Rallymaster II de Maurice de Mauriac: um relógio, uma homenagem

No mesmo dia do lançamento do novo relógio colaborativo da Maurice de Mauriac com a Racquet Magazine, em Nova Iorque, o fundador da marca era vítima de prolongada doença em Zurique. Pelo que o Rallymaster II acaba por se revestir de um duplo simbolismo: celebra a histórica associação da Maurice de Mauriac ao ténis e a vida de um homem que amava todas as cores.

Em Zurique e Nova Iorque

A poucas horas da apresentação do Rallymaster II num rooftop do Rockefeller Center, em Nova Iorque, a Maurice de Mauriac perdia em Zurique o seu fundador. Daniel Dreifuss lutava contra o cancro há já vários anos e desde 2020 que os filhos Massimo e Leonard haviam assumido a direção da marca. Pelo que foi em ambiente de alguma consternação que o lançamento do relógio inspirado no ténis, e concebido em parceria com a revista de culto Racquet, foi efetuado — na presença de alguns dos melhores tenistas mundiais, da melhor imprensa especializada novaiorquina e, compreensivelmente, com Leonard Dreifuss já de regresso à Suíça para se juntar à família.

As duas edições Maurice de Mauriac x Racquet Rallymaster (I e II) | © Miguel Seabra/Espiral do Tempo

Rallymaster II

Desenhado por Carlton DeWoody, reputado designer americano de interiores que é também um grande aficionado da relojoaria e de ténis, o Rallymaster II acaba por ser igualmente uma simbólica homenagem ao fundador da Maurice de Mauriac. Porque Daniel Dreifuss era apologista de relógios diferenciados, amava todas as cores existentes e adorava ténis. Pôs a Maurice de Mauriac como official timekeeper do Open da Suíça em Gstaad e patrocinou Stan Wawrinka no início da sua carreira, há duas décadas; entretanto, associou-se ao lendário campeão Stan Smith (o homem que deu nome às famosas sapatilhas da adidas) para lançar um relógio com a sua assinatura e era frequente ver o seu entusiasmo esfusiante em alguns dos maiores torneios do mundo — de Roland-Garros a Wimbledon, passando pelo Millennium Estoril Open. Porque Daniel Dreifuss gostava muito de Portugal e era um grande amigo da Espiral do Tempo.

No pulso: o Maurice de Mauriac x Racquet Rallymaster II | © Maurice de Mauriac

E foi por essa razão que a Espiral do Tempo não deixou de estar com ele, em Zurique, dias antes da sua despedida e que logo depois esteve com a Maurice de Mauriac, em Nova Iorque, no lançamento do Rallymaster II — um relógio que está disponível em pre-order (nos sites da Maurice de Mauriac e da Racquet) somente até ao final deste próximo domingo, para coincidir com a conclusão do Open dos Estados Unidos. À meia-noite de domingo, a janela de oportunidade fecha-se para sempre. Ou seja, uma segunda edição de aquisição limitada no tempo, ao passo que o Rallymaster I estava limitado a uma tiragem de 40 exemplares que esgotou em quatro horas.

A carismática ex-top 10 mundial Andrea Petkovic com o Rallymaster II | © Maurice de Mauriac

As duas edições do Rallymaster (rally é o termo inglês que na gíria tenística significa ‘troca de bolas’) partilham a mesma inspiração e as mesmas cores, mas há várias diferenças de destaque e mesmo uma evolução. Em ambos os casos, Carlton DeWoody usou tonalidades suaves tradicionais dos anos 60 — mas, se no Rallymaster I a cor dominante era rosa, o Rallymaster II tem um mostrador azul claro, com o submostrador segmentado dos pequenos segundos a ser dividido pelas mesmas cores complementares. Tanto um como outro têm uma lupa sobre a janela para a data, uma faixa horizontal evocativa das redes do ténis e uma superfície de mostrador texturada, sendo o de 2022 reminiscente dos campos de terra batida e o de 2023 evocativo dos hardcourts. O movimento escolhido é o mesmo: um calibre Landeron 24 de corda automática.

Dave Shaftel, dono da Racquet Magazine, homenageia Daniel Dreifuss no dia do lançamento do Rallymaster II | © Miguel Seabra

Um olhar mais atento permite descortinar diversas afinações no mostrador: o réhaut na periferia do Rallymaster II é menos acentuado e mais distante dos indexes das horas, em blocos de SuperLuminova elaborados como se fossem bolas de ténis. A vestimenta também difere: a primeira edição fazia-se acompanhar de uma bracelete milanaise em malha metálica e uma bracelete elástica cinzenta adequada a atividades desportivas; a versão deste ano inclui duas braceletes elásticas do mesmo tipo, uma azul e outra rosa. E a bola que vem junto no estojo do relógio também é de cor diferente.

Jogo de cores: o Rallymaster II com as suas duas braceletes | © Maurice de Mauriac

O design dos Rallymaster é da autoria de Carlton DeWoody e a parceria com a Racquet foi um projeto de Massimo e Leonard Dreifuss, mas o espírito do pai Daniel Dreifuss mora nele. A estética faz recordar muito a de Wes Anderson, o marcante cineasta e roteirista norte-americano que, coincidentemente, foi nomeado para o Óscar com The Royal Tenenbaums… o filme de culto de 2001 que era o preferido de Daniel Dreifuss, havendo mesmo fotografias dele com os filhos em fatos de treino da adidas como o ator Ben Stiller e respetivos filhos se apresentavam na película.

O packaging do Maurice de Mauriac x Racquet Rallymaster II | © Maurice de Mauriac

Daniel Dreifuss: a homenagem

Daniel Dreifuss era mesmo um dos personagens mais coloridos da indústria relojoeira — não somente pela personalidade exuberante, pelo entusiasmo transbordante ou pela grande generosidade. Também pelas suas indumentárias coloridas, desde roupa da griffe japonesa Comme des Garçons até aos bucket hats; esses chapéus, que parecem agora estar de moda, eram tão típicos que a filha Masha Dreifuss desenhou uma série de bucket hats em honra do pai, tendo como fitas decorativas algumas das famosas braceletes tipo NATO da marca.

Daniel Dreifuss no atelier da Maurice de Mauriac em Zurique | © Maurice de Mauriac

E a Maurice de Mauriac tem no seu catálogo uma enorme variedade de braceletes NATO, que se juntam a muitas outras braceletes e correias de todos os tipos e de todas as cores. Daniel Dreifuss era também um fanático de acessórios e isso vê-se em cada recanto do atelier da marca na Todistrasse, em Zurique… que até está no topo das atrações da cidade no TripAdvisor!

Daniel e a família Dreifuss: Leonard, Claudia, Massimo, Masha e o cão Toto | © Maurice de Mauriac

Partido aos 63 anos, Daniel Dreifuss deixa saudades pela sua alegria contagiante e positividade. Tinha em mente uma nova visita a Portugal quando o cancro, que parecia estar definitivamente afastado após um penoso calvário de cirurgias e quimioterapia, voltou em força e com maior agressividade. O seu espírito viverá através da sua marca, que continua independente sob a égide da família e com os irmãos Massimo, Leonard e Masha a projetarem um futuro digno da herança recebida diretamente do pai.

Daniel Dreifuss num jantar em Cascais com amigos da Espiral do Tempo | © DR

As nossas impressões

A primeira edição do Rallymaster foi um grande êxito porque se tratava de um relógio cool e de look original — que antecipou a folia Barbie em mais de um ano. O Rallymaster II segue-lhe as pisadas, mas com um mostrador de definição mais apurada e um tom azul dominante que provavelmente terá um público mais abrangente do que o rosa de 2022. O submostrador dos pequenos segundos está dividido em três segmentos de 20 segundos de coloração distinta e faz recordar um pouco o submostrador do mítico Skipper lançado por Jack Heuer nos anos 60, mas com uma razão específica: 20 segundos era o tempo máximo permitido que os jogadores tinham entre jogadas.

Maurice de Mauriac Rallymaster II
O Rallymaster II no Arthur Ashe Stadium | © Miguel Seabra/Espiral do Tempo

De resto, a caixa em aço com fundo de safira personalizado apresenta um versátil diâmetro de 39 milímetros e uma coroa de rosca que garante estanqueidade até 100 metros. As braceletes de fibra elástica são muito confortáveis e é sempre bom haver duas para mudança de visual, mas a bracelete milanaise do Rallymaster I proporcionava uma aura mais diferenciada e vintage. E também pode ser usado com uma qualquer outra correia de 20mm. Obviamente, o Rallymaster II ficará para sempre carregado com o simbolismo do desaparecimento de Daniel Dreifuss no mesmo dia da sua apresentação. Quem quiser ter um vai mesmo ter de se apressar, porque ele só estará disponível para venda até à meia-noite deste próximo domingo (fuso horário de Nova Iorque), dia da conclusão do US Open em ténis, a modalidade preferida de Daniel Dreifuss.

Caraterísticas técnicas:

Maurice de Mauriac
Maurice de Mauriac x Racquet Rallymaster II
Ano de lançamento | 2023
Produção limitada | Pré-encomendas apenas durante o US Open (de 28 de agosto a 10 de setembro 2023)

MauriceDeMauriac_RallyMaster_8
Maurice de Mauriac x Racquet Rallymaster II | © Maurice de Mauriac

Movimento | Cronógrafo mecânico de corda automática Calibre Landeron 24; 28.800 alt/h; 40 horas de reserva de corda.
Funções | Horas, minutos, pequenos segundos, data.
Caixa ø 39 mm | Aço. Vidro safira com tratamento antirreflexo. Fundo com vidro de safira impresso com o logo da Racquet. Estanque até 100 metros.
Bracelete | Uma azul e uma cor de rosa a condizer com o mostrador. Fivela em aço.
Preço | $1,950.00 USD

Visite o site oficial da Maurice de Mauriac para mais informações.

Outras leituras