fbpx
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Max Büsser apresenta 10 anos de Legacy Machines

A MB&F está a celebrar 10 anos da coleção Legacy Machine, uma vertente que nasceu da tentativa de imaginar como seriam as máquinas da marca se tivessem sido criadas há 150 anos. E é num vídeo imperdível que Maximilian Büsser, fundador do conceito MB&F, nos explica a história e especificidades desta coleção, assim como nos apresenta o mais recente membro Legacy Machine.

MB&F LMX em ouro vermelho com a cúpula no mostrador vista de perfil
LMX, a Legacy Machine que celebra 10 anos da coleção | © MB&F

Todos os anos, a MB&F anima o panorama relojoeiro com as suas surpreendentes criações relojoeiras. Não são designadas como relógios, mas como máquinas. Ou melhor ‘Horological Machines’. E é com elas que nos tem vindo sempre a cativar. Há quem goste e há quem não goste. Mas a verdade é que ninguém fica indiferente aos diversos lançamentos. Algumas criações nascem de parcerias com protagonistas de outras marcas. Outras não. O conceito esse é sempre o mesmo: um grupo de especialistas das mais variadas áreas dá as mãos em prol de um projeto comum. O resultado faz-se ver em cada máquina que a MB&F dá à luz.

As 8 peças da coleção legacy machine lançadas nestes últimos 10 anos.
Do LM1 ao LMX: as peças da coleção Legacy Machine lançadas nos últimos 10 anos | © MB&F

Só que, em 2021, o destaque não vai para as Horological Machines, mas antes para a celebração do 10º aniversário da coleção Legacy Machine: uma vertente que nasceu da tentativa de imaginar como seriam as máquinas MB&F se tivessem sido criadas há 150 anos. Com um perfil mais clássico no seio da coleção, a então Legacy Machine tinha tudo para não acontecer. Mas aconteceu, mesmo seguindo o mais óbvio formato de relojoaria, o formato redondo.

Fundo e mostrador do MB&F LMX em ouro vermelho
LMX com caixa em ouro vermelho | © MB&F

De resto, a Legacy Machine Nº1 revelou-se tudo menos um relógio convencional. Como seria de esperar. E acabou por ser apenas o primeiro passo de uma coleção que foi galardoada desde então com quatro prémios no GPHG/Grand Prix d’Horlogerie de Genève, graças à colaboração com reconhecidos nomes do mundo da relojoaria.

MB&F LMX em titânio no pulso
MB&F LMX na versão em titânio | © MB&F

Agora, após uma década de lançamentos nesta vertente, a MB&F apresenta a LMX, uma nova Legacy Machine que enfatiza as principais características que fazem da Legacy Machine original uma peça incrível, como refere Maximilian Büsser.

E é o próprio fundador do conceito MB&F que nos conta tão bem, em vídeo, tudo aquilo que é fundamental sobre esta série, bem como nos apresenta a grande novidade deste ano:

O «X» que complementa o nome LMX é uma clara alusão ao numeral 10 em numeração romana, alusivo aos 10 anos agora celebrados, mas representa também o cruzamento onde a primeira e a segunda décadas da Legacy Machine Collection se encontram, como é referido pela MB&F. Um piscar de olho ao futuro, portanto.

A nova LMX é apresentada em duas edições de lançamento, disponíveis nos retalhistas e na eShop da marca: uma com caixa em titânio grau 5, com mostrador azul-esverdeado, limitada a 33 peças; e outra com caixa em ouro vermelho, com mostrador preto, limitada a 18 peças.

MB&F LMX versão em ouro vermelho e versão em titânio
MB&F LMX versão em ouro vermelho e versão em titânio | © MB&F

Visite o site oficial da MB&F para mais informações.

Outras leituras