fbpx
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Jaeger-LeCoultre Reverso Tribute Calendar

No ano do 85.º aniversário do Reverso, a Jaeger-LeCoultre reorganizou a coleção dedicada ao seu lendário modelo de caixa reversível — e um dos modelos que mais se destacaram entre as novidades de 2016 foi seguramente o Reverso Tribute Calendar em ouro rosa. Além de apresentar o inconfundível visual geométrico de um dos maiores ícones da história da relojoaria, reúne duas complicações muito caras à manufatura de Le Sentier: o calendário triplo e o duplo fuso horário em mostradores contrapostos. Tudo embrulhado num cocktail técnico e estético de supremo requinte.

Texto originalmente publicado no número 57 da Espiral do Tempo.

As origens do Reverso remontam a 1931, quando um oficial britânico solicitou um relógio que pudesse ter o vidro protegido durante os encontros de polo. Se o Reverso nasceu como relógio desportivo, hoje é o paradigma perfeito do relógio elegante — e a sua caixa reversível transformou-se num palco privilegiado para a exibição do virtuosismo técnico relojoeiro da Jaeger-LeCoultre.

Jaeger-LeCoultre Reverso Tribute Calendar
© Jaeger-LeCoultre

Por trás de um nome

Jaeger-LeCoultre Reverso Tribute Calendar
© Espiral do Tempo / Susana Gasalho

A explanação de calendários triplos nos seus relógios tem sido uma tradição vincada da Jaeger-LeCoultre ao longo das décadas, e o Reverso Tribute Calendar apresenta a disposição clássica da marca: duas janelas para o dia da semana e o mês no topo e data analógica num submostrador às 6 horas que inclui a janela para o disco das fases lunares. O disco está polvilhado de estrelas, mas é a inserção de uma lua em ouro que sobressai: foi decorada à mão de modo a que o relevo evoque as crateras. Toda a importância da textura: juntamente com os indexes aplicados e os ponteiros Dauphine, a superfície opalina granulada e a lua em ouro martelada à mão dão um relevo suplementar à beleza do mostrador principal.

Jaeger-LeCoultre Reverso Tribute Calendar
© Espiral do Tempo / Susana Gasalho

A outra face

Jaeger-LeCoultre Reverso Tribute Calendar
© Espiral do Tempo / Susana Gasalho

O verso do Reverso Tribute Calendar apresenta um mostrador antracite com picotado Clous de Paris que surge dotado de um disco indicador do dia e da noite. Pode ser ajustado para um segundo fuso horário (independentemente do fuso patente no mostrador ‘principal’) ou simplesmente servir como visual alternativo consoante a vontade do utilizador. Além dos botões embutidos lateralmente para ajuste do calendário, há a novidade de uma patilha escondida no topo da caixa para acerto do segundo fuso horário.

Mecânica lunar

Jaeger-LeCoultre Reverso Tribute Calendar
© Espiral do Tempo / Susana Gasalho

A caixa mid-plus (49,7 por 29,9 mm) do Reverso Tribute Calendar alberga o calibre 854 de manufatura — que consiste no histórico e fiável calibre 853 de corda manual, acrescentado do módulo de calendário e de uma modificação para o ajuste dos fusos horários que torna possível o acerto através do novo sistema de patilha discretamente colocado no topo da caixa. A base da caixa em ouro rosa surge com asas mais curtas e uma curvatura ergonómica que assenta melhor no pulso, enquanto o interior é decorado com um motivo raiado — novidades na coleção regular do Reverso que reforçam a sofisticação de acabamentos. ET_simb

EdT57_Jaeger-LeCoultre_Reverso_Tribute Calendar_FT

Características Técnicas

Jaeger-LeCoultre
Reverso Tribute Calendar

 
Referência/ Q3912420
Movimento/ Mecânico de corda manual. Calibre JLC 853, 42 h de reserva de corda, 21.600 alt/h, 19 rubis, 280 peças no total, 5,15 mm de altura.
Funções/ Frente: Horas, minutos, pequenos segundos, data, dia da semana e do mês, fases da lua. Verso: segundo fuso horário e indicação dia/noite.
Caixa/ Ouro rosa 18kt, estanque até 30 m.
Dimensões/ 29,9 x 49,4 x 10,9mm
Bracelete/ Pele de aligátor com duplo fecho de báscula em ouro rosa 18kt.
Preço/ € 25.300

Outras leituras