Revisitar a Junghans em imagens

E já lá vão dois anos desde que visitámos a Junghans, em Schramberg. Uma visita que fizemos a propósito dos 160 anos da marca alemã. Estávamos em 2021, portanto. Em plena Floresta Negra, e junto às suas infraestruturas de produção, ergue-se o Terrassenbau, símbolo incontornável na relojoaria pela sua arquitetura em escada, projetada para aproveitar ao máximo a entrada de luz nas oficinas que outrora ali existiam. Atualmente, o peculiar edifício é um museu de visita obrigatória, guardador de memórias, de relógios de cuco e de autómatos musicais. Uma galeria para revisitar.


A reportagem sobre a nossa visita à Junghans pode ser lida no número 77 da Espiral do Tempo (Inverno | 2021)


Clique na imagem para ver a galeria:

Texto | Cesarina Sousa
Fotografia | Susana Gasalho / Espiral do Tempo

Outras leituras