fbpx

As principais novidades da Panerai

Muita luminescência, materiais inovadores, uma aposta declarada na linha Luminor e um modelo Submersible excecional associado ao lendário Mike Horn: passamos em revista algumas das principais novidades da Panerai em 2020 e apresentamos uma seleção de favoritos de dois Paneristi portugueses.

Em 2020, e no reforço das diretrizes implementadas pelo seu relativamente recente CEO (Jean-Marc Pontrué), a Panerai revelou-se extremamente profícua no lançamento de novos modelos e na utilização de novos materiais. A companhia de origem florentina escolheu o Luminor como protagonista central de um ano extremamente complicado em todos os parâmetros e a nível global, sendo forçada a apresentar virtualmente as suas novidades na plataforma digital da Watches & Wonders em abril — e fê-lo em força, com um naipe de modelos de grande relevância estratégica para a marca posteriormente complementados com mais alguns exemplares anunciados na segunda metade do ano.

Sempre em busca de materiais de ponta: uma das diretrizes da Panerai nos últimos anos © Miguel Seabra/Espiral do Tempo

O foco no Luminor tem a ver com o facto de a Panerai considerar que em 2020 se celebram 70 anos desde a primeira utilização da substância luminescente que se tornou numa imagem de marca da companhia florentina — e que depois daria origem à própria nomenclatura Luminor, associada aos modelos dotados do emblemático sistema de ponte protetora da coroa.

A estrutura protetora da ponte e a alavanca de pressão que reforça a estanqueidade em destaque no novo Luminor Marina Goldtech Sole Blu 44mm – PAM01112 © Panerai

Pouco depois do lançamento do primeiro lote de novidades no contexto da Watches & Wonders, tivemos a oportunidade de falar com Alessandro Ficarelli — que, apesar da sua relativa juventude (45 anos), é hoje em dia um histórico da Panerai e alguém que faz a ponte entre a carismática liderança do agora reformado Angelo Bonatti e a nova direção de Jean-Marc Pontroué, sendo também Diretor de Produto. Obviamente, as novidades de 2020 já estavam preparadas com grande antecedência (normalmente estão prontas entre um e dois anos antes) e não foram influenciadas pela pandemia, sendo que há muito que estava determinado que o Luminor seria o foco da coleção. Face ao inesperado contexto que apanhou o mundo de surpresa, houve apenas alguns ajustamentos e o adiar da divulgação de alguns produtos, mas foi mesmo na linha Luminor que incidiram os principais destaques, a par de alguns modelos na linha Submersible (que anteriormente até era uma subdivisão da própria gama Luminor) e na linha Radiomir.

Giovani Panerai à porta da sua loja ‘Orologeria’, por volta de 1860; os relógios Panerai celebrizaram-se por equipar mergulhadores italianos que se sentavam em torpedos submarinos © Panerai

A Panerai é uma marca que suscita enormes paixões e que tem um contributo muito maior para a relojoaria contemporânea do que se pode pensar. Mergulhando na sua história marítima e na produção de instrumentos funcionais de caráter militar, ressurgiu em força na década de 90 e foi fundamental tanto para a moda dos relógios sobredimensionados como para a instauração do estilo neo-vintage. Saiu do nicho dos aficionados puros e duros, ganhando fama mundial sem perder um carácter exclusivo; hoje em dia, é muito mais do que uma marca de culto de inspiração retro-militar: é uma manufatura integrada com tecnologia de ponta. No entanto, apesar da sua inspiração vincadamente retro, a Panerai também se lançou na exploração de novos materiais de ponta tanto nas caixas como nos próprios movimentos mecânicos — afinal de contas, a influência náutica e a ligação à America’s Cup (mais precisamente ao Luna Rossa Team, devido à natural cumplicidade italiana) implicam igualmente um papel inovador nessa área.

Panerai Luminor Marina Fibratech Vulcano Blu PAM 1663 e Luminor Logo PAM 1086 © Cesarina Sousa / Espiral do Tempo

E é essa tendência que, em 2020, reforça o ano do Luminor: o investimento tecnológico em materiais e fibras inovadoras, a par de novas soluções de luminescência. A Panerai tem um posicionamento muito peculiar tendo em conta a sua história, apresentando-se frequentemente numa encruzilhada entre o passado e o futuro — se bem que os Paneristi apreciem maioritariamente os modelos históricos e tantas vezes exijam mais variantes inspiradas num pretérito que consideram perfeito. «Quando as paixões são exacerbadas, há sempre muita exigência por parte dos tifosi. Mas é nossa prioridade sermos inovadores em tudo o que fazemos, com um foco especial na sustentabilidade», disse-nos então Alessandro Ficarelli, habituado a lidar com os entusiastas mais fundamentalistas há quase duas décadas.

Alessandro Ficarelli © Panerai

Depois da primeira caixa em titânio reciclado e de uma bracelete elaborada a partir de plástico reciclado, em 2020 as atenções centram-se no Fibrotech (70 por cento mais leve do que o aço e 50 por cento mais leve do que o titânio) e na estreia do chamado Gold Tech — até porque a marca procura sempre materiais totalmente imunes a qualquer processo de corrosão, o que também está de acordo com a sua tradição marítima. O explorador e aventureiro Mike Horn acaba por ser o melhor embaixador da Panerai nesse sentido e o EcoPangaea tornou-se naturalmente na estrela da companhia em 2020.

Mike Horn e o Submersible EcoPangea Tourbillon GMT

Submersible EcoPangaea Tourbillon GMT 50mm ‘Mike Horn’ – PAM01108 © Panerai

O Submersible EcoPangaea Tourbillon GMT Mike Horn Edition está limitado a somente cinco exemplares e apresenta uma caixa em metal produzido a partir do casco do Pangaea, o barco utilizado por Mike Horn na circunavegação do globo. O material foi purificado e aperfeiçoado até ser utilizado para a caixa de um relógio de visual moderno e mostrador esqueletizado; a caixa sobredimensionada de 50mm inclui também um anel interior de ferro macio que protege dos efeitos perniciosos dos campos magnéticos um movimento de corda manual espetacular: o Calibre P.2006/T, feito em titânio e com três tambores de corda que permitem seis dias de reserva de marcha e o funcionamento de um turbilhão de 30 segundos que funciona num eixo perpendicular. É o primeiro Submersible dotado de um turbilhão e a aquisição da peça está associada a uma experiência do cliente com o próprio Mike Horn no Pólo Norte.

Marina ’70 Years of Luminor’

Os detalhes de luminescência no Luminor Marina Fibratech 44mm – PAM 01119 © Panerai

Submersible EcoPangaea e Submersible Azzurro (outro favorito) à parte, a gama Marina ’70 Years of Luminor’ destaca-se entre as novidades de 2020 e joga com o tema da luminosidade, aplicando materiais luminescentes ao anel exterior da luneta, à ponte protetora da coroa e até mesmo à bracelete. Há três variantes, todas elas com caixa de 44 milímetros: o Luminor Marina PAM01117 de mostrador azul e bracelete velcro azul, o Luminor Marina Carbotech PAM01118 e o Luminor Marina Fibratech PAM01119. A caixa baseada no Luminor Marina é concebida usando a tecnologia DMLS (Direct Metal Laser Sintering), que faz com que o peso não ultrapasse os 100 gramas (bracelete incluída). E cada uma das peças está dotada de uma garantia de… 70 anos, tal a confiança que a Panerai deposita nesses modelos comemorativos. O novo material Fibratech, formado por um composto de fibras naturais de basalto e eco-sustentáveis enriquecidas com propriedades minerais, está também presente no Luminor Marina Fibratech (PAM01663) — cuja luneta e coroa negras contrastantes são confecionadas em Fibratech. O visual técnico e moderno combinado com o mostrador azul dégradé fez dele instantaneamente um dos favoritos da crítica e dos aficionados.

Luna Rossa Team

Luminor Luna Rossa Regatta (PAM01038), Luminor Luna Rossa GMT (PAM01036) e Luminor Luna Rossa Chrono Flyback (PAM01037) © Panerai

Depois há os modelos associados ao patrocínio da escuderia Luna Rossa Team na America’s Cup, também com um visual de ponta e materiais extremamente avançados em titânio e fibra de vidro. E o impactante mostrador, rico em textura e com detalhes vermelhos a sobressaírem, é feito a partir de uma lâmina retirada das velas técnicas do monocasco AC75 do Luna Rossa Team. O Calibre P9010 recebeu um módulo GMT adicional para apresentar um fuso horário adicional sempre muito útil para qualquer velejador e viajante.

Paneristi Portugal

Para complementar a apreciação aos mais destacados modelos desvelados em 2020 pela Panerai, convidámos — separadamente! — dois grandes aficionados da marca a apresentar uma lista dos seus cinco modelos preferidos entre os lançamentos do ano. João Gentil e Alexandre Figueiredo, que integram também o grupo Paneristi Portugal, escolheram três modelos coincidentes sem o saberem.

Encontro_Paneristi_Portugal_01
O primeiro encontro Paneristi Portugal ocorreu em finais de 2019 no restaurante Il Covo © DR

A pandemia inviabilizou que, em 2020, se organizasse o segundo encontro do grupo Paneristi Portugal e se debatessem as novidades — que foram parcialmente apresentadas em outubro, na boutique da marca na Avenida da Liberdade, em Lisboa, e com restritas condições de distanciamento social. De qualquer modo, aqui ficam as escolhas dos dois conhecidos membros — na sua ordem original:

João Gentil

PAM02020: Radiomir Venti 45mm
Um relógio muito especial para a Panerai e para os Paneristi. Um Radiomir com uma caixa em aço envelhecido e um mostrador de um castanho resplandecente e irradiante — um relógio que traduz e mistura o velho com o novo, a história e a continuidade na direção do futuro, a fiabilidade e a resiliência. Uma homenagem aos Paneristi de todo o mundo que fazem da Panerai um relógio de todos para todos, um símbolo da amizade e da cumplicidade!

Radiomir Venti – PAM 2020 © Panerai

PAM01314: Luminor Marina 44mm
Um Luminor 1950 de 44mm com mostrador branco e luminescência cinzenta — uma inovação deste ano no catálogo da Panerai que traduz um misto de elegância e cariz militar.

Luminor Marina – PAM 1314 © Panerai

PAM01086: Luminor Base Logo 44mm
Um modelo de entrada que representa a simplicidade, a leitura imediata, a elegância no pulso — um relógio designado como ‘Logo’, agora dotado de um movimento de manufatura: o calibre P.6000, um movimento de corda manual com três dias de reserva de marcha! A relação preço/qualidade é imbatível.

Panerai Luminor Base Logo – PAM 1086 © Susana Gasalho/Espiral do Tempo

PAM01085: Luminor Blu Mare 44mm
Um Luminor com a denominada ‘caixa Betarini’ de 44mm que, sendo um relógio visualmente muito quadrado (virtualmente), tem na cor uma elegância e leitura que fazem com que nunca passe despercebido!

Luminor Blu Mare – Pam1085 © Panerai

PAM01662: Luminor Marina Tutto Grigio DMLS 44mm
Uma escolha pela contínua procura por um novo material que represente a atualidade, bem como um ponto de partida para um futuro na procura da resistência e da fiabilidade — argumentos que a Panerai defendeu desde os primeiros anos e procurou fortalecer como fornecedor oficial da marinha de guerra italiana.

Luminor Marina – PAM 1662 © Panerai

Alexandre Figueiredo

AlexandreFigueiredo

PAM01662: Luminor Marina Tutto Grigio DMLS 44mm
A conjugação entre a caixa de titânio e a luneta em Carbotech, em combinação com a cor escolhida para o mostrador, resulta num relógio desportivo espetacular e bem equilibrado.

Panerai Luminor Marina – PAM 1662 © Susana Gasalho/Espiral do Tempo

PAM01086: Luminor Base Logo 44mm
Um modelo de entrada de gama que sofreu melhorias estéticas e técnicas que se traduzem num modelo ainda mais apetecível. Foi uma agradável surpresa, um dos modelos de 2020 que mais me surpreendeu e agradou.

Panerai Luminor Base Logo – PAM 1086 © Panerai

PAM01314: Luminor Marina 44mm
De entre as novidades em aço apresentadas este ano, é sem dúvida o modelo que realmente me faz vibrar. Finalmente o famoso sandwich dial é apresentado na cor branca. Um relógio simplesmente lindo.

Panerai Luminor Marina – PAM 1314 © Cesarina Sousa/Espiral do Tempo

PAM01663: Luminor Marina Fibrotech Vulcano Blu 44mm
A utilização de materiais high-tech tanto na caixa como na luneta, e em conjunto com um mostrador que se revela hipnotizante, fazem deste modelo um conjunto vencedor.

Luminor Marina Fibratech – PAM 1663 © Panerai

PAM01316: Luminor Marina Specchio Blu 44mm
Provavelmente o único Panerai com bracelete em aço que eu usaria. A bracelete metálica, completamente redesenhada e com novas caraterísticas construtivas, faz deste modelo específico um must para quem gosta de usar braceletes em aço.

Luminor Marina Specchio Blu 44mm – PAM01316 © Panerai

Outras leituras