Hans Zimmer e Brian Cox: a banda sonora 2024 da IWC

Durante o Watches and Wonders 2024, o stand da IWC Schaffhausen foi animado de tempos a tempos por uma peça musical inspirada pela nova coleção Portugieser. Hans Zimmer e Brian Cox deram as mãos neste projeto.

Há dois anos, o compositor Hans Zimmer foi desafiado pela IWC Schaffhausen a compor várias peças musicais inspiradas nas cores da cerâmica dos então novos modelos da coleção Top Gun. O nome do projeto: The Sound of Color. Este ano, uma nova ideia projeto ganhou asas. Ao galardoado compositor americano juntou-se o físico Brian Cox, na criação de uma peça musical inspirada pela nova coleção de relógios Portugieser e pelo Portugieser Eternal Calendar – o primeiro calendário perpétuo secular projetado pela IWC.

IWC Portugieser Eternal Calendar
O novo Portugieser Eternal Calendar | Foto: cortesia IWC Schaffhausen

Hans Zimmer e Brian Cox

Se Hans Zimmer já tinha colaborado com a IWC em 2022, Brian Cox surgiu este ano como uma das estrelas que permitiu promover os novos Portugieser. Aliás, o próprio físico reflete inclusive sobre a noção de tempo em vídeos promocionais da marca. Esta associação tem na sua base o lado mais científico associado à criação de relógios com calendário perpétuo ou com fases da Lua, por exemplo, complicações celestiais que encontramos nos lançamentos deste ano.

O professor Brian Cox visitou o Watches and Wonders 20204, em Genebra | Vídeo: IWC Schaffhausen

Professor de Física de Partículas na Universidade de Manchester e professor da Royal Society para Envolvimento Público com a Ciência, Brian Cox visitou inclusive o stand da marca no Watches and Wonders 2023, decorado a rigor: o espaço foi concebido como um pavilhão de exposições da era modernista – uma reminiscência da manufatura da marca fundada há 156 anos.

A presença de água é uma homenagem à nossa cidade natal, Schaffhausen, onde a IWC foi fundada há 156 anos, nas margens do Reno | Vídeo: IWC Schaffhausen

Mas os relógios, como muitas vezes referimos, são também o reflexo da união de muitas outras áreas para além da ciência. Neste caso, a IWC quis reforçar a relação entre arte e ciência nos Portugieser. E é aqui que se justifica a parceria: Hans Zimmer, enquanto compositor musical, reflete a arte; Brian Cox, enquanto físico, reflete a ciência, embora ele próprio também tenha um percurso ligado à música. A dupla discutiu assim alguns pontos-chave inerentes à arte e à ciência, numa partilha de ideias e conceitos diversos. As perspetivas de Brian Cox enquanto cientista inspiraram Hans Zimmer a criar a sua música.

Brian Cox e Hans Zimmer para a IWC
O professor de Física de Partículas Brian Cox e o compositor musical Hans Zimmer colaboraram este ano com a IWC | Fotos cortesia: IWC Schaffhausen

«Como artista, procuro sempre inspiração para me levar a lugares inesperados e dar novos rumos ao meu trabalho. Conversar com Brian Cox, um físico de renome e uma mente brilhante, inspirou-me profundamente. Este projeto reforçou a minha intenção de criar uma comunidade única de artistas, cientistas e outros líderes de pensamento com o objetivo de colaborar em alguns dos desafios mais prementes que enfrentamos globalmente como espécie», refere o compositor.

O Portugieser Eternal Calendar foi a base da inspiração para uma nova composição musical assinada por Hans Zimmer | Vídeo: IWC Schaffhausen

O resultado foi uma composição musical única que representa as cores Silver Moon, Horizon Blue, Dune e Obsidian dos novos modelos, mas também a natureza intemporal do Portugieser e o fio condutor da marca para os lançamentos deste ano: ‘A Tribute to Eternity’.

Horizon Blue e Obsidian: duas das cores dos novos Portugieser que inspiraram também a composição musical de Hans Zimmer | Fotos: IWC Schaffhausen

Além da parceria em 2022 que mencionámos, a IWC Schaffhausen e Hans Zimmer colaboraram na organização de dois concertos no Dubai em 2023. Este novo projeto ligado aos Portugieser surge como mais um passo que antecipa a continuação da relação.

Outras leituras