fbpx

Linde Werdelin Oktopus Moon

O Oktopus Moon, inspirado pelo mar, pelo mergulho e pela influência da Lua nas marés, é a nova versão do Oktopus com fases da Lua, e apresenta uma combinação de tons quentes salientada pelo mostrador acobreado e a utilização criteriosa do ouro rosa.


Artigo originalmente publicado no número 76 da Espiral do Tempo (outono 2021)


Fundada em 2002 por Morten Linde e Jorn Werdelin, a Linde Werdelin sempre teve o objetivo de oferecer uma original interpretação da relojoaria moderna perante as exigências de sempre: fiabilidade mecânica e robustez estrutural num meio ambiente hostil ou num contexto mais desportivo. A sua coleção é composta por relógios em tiragem limitada distribuídos pelas linhas 3-Timer, Spido e Oktopus – e o mais recente modelo a ser lançado é, precisamente, inspirado pelo mar, pelo mergulho e pela influência da Lua nas marés. O Oktopus Moon é a nova versão do Oktopus com fases da Lua, e apresenta uma combinação de tons quentes salientada pelo mostrador acobreado e a utilização criteriosa do ouro rosa.

Linde Werdelin Oktopus Moon em fundo escuro
| © Paulo Pires / Espiral do Tempo

O design mantém-se inconfundível, assente numa base geométrica facetada com recurso a parafusos funcionais para fixação da luneta e da bracelete em cauchu. A escolha de material anticorrosivo recaiu sobre o titânio de grau 2 com tratamento a jato para um acabamento baço tanto na caixa como na luneta, a par do ouro rosa para a coroa. E se a inovadora estrutura garante enorme robustez e estanqueidade a 300 metros, o mostrador semiesqueletizado é uma pequena maravilha; as diversas camadas de metal bronzeado e ouro rosa dão-lhe profundidade e oferecem protagonismo à disposição fotorrealística das fases da Lua, uma exclusividade da Linde Werdelin baseada num conceito do mestre Svend Andersen.

Lua retratada

Como a linha Oktopus assume caraterísticas mais desportivas e porque as fases da Lua são importantes para os mergulhadores estarem a par das marés, a Linde Werdelin desenvolveu um módulo exclusivo sobre o movimento automático de base — em que o satélite da Terra surge fielmente representado de modo fotográfico e em grandes dimensões sob um robusto vidro em safira com 2,5 mm de espessura.

Mostrador do Linde Werdelin Oktopus Moon
| © Paulo Pires / Espiral do Tempo

Cinco camadas

Para dar um rosto mais quente ao novo Oktopus Moon, e em contraste com o visual metálico das versões MoonLite ou BluMoon, a Linde Werdelin optou pelo ouro rosa na coroa, ponteiros, algarismos e anel das fases da Lua — e pela combinação de tons acastanhados num mostrador de cinco níveis em latão de acabamento acetinado ou em Côtes de Genêve e ouro com decoração em perlage. Os ponteiros e algarismos incluem matéria cinzenta luminescente.

Linde Werdelin Oktopus Moon com luminescência
| © Paulo Pires / Espiral do Tempo

Um sofisticado relógio de aventura assente num design original, no recurso a materiais anticorrosivos e na utilização de uma indicação fotorrealista das fases da Lua.


Algumas características técnicas:

Linde Werdelin
Oktopus Moon
Ano de lançamento | 2021

Edição limitada a 59 peças.

Linde Werdelin Oktopus Moon visto de frente em fundo branco
Linde Werdelin Oktopus Moon | © Paulo Pires / Espiral do Tempo

Referência | 80.26.12.15.6
Movimento | Mecânico de corda automática, Calibre de base com módulo lunar. 44 horas de reserva de corda, 23 rubis, frequência de 28.800 alt/h. (4 Hz).
Funções | Horas, minutos, segundos e fases da Lua.
Caixa ø 44mm | Titânio de grau 2. Coroa, ponteiros e partes do mostrador em ouro rosa. Vidro de safira. Estanque até 300 metros.
Bracelete | Bracelete em borracha castanha vulcanizada de última geração.
Preço | 13.431 €

Visite o site oficial da Linde Werdelin para mais informações.

Outras leituras