fbpx

Novidades 2019: Corum Admiral AC-One 45 Chronograph

O célebre almirante britânico Horatio Nelson, que ficou conhecido durante as guerras napoleónicas, pela vitória na batalha naval de Trafalgar sabia o valor do tempo. Por isso repetia: «O tempo é tudo. Cinco minutos fazem a diferença entre uma vitória e uma derrota.» Não por acaso, almirante equivale a comandante do mar. A Corum, ciente do significado e peso da palavra «almirante» criou em 1960 a coleção Admiral, refletindo a sua relação com o mar. Agora refresca a sua identidade marítima com o novo Admiral AC-One 45 Chronograph.

— 

A coleção Admiral é um dos referentes da memória e tradição da Corum. Introduzida apenas cinco anos após a criação da marca, tornou-se um símbolo da sua atividade, sempre interessada a estreitar a relação com o mundo marítimo. É certo que este novo Admiral AC-One 45 Chronograph navega em busca de novos horizontes, com mudanças na imagem e também com uma aproximação a um universo desportivo mais urbano. É, assim, uma aposta forte. Trata-se, como é visível, de um relógio de impetuosos contornos masculinos, equilibrando uma imagem de poder e de elegância, sem esquecer o seu desempenho.

Lançada em 1960, a linha Admiral tinha a ver com as regatas de iates Admiral’s Cup iniciada em 1957. A relação entre a vela, o mar e o tempo era íntima nesta nova concepção. Com o tempo, novos modelos foram surgindo, sendo emblemática a introdução, em 2013, do Admiral’s Cup AC-One 45 Chronograph. Evoluiu, inclusive, de um caixa quadrada inicial para um design de 12 lados, que se tornou uma referência. Ganhou também novas possibilidades com a inclusão de madeira, como foi o caso do Admiral’s Cup AC-One 45 Bois. Mas sempre ostentou com orgulho a sua herança náutica.

Corum Admiral AC-One 45 Chronograph

Corum Admiral AC-One 45 Chronograph. Mostrador branco e caixa em titânio. © Corum
Admiral AC-One 45 Chronograph. Mostrador branco e caixa em titânio. © Corum

Este novo Admiral AC-One 45 Chronograph retém a essência do seu antecessor, mas introduz-lhe detalhes importantes. A indicação «60» às 12 horas foi substituída pelo logótipo da Corum, que foi ligeiramente aumentado, para lhe garantir maior visibilidade e reforçar a identidade da própria marca. O mostrador tem mais espaço de respiração, o que lhe confere também mais espírito contemporâneo. Uma opção bem pensada.

Corum Admiral AC-One 45 Chronograph. Mostrador preto e caixa em titânio com tratamento PVD preto. © Corum
CAdmiral AC-One 45 Chronograph. Mostrador preto e caixa em titânio com tratamento PVD preto. © Corum

A Corum foi ainda mais longe: trabalhou a caixa do relógio. Apesar de seguir, de forma estrita, o formato da caixa do Admiral, o Admiral AC-One 45 Chronograph apresenta um bisel mais angular em comparação com o anterior modelo, que tinha contornos mais arredondados que buscavam uma estética mais sofisticada. Agora procura-se um imaginário mais masculino. Nesta nova variante, a Corum também incluiu duas inserções de titânio entre o bisel e a caixa, permitindo maiores jogos de cor e de materiais. Algo que parece antever outras variáveis e inovações num futuro próximo. O resultado é uma presença mais poderosa e atlética do relógio no pulso, o que o torna mais apropriado para uma utilização diária por parte de um público mais urbano e jovem.

Corum Admiral AC-One 45 Chronograph. Mostrador branco e caixa em ouro rosa 15kt 5N. © Corum
Corum Admiral AC-One 45 Chronograph. Mostrador branco e caixa em ouro rosa 5N 18kt. © Corum

A face do relógio surge com um motivo Grenadier fendu que foi trabalhado por uma equipa de designers da própria fábrica da Corum em La-Chaux-du-Fonds. E, em vez de serem exemplares monocromáticos, como o seu antecessor, estes Admiral AC-One 45 Chronograph surgem com mostradores branco ou negro com submostradores contrastantes. O que lhe dá outra vida estética, numa bela contraposição de poucas cores que têm a ver umas com as outras. Por outro lado, enquanto as anteriores versões surgiam com correia de borracha ou bracelete de metal, o novo Admiral AC-One 45 Chronograph vem com uma correia de borracha vulcanizada com um fecho de tripla dobra. A Corum também oferece o relógio com uma bracelete de titânio ou rosa ouro.

Corum Admiral AC-One 45 Chronograph. Mostrador branco e caixa em titânio. © Corum
Admiral AC-One 45 Chronograph. Mostrador branco e caixa em titânio. © Corum

Os símbolos marítimos fazem parte do conceito estético deste novo relógio: as 12 bandeiras náuticas que são sinónimo da coleção Admiral mantêm-se como marcadores de horas, mas sem as cores brilhantes anteriores, uma forma de garantir a sua modernidade. O cronógrafo surge com o poderoso Calibre CO 132, um movimento automático que tem uma reserva de marcha de 42 horas, 100 metros de resistência à água e finalizações típicas da Corum. O Admiral AC-One 45 Chronograph está disponível em duas versões: com mostrador branco ou negro. Ambos têm um cristal de safira com tratamento antirreflexo, o que permite leituras de qualquer ângulo. Fazendo alterações ligeiras, mas importantes, a Corum apresenta um novo almirante com motivações fortes para um público mais vasto do que até agora apostava na linha Admiral.

Corum Admiral AC-One 45 Chronograph. Mostrador preto e caixa em titânio com tratamento PVD preto. © Corum
Corum Admiral AC-One 45 Chronograph. Mostrador preto e caixa em titânio com tratamento PVD preto. © Corum

Primeiras Impressões

A Corum faz jus à sua filosofia de criadora de relógios que refletem uma profunda relação com o mar. Este Admiral AX-One 45 Chronograph é, também ele, um modelo onde o espírito marítimo está presente muito claramente na estética (basta observar a colocação das bandeiras náuticas como indicação das horas), mas ainda assim faz inovações que abrem novos horizontes. Reforça-se a lógica masculina do relógio e abre-se o conceito para um imaginário mais urbano e desportivo, capaz de cativar um cliente mais jovem. As duas opções de mostrador (branco ou negro) também ajudam a consolidar uma estética mais sóbria. Por outro lado, este cronógrafo reforça as suas qualidades técnicas com o Calibre CO 132. Em suma, há ideias fortes e refrescantes neste novo Admiral.

Corum Admiral AC-One 45 Chronograph. Mostrador preto e caixa em ouro rosa 15kt 5N. © Corum
Corum Admiral AC-One 45 Chronograph. Mostrador preto e caixa em ouro rosa 5N 18kt. © Corum

Características Técnicas

Corum
Admiral AC-One 45 Chronograph

Referência/ A132/03931 (mostrador preto, caixa em titânio); A132/03932 (mostrador preto, caixa em ouro rosa 5N 18 kt); A132/03876 (mostrador branco, caixa em titânio); A132/03930 (mostrador branco, caixa em ouro rosa 5N 18 kt).
Movimento/ Mecânico de corda automática, Calibre CO 132, 4Hz (28.800 alt/h), 42 horas de reserva de corda.
Funções/ Horas, minutos, segundos, data e cronógrafo.
Caixa Ø 45 mm/ Versão com mostrador preto disponível em ouro rosa 5N 18kt ou titânio grau 5 com tratamento PVD preto; versão com mostrador branco disponível em ouro rosa 5N 18kt ou titânio grau 5; vidro em cristal de safira com revestimento antirreflexo, estanque até 100 metros.
Mostrador/ Mostrador preto com submostradores brancos com contornos em ouro branco ou rosa; ou mostrador branco com sub-mostradores pretos com contornos em ouro branco ou rosa.
Bracelete/ Cauchu vulcanizado com fecho de tripla dobra. Incluída bracelete extra de titânio ou ouro rosa.
Preço/ Sob consulta

Da esq. para a dta.: A132/03931 (Mostrador preto com caixa em titânio e tratamento PVD preto); A132/03932 (Mostrador preto com caixa em ouro rosa 18kt 5N). © Corum
Da esquerda. para a direita: A132/03931 (Mostrador preto com caixa em titânio e tratamento PVD preto); A132/03932 (Mostrador preto com caixa em ouro rosa 5N 18kt). © Corum
Da esq. para a dta.: A132/03876 (Mostrador branco com caixa em titânio); A132/03930 (Mostrador branco com caixa em ouro rosa 18kt 5N). © Corum
Da esquerda para a direita: A132/03876 (Mostrador branco com caixa em titânio); A132/03930 (Mostrador branco com caixa em ouro rosa 5N 18kt). © Corum

Visite o site oficial da Corum para mais informações.

Outras leituras