fbpx

Nova boutique Jaeger-LeCoultre: um bastião da alta-relojoaria em Lisboa

A Jaeger-LeCoultre, numa parceria com a Torres Joalheiros, inaugurou a sua primeira boutique em Portugal — um pequeno templo da alta-relojoaria que vale a pena visitar, já que se trata da embaixada oficial de uma das mais relevantes manufaturas do universo relojoeiro.

Se Maomé não vai até à montanha, vai a montanha a Maomé. Esse conhecido adágio popular serve perfeitamente para ilustrar o conceito das boutiques relojoeiras em geral e, em particular, a filosofia da nova boutique da Jaeger-LeCoultre na Avenida da Liberdade — ontem inaugurada numa pequena cerimónia informal que contou com a presença da imprensa especializada e generalista.

Entrada e interior Boutique Jaeger-LeCoultre em Lisboa | © Espiral do Tempo
A primeira Boutique Jaeger-LeCoultre em Portugal fica situada no nº 225 da avenida da Liberdade, em Lisboa | © Espiral do Tempo

Denominada Grande Maison pela sua relevância histórica e dimensão empresarial, a Jaeger-LeCoultre é um dos baluartes da relojoaria de prestígio e uma manufatura incontornável da Vallée de Joux — um vale situado a 1000 metros de altitude nas montanhas do Jura suíço. As suas origens remontam a 1833 e as boutiques da Jaeger-LeCoultre servem de autênticas embaixadas, levando não só as diversas linhas como também alguns modelos exclusivos até ao aficionado ou cliente final. Para além de todo um imaginário que passa pela forte identidade da marca, decoração específica, livros temáticos e catálogos com a coleção. Sem esquecer, obviamente, um atendimento altamente personalizado proporcionado por especialistas com formação própria na Jaeger-LeCoultre.

Inauguração Boutique Jaeger-LeCoultre em Lisboa | © Paulo Pires / Espiral do Tempo
Inauguração da Boutique Jaeger-LeCoultre | © Paulo Pires / Espiral do Tempo

Numa parceria com a Torres Joalheiros, histórico agente oficial da manufatura helvética no nosso país, a primeira boutique portuguesa da Jaeger-LeCoultre está localizada no número 225 da Avenida da Liberdade, em Lisboa, e reflete bem essa relação de longa data entre a Grande Maison e a centenária casa joalheira portuguesa.

Inauguração Boutique Jaeger-LeCoultre em Lisboa | © Espiral do Tempo
No pulso: Hybris Artistica Calibre 176 Meteorites; à direita: o lounge privado onde foram apresentadas as especialidades de alta-relojoaria | © Espiral do Tempo

«É com enorme orgulho que damos as boas-vindas à primeira Boutique Jaeger-LeCoultre em Portugal. Um importante marco para a Torres Joalheiros e um enorme reconhecimento da relação e do trabalho mútuo de cerca de 25 anos com uma das mais respeitadas manufaturas relojoeiras suíças», refere João Carlos Torres, Presidente do Conselho de Administração do Grupo Torres. O pequeno encontro com a imprensa contou também com a presença de Ricardo Torres (Torres Joalheiros) e Marta Torres (Watchers, distribuidora da marca em Portugal).

Inauguração Boutique Jaeger-LeCoultre em Lisboa | © Paulo Pires / Espiral do Tempo
Ricardo Torres (Torres Joalheiros) e Marta Torres (Watchers, distribuidora da marca em Portugal); à esquerda: Jaeger-LeCoultre Reverso One Duetto | © Paulo Pires / Espiral do Tempo

A nova Boutique Jaeger-LeCoultre tem uma área total de 50 m2 e integra diversas zonas que foram pensadas para responder de forma personalizada às diferentes necessidades de cada cliente. Para além dos expositores que permitem visualizar os mais diversos exemplares das linhas que constituem a coleção, os painéis em madeira e as estantes ilustram o secular percurso da marca através de uma criteriosa seleção de objetos e fotografias. Há também uma zona especialmente reservada para maior discrição e exclusividade no atendimento. A utilização de tons beges e madeiras escuras, bem como as linhas sóbrias do mobiliário, contribuem para reforçar o caráter sóbrio e elegante de todo o espaço, numa homenagem ao discreto charme que tão adequadamente carateriza a marca suíça. E representam bem o ambiente do hall de entrada da própria manufatura em Le Sentier, na Vallée de Joux.

Interior Boutique Jaeger-LeCoultre em Lisboa e interior manufatura Jaeger-LeCoultre em Le Sentier | Espiral do Tempo
Os tons beges e madeiras escuras reforçam o caráter elegante do espaço e vão ao encontro do ambiente do hall de entrada da manufatura em Le Sentier (à direita) | © Espiral do Tempo

E, já que a montanha veio até a Maomé, vale mesmo a pena uma peregrinação até ao 225 de Avenida da Liberdade (do lado direito de quem desce do Marques de Pombal para os Restauradores): a coleção da Jaeger-LeCoultre e o trajeto da Grande Maison constituem uma perfeita súmula da cultura relojoeira ao mais alto nível. E a experiência fará seguramente as delícias de qualquer aficionado — que poderá tomar contacto direto com os modelos em exibição, desde os Reverso e Master Control até às grandes complicações.

Inauguração Boutique Jaeger-LeCoultre em Lisboa | © Cesarina Sousa / Espiral do Tempo
A coleção Precision esteve em destaque durante a inauguração da boutique | © Cesarina Sousa / Espiral do Tempo

Outras leituras