fbpx

Hublot Big Bang Broderie Sugar Skull

Um fascinante relógio de pulso que aposta em arrojados jogos de cores, unindo tradição artesanal, mestria relojoeira e inovação. Haverá certamente muitos corações femininos que vão ficar a bater…

Fonte: Press Release 

Hublot Big Bang Broderie Skull
© Hublot Big Bang Broderie Skull

Ícone incontestável da arte da fusão e cenário da criatividade inconfundível da Hublot, o Big Bang nasceu para desafiar os códigos estabelecidos, demonstrando, ao mesmo tempo, a capacidade de criar exclusividade. Assim o atesta o novo Big Bang 41 mm Broderie Sugar Skull, fusão de uma intensa feminilidade e de inovação.

Hublot_Broderie_2
© Hublot

Depois de ter aplicado o compósito de resina, o carbono e a cerâmica e depois de inventar o Magic Gold e de apostar na clássica ganga em criações relojoeiras, a Hublot descobre na arte do bordado uma nova forma de dar cor aos seus relógios de pulso, libertando assim a tradicional arte de ideias pré-concebidas. Lembramos que já com o Big Bang Broderie — relógio disponível em três versões bordadas, nomeadamente, numa versão all black, numa versão yellow gold e numa versão steel prata, a Hublot viu-se como finalista na categoria de relógio de senhora do Grand Prix d’Horlogerie de Genève 2015:

Hublot_Broderie

Mas agora é o motivo ‘Skull’ que surge reinterpretado de forma especialmente apelativa e que condiz na perfeição até com a famosa e agora incontornável Rua Cor-de-Rosa que se descobre em Lisboa, no Cais do Sodré…

Hublot_Broderie_6
© Hublot

Interpretado de maneira surpreendente e fonte de inesgotável inspiração, o histórico bordado de Saint Gall é assim aplicado no Big Bang Broderie Sugar Skull. Azul turquesa, azul marinho, cor de rosa pálido, fuchsia, amarelo, cor de laranja e violeta, cores iluminadas pelas famosas linhas metálicas da Lurex, tal como as silhuetas que a temporada 2016 viu desfilar nas passereles de alta-costura, o motivo ‘skull’ (caveira) do mostrador — acentuado por 11 espinelas avermelhadas, que condizem com as 36 que encontramos cravejadas na luneta, e por motivos decorativos que depois se prolongam na bracelete — apresenta associações cromáticas irreverentes e até provocadoras, tendo em conta a técnica artesanal decorativa utilizada.

Um exercício de estilo tão admirável, como contemporâneo, potenciado pelos tons negros da caixa em cerâmica polida e da cravejada luneta, numa edição limitada a 200 exemplares de especial (e surpreendente) encanto. ET_simb


Caraterísticas Técnicas
Hublot
Big Bang Broderie Sugar Skull 41mm
Edição limitada a 200 exemplares

Referência/ 343.CS.6599.NR.1213
Movimento/ De corda automática Calibre HUB1110; 42 horas de reserva de corda.
Funções/ Horas, minutos e segundos.
Caixa Ø 41 mm/ Cerâmica negra. Luneta com tratamento negro, cravejada com 36 espinelas vermelhas. Seis parafusos em titânio negro em forma de H, polidos e bloqueados. Vidro de safira com tratamento antirreflexos. Estanque até 100 metros.
Mostrador/ Fibra de carbono e bordado sobre organza de seda; 11 espinelas vermelhas no lugar dos indexes. Ponteiros com tratamento negro.
Bracelete/ Cauchu negro em bordado Sugar Skull de cores sobre cetim de seda.

Consulte o site oficial da Hublot, para mais informações.

Outras leituras