘silêncio’ ou modo ‘petite sonnerie’. © Patek Philippe

A Patek Philippe explica que as 24 horas de reserva de corda do mecanismo acústico permitem ao relógio tocar as horas completas e os quartos durante um dia inteiro e a característica uniforme de torque assegura uma densidade de som otimizada. Ao puxar a coroa e rodá-la no sentido dos ponteiros do relógio, dá-se corda aos dois tambores gémeos dedicados ao trem de engrenagens do relógio e rodando no sentido anti-horário dá-se corda ao mecanismo acústico.

Na caixa, encontra-se um diamante incrustado, tal como a marca costuma fazer com todos os modelos em platina. No entanto, no novo relógio, o diamante está incrustado as 12 horas, em vez da posição habitual às 6 horas, tendo em conta o botão de seleção de modo ‘silêncio’ ou modo ‘petite sonnerie’ que já referimos.

Patek Philippe Grand Complications Grande Sonnerie 6301P-001
Os ponteiros são preenchidos com revestimento luminescente. © Patek Philippe

Com o novo Grande Sonnerie Ref. 6301P-001, a Patek Philippe demonstra mais uma vez a sua mestria no domínio das complicações acústicas, fazendo questão de salientar que se trata de um instrumento do tempo que permite destacar o lado sonoro na sua forma mais pura – ao qual se acrescenta ainda a indicação de segundos saltantes, com toda a complexidade que encerra. Se em 1989, a marca lançou o Calibre R27, o seu primeiro movimento com repetição de minutos inteiramente desenvolvido e concebido in-house, “criando a plataforma para o regresso de instrumentos do tempo de repetição”, com o Grandmaster Chime e agora com a nova referência enquanto parte da coleção regular, a marca refere que iniciou um novo capítulo que abre caminho para novos desenvolvimentos no campo da grande sonnerie. A este propósito, vale a pena visitar no site da marca uma secção recentemente lançada que explora a vertente acústica da Patek Philippe.

Lembramos que o novo Grande Sonnerie Ref. 6301P-001 não se trata de uma edição limitada. O preço é disponibilizado sob consulta.


Características técnicas

Patek Philippe
Grande Sonnerie Ref. 6301P-001
Ano de lançamento | 2020

Movimento | Movimento mecânico de corda manual, Calibre GS 36-750 PS IRM, 25.200 alt/h (3,5Hz), 72 horas de reserva de corda e 24 horas de reserva de corda para o mecanismo acústico. Diâmetro: 37 mm. Altura: 7.5 mm. 703 componentes. Balanço Gyromax®, espiral Spiromax®. Selo Patek Philippe.
Funções | Horas, minutos, pequenos segundos saltantes, indicadores de reserva de marcha tanto para as indicações horárias, como para o sistema acústico, grande e petite sonnerie, repetição de minutos com três gongos clássicos.
Caixa Ø 44,8 mm e 12mm de espessura | Platina, vidro de safira. Resistente à humidade e à poeira. Não estanque à água.
Mostrador | Preto em esmalte Grand Feu. Numerais Breguet aplicados em ouro branco. Ponteiros com revestimento luminescente.
Bracelete | Pele de aligátor com fecho de báscula.
Preço | Sob consulta

Patek Philippe Grand Complications Grande Sonnerie 6301P-001
Patek Philippe Grande Sonnerie Ref. 6301P-001

Visite o site oficial da Patek Philippe para mais informações.

Outras leituras